Home Notícias Saúde ‘Julho Verde’ conscientiza população sobre câncer de cabeça e pescoço

‘Julho Verde’ conscientiza população sobre câncer de cabeça e pescoço

‘Julho Verde’ conscientiza população sobre câncer de cabeça e pescoço

Campanha realizada em função da data de 27 de julho ― Dia Mundial de Conscientização e Combate ao Câncer de Cabeça e Pescoço ―, o Julho Verde tem objetivo de alertar a sociedade sobre este tipo de tumor, que pode acometer regiões como boca, língua, seios paranasais, faringe, laringe, palato mole e duro, bochechas, gengivas, amígdalas, esôfago e tireoide. Bastante sugestivo, o tema para 2017 remete à divulgação “Boca a boca”.

Especialistas da Thyreos ― equipe composta pelos médicos Flávio Marcondes, Sebastião Porfírio e Júlio César ― apontam para alguns fatores que podem contribuir para a ocorrência deste tipo de tumor, como o consumo desenfreado de fumo e bebidas alcoólicas. Outro dado que chama atenção é o fato de a ocorrência da doença ser sete vezes maior em homens do que em mulheres.

Segundo os especialistas, a contaminação por HPV está associada a alguns tipos de cânceres de cabeça e pescoço, como o de orofaringe, que envolve particularmente as amígdalas ou a base da língua. Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço (SBCCP) evidenciam que 80% das mulheres brasileiras sexualmente ativas serão infectadas pelo vírus. Essa percentagem pode ser ainda maior em homens.

Os principais sintomas desse tipo de tumor consistem em lesões na cavidade oral ou nos lábios com dificuldade de cicatrização por mais de 15 dias; manchas ou placas vermelhas os esbranquiçadas na língua, gengivas, no palato (céu da boca) e na mucosa jugal (bochecha); nódulos no pescoço; e rouquidão persistente.

Ainda segundo a Thyreos, diagnósticos feitos tardiamente diminuem significativamente as chances de cura — em torno de 40% —, e aumentam as probabilidades de sequelas, como no caso da necessidade de retirada de parte da língua ou de laringectomia total (remoção da laringe).