Home Maranhão Imperatriz Acusados da morte de taxista são detidos

Acusados da morte de taxista são detidos

Acusados da morte de taxista são detidos

Seguindo novos rumos, a investigação da morte do taxista José Enilson Queiroz aponta que o crime não foi resultante de um assalto. Para a polícia, a morte foi encomendada. Ontem (12), três pessoas foram encaminhadas para a Delegacia de Homicídios em Imperatriz, para prestar depoimento. Duas pessoas ficaram detidas, entre elas o comerciante do ramo de revenda de automóveis, Francisco Pereira Costa.

A moto usada no crime estaria em nome do comerciante. O Delegado de homicídios do município, Praxisteles Martins, afirma que o acusado diz ter vendido a motocicleta, mas não indica quem foi o adquirente. Completa também, dizendo que a venda foi feita sob condições suspeitas. Ele também diz que ” há relatos que denotam que o autuado teve uma relação com a vítima que precisa ser melhor esclarecida”.

O acusado de ser o mandante do crime prestou depoimento na tarde dessa quarta-feira (12), na Delegacia de Homicídios. Ele estava acompanhado de um advogado e negou participação.

Os próximos passos da investigação é chegar ao suspeito de ser autor dos disparos que atingiram o taxista. A polícia já tem pistas.