Home Maranhão São Luís Construtora pede prazo de 45 dias para regularizar problemas

Construtora pede prazo de 45 dias para regularizar problemas

Featured Video Play Icon

O síndico do condomínio Jardim de Toscana, Jonas Lima, cedeu entrevista para a TV Difusora, informando que a construtora Cyrela apresentou um prazo de 45 dias para regularizar os problemas constatados no imóvel. Ele diz que “Se ela cumprir com a responsabilidade e fizer os serviços de engenharia, nós retornaremos ao empreendimento. Se ela não fizer, só vamos retornar quando o empreendimento estiver regularizado”.

A interdição do prédio foi determinada pelo Corpo de Bombeiros após vistoria realizada no dia 27 de junho. Também foi interditada a Central de Gás do condomínio, por conta de risco de explosão. O órgão decretou ainda que se em 5 dias a situação não for resolvida pela construtora do condomínio, o mesmo teria que ser evacuado.

Essa foi a segunda vistoria realizada no local, sendo a primeira ocorrida em 18 de abril, no qual foram confirmados os problemas estruturais, que tinham sido apontados através de denúncias de moradores. Na época, foi dado um prazo de 30 dias para que as irregularidades fossem resolvidas, sem resposta, o que levou à vistoria posterior.

Após a interdição, o Procon-MA determinou que a construtora arcasse com os custos de mudança e aluguel dos moradores do condomínio.