Home Maranhão São Luís Construtora deve arcar com custos de evacuação de prédio

Construtora deve arcar com custos de evacuação de prédio

Construtora deve arcar com custos de evacuação de prédio

Em relação às irregularidades avaliadas no condomínio Jardim de Toscana, o Procon-MA determinou na última terça-feira (27) que a construtora Cyrela arque com os custos de mudança e aluguel dos moradores do condomínio, que deverão deixar o local após interdição, notificação e multa aplicada pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão (CBM-MA).

A  construtora tem um prazo de cinco dias para que todos os moradores do condomínio deixem o local, após interdição do CBM-MA. Entre as irregularidades encontradas no imóvel, foram avaliadas falhas na encanação de gás, gerando risco de incêndio, e problemas hidráulicos, causados porque o condomínio foi construído em cima de lençóis freáticos.

O caso está sendo acompanhado também pelo Ministério Público do Maranhão, representado pela  promotora do Meio Ambiente Lítia Cavalcanti.