Home Notícias Economia Pagamento antecipado do IPTU pode ser feito pela internet

Pagamento antecipado do IPTU pode ser feito pela internet

Pagamento antecipado do IPTU pode ser feito pela internet

Ludovicenses que optarem por pagar antecipadamente o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU 2017) agora podem consultar dados da cobrança do imposto e até acessar o boleto de pagamento através do site da Semfaz. A nova ferramenta, disponibilizada pela Secretaria Municipal da Fazenda, busca facilitar a quitação de débitos com o fisco municipal por parte dos cidadãos.

No site da Semfaz, o contribuinte tem acesso a informações sobre a cobrança do IPTU 2017 e pode antecipar o pagamento do imposto por meio da plataforma digital do IPTU 2017. Na página eletrônica, é possível verificar informações sobre vencimento, descontos, postos de atendimento, tirar dúvidas, fazer consulta à isenção, dados do imóvel, entre outros.

Segundo o coordenador do setor de atendimento da Semfaz, Alexandre Costa, via internet, o contribuinte pode ter acesso a outros benefícios. “O cidadão pode retirar também certidões, nota fiscal eletrônica, consultar ITBI e, se tiver dificuldades, pode visualizar os tutoriais explicando como acessar o sistema e proceder de casa”, assinalou.

Quem desejar pode antecipar o pagamento em cota única, com desconto de até 15% e vencimento para o dia 5 de julho. Para os que optarem pelo parcelamento do tributo, podem fazê-lo em até seis vezes, com vencimento na mesma data e as demais parcelas vencem no quinto dia útil dos meses subsequentes. Para quem optar pelo pagamento via carnê, os mesmos começarão a ser distribuídos a partir desta semana em toda São Luís.

Este ano, o município de São Luís atualizou o cadastro imobiliário e após referido trabalho, foi necessária a revisão de numeração das inscrições imobiliárias atualmente, com 17 dígitos. Os cidadãos devem acessar o site da Semfaz, clicar no item ‘Consultas IPTU’, incluir a inscrição imobiliária antiga e resgatar a nova numeração, assim, terão acesso aos dados sobre a cobrança.

Leia também

Cobrança do IPTU passará por mudanças; entenda

Média de inadimplência do IPTU é de 68%