Home Maranhão Imperatriz Bancários fazem paralisação e alegam sobrecarga de trabalho

Bancários fazem paralisação e alegam sobrecarga de trabalho

Bancários fazem paralisação e alegam sobrecarga de trabalho

Na manhã desta quarta-feira (21), os bancários do Itaú paralisaram suas atividades para reivindicarem melhoria nas condições de trabalho. Mais da metade do quadro de funcionários estão afastados por problemas de saúde causados pela sobrecarga de trabalho, segundo o sindicato dos bancários. A manifestação ocorreu em frente à agência do Itaú da Avenida Getúlio Vargas.

 

A paralisação só acontece hoje, a partir desta quinta-feira (22) as atividades voltarão ao normal.

O diretor do sindicato dos bancários, Luiz Maia, explica que devido as exigências nas atividades diárias, os funcionários acabam se degastando para alcançar os objetivos, mas acabam se sobrecarregando.  “Muitos querem cometer até suicídio e nós temos testemunha disso, laudos médicos”, afirma Maia.

Entre as principais reivindicações estão melhores condições de trabalho, com diminuição da pressão para cumprimento de metas. Eles também pedem por mais contratações visando menos desgaste físico e psicológico.

“São adoecimentos de ordem física e psicológica. Nós estamos fazendo esse movimento para chamar atenção do Itaú, da sociedade e para o quadro caótico que vivem os funcionários. Nós queremos contar com o apoio da sociedade para o caso que é muito grave das condições de trabalho. E isso implica no atendimento. Como é que alguém com doente vai oferecer um bom serviço ao cliente?”, questiona o diretor.

Durante a manifestação, estiveram presentes representantes do sindicato dos bancários e os responsáveis da empresa, para chegarem à um acordo.