Home Maranhão Imperatriz Esgoto a céu aberto incomoda moradores no Parque São José

Esgoto a céu aberto incomoda moradores no Parque São José

Esgoto a céu aberto incomoda moradores no Parque São José

Os moradores que vivem no bairro Parque São José, em Imperatriz, sofrem com a falta de saneamento básico. Com esgoto a céu aberto e falta de pavimentação nas vias, as comunidades que ficam em torno do local estão sofrendo, principalmente em períodos de chuva com os alagamentos que ameaçam entrar nas casas.

De acordo com os moradores, o problema com o esgoto já passa de oito anos. Um dos habitantes do bairro, Marcos Antônio, conta que a rua da casa dele foi tomada por mato e lama. Neste trecho, é difícil a passagem de veículos. Além disso, a água da chuva se mistura ao esgoto a céu aberto, o que pode ocasionar doenças.

 

No bairro é possível encontrar outros problemas: mais buracos e ruas inacessíveis, terreno baldio, animais soltos, ausência de ônibus, poeira e lama. A comunidade já não aguenta mais a situação.

É o que conta o morador Francisco de Assis, que mora no local há quase vinte anos. “Aqui só passa bicicleta e moto com muito cuidado. Acho que fazer uma ponte aqui custa muito pouco. E o esgoto incomoda demais, quando chove ele vaza para os lados, aqui deveria ter um canal bem feito”, disse ele.

Outro morador, o aposentado Manoel Barros, conta que não tem mais esperanças para a solução do problema. “Todo dia a gente tem que viver com esse mau cheiro. Não tem um dia a não sente. Esse terreno é da minha filha, se eles não arrumarem isso, ela nunca vai poder fazer nada nele”, contou o aposentado.

O problemas também afetam os alunos do local, que precisam passar pela via para chegar na escola.

“Tem muito colégio aqui perto, e impede que as crianças passem e não estão passando pela rua 10 e nem na rua 11. Eu queria que olhassem para as ruas de Imperatriz, quando a gente elege alguém é para olhe pela cidade”, disse o autônomo Hugo Soares, morador no bairro há mais de vinte anos.

A produção do MA 10 entrou em contato com a Prefeitura sobre o assunto e aguarda um posicionamento.