HomeMaranhãoSão Luís Buraco em pista de pouso causa cancelamento e atrasos de voos em São Luís

Buraco em pista de pouso causa cancelamento e atrasos de voos em São Luís

Buraco em pista de pouso causa cancelamento e atrasos de voos em São Luís

A tarde desta quarta-feira (14) foi marcada por transtornos no Aeroporto Marechal Cunha Machado, em São Luís. A Infraero confirmou que um buraco na pista de pouso causou o cancelamento e o atraso em dois voos da Latam Airlines. A pista de pouso ficou em restrição de 16h46 às 17h20 para que o buraco pudesse ser coberto e já funciona normalmente.

O voo cancelado vinha de conexão em outra cidade e seguiria para o Rio de Janeiro. O pouso em São Luís foi cancelado por conta do buraco na pista, o que poderia causar a quebra no trem de pouso do avião. Os passageiros, que decolariam às 16h desta quarta-feira (14) foram remanejados para um novo voo, que partirá às 6h desta quinta-feira (15). Ou seja, os passageiros atrasarão 14 horas em suas programações.

Entre os prejudicados pelo problema está o vice-presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), que iria à São Paulo com sua família. “A Assembleia já esteve com uma comissão no aeroporto cobrando maior agilidade na reforma. É inadmissível que o aeroporto de São Luís não tenha uma alternativa para este tipo de problema.”, reclamou o parlamentar, que finalizou dizendo que voltaria a se manifestar na Assembleia sobre o assunto.

A Latam Airlines se manifestou através de nota, leia na íntegra:

“A LATAM Airlines Brasil informa que, devido a restrições operacionais no aeroporto de São Luís, o voo JJ3550 (Rio de Janeiro/Galeão – São Luís), que partiu às 13h15 desta quarta-feira (14), teve que alternar para Teresina, pousando normalmente às 16h15. O voo foi reprogramado sob o número JJ9001, com previsão para decolar às 03h30 de quinta-feira (15).

A companhia esclarece que está prestando a assistência necessária aos passageiros. A empresa reitera ainda que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura”.