Home Maranhão “Cidadão do Mundo”: inscrições encerram no próximo dia 11

“Cidadão do Mundo”: inscrições encerram no próximo dia 11

“Cidadão do Mundo”: inscrições encerram no próximo dia 11

Estudantes interessados em participar do programa “Cidadão do Mundo” têm até o próximo domingo (11) para se inscreverem pelo site da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) . O projeto de intercâmbio internacional do Governo do Estado é voltado para jovens maranhenses com idade entre 18 e 24 anos egressos do ensino médio da rede pública de ensino ou de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais ou a fundações sem fins lucrativos.

Este ano estão sendo ofertadas 80 vagas para jovens que sonham participar de cursos de idioma estrangeiro. São 45 vagas para inglês, 10 vagas para francês e 25 para espanhol. Os selecionados farão curso de idioma em escola no exterior, com data de embarque prevista para o segundo semestre de 2017 e todas as despesas pagas pelo Governo do Estado.

O programa, que está em sua terceira edição, é coordenado pela Secti e tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico do Maranhão (Fapema). Os candidatos selecionados terão uma bolsa de estudo no valor de R$ 4.500, seguro de saúde durante todo o período em que estiverem residindo no país de destino, passagens e acomodação em casa de família residente na localidade definida para o intercambista, com sistema de pensão completo (café da manhã, almoço e jantar).

Neste ano, o programa passou por algumas mudanças. A partir desta edição, além dos critérios anteriores para a seleção dos participantes, que são ser egresso de escola pública e ter idade mínima entre 18 e 24 anos, ter realizado o Enem; estar matriculado e frequentar há pelo menos um ano instituição de ensino superior no Maranhão; e ter obtido, ao longo do ano imediatamente antecedente à inscrição no Programa (2016), aprovação com média acima da nota sete ou equivalente em todas as matérias cursadas; a partir de agora, apenas candidatos que nunca tenham realizado viagem e/ou intercâmbio internacional estão aptos para a seleção.

Outra mudança é que este ano o processo seletivo terá apenas uma etapa, que é a de verificação dos requisitos constantes no edital, e um critério de seleção, que é a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de qualquer edição. O curso de imersão e o teste final, etapas realizadas nas edições anteriores, foram eliminados por representarem entrave para os estudantes do interior que tinham que vir para São Luís participar das duas fases de seleção. O deslocamento gerava custo para as famílias que, na maioria das vezes, não tinham como bancar as despesas.