Home Notícias Economia Caixa antecipa pagamento da quarta fase de saques das contas inativas

Caixa antecipa pagamento da quarta fase de saques das contas inativas

Caixa antecipa pagamento da quarta fase de saques das contas inativas

A Caixa Econômica Federal (CEF) anunciou a antecipação, para este sábado (10), da quarta etapa de saques de recursos de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Nesta quarta fase, têm direito a sacar os recursos de contas inativas os trabalhadores nascidos nos meses de setembro, outubro e novembro.

Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.

Prevista inicialmente para começar em 16 de junho, a quarta fase foi antecipada em função do feriado da próxima semana, informou nesta terça-feira (6) o presidente da Caixa, Gilberto Occhi.

  • Para atender aos trabalhadores que querem fazer o saque das contas inativas, 2.015 agências da Caixa abrirão neste sábado (10) entre 9h e 15h;
  • Também haverá atendimento exclusivo em horário especial nos dias 12, 13 e 14 de junho, quando todas as agências do banco abrirão duas horas mais cedo;
  • Segundo a Caixa, 7,5 milhões de trabalhadores têm direito a casar recursos de contas inativas nesta quarta fase;
  • O valor disponível para saque nesta quarta fase é de cerca de R$ 10,9 bilhões, o que equivale a 25% do total a ser liberado pelo programa;

A Caixa informou que está mantido para 14 de julho o início da 5ª fase dos saques de contas inativas, que vai atender aos trabalhadores nascidos em dezembro. O prazo final para o saque de recursos, para trabalhadores nacidos em qualquer mês, é 31 de julho.

Quem tem direito ao saque?

Tem direito a sacar o dinheiro do FGTS quem tem saldo em uma conta inativa até 31 de dezembro de 2015. Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho.

O trabalhador deve estar afastado do emprego a que a conta inativa está vinculada pelo menos desde o fim de 2015.

O trabalhador não pode sacar o FGTS de uma conta ativa, ou seja, que ainda receba depósitos pelo empregador atual.