Home Maranhão São Luís Mais de 500 casos relacionados ao cuidado com o idoso foram atendidos este ano

Mais de 500 casos relacionados ao cuidado com o idoso foram atendidos este ano

Mais de 500 casos relacionados ao cuidado com o idoso foram atendidos este ano

Um total de 510 casos relacionados ao cuidado com o idoso foram atendidos de janeiro a março deste ano pelo Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência contra o Idoso (Ciapvi), da Defensoria Pública do Estado (DPE/MA). Entre estes, 329 se referem a casos de violência contra o segmento. Somam-se a esses as quase 600 denúncias registradas, de janeiro a maio, pela Delegacia de Proteção ao Idoso. Os números foram apresentados durante o lançamento da Campanha de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa, com o tema “O direito do idoso pede passagem”, ocorrido nesta quinta-feira, (1), no auditório da DPE/MA.

A campanha tem como objetivo discutir estratégias de promoção de políticas públicas que oportunizem um envelhecimento digno, saudável e sem violência. As atividades se estendem por todo o mês de junho e são alusivas ao Dia Mundial de Conscientização da Violência à Pessoa Idosa, comemorado em 15 de junho. Após o caso de uma senhora que foi agredida pelo próprio filho, os maranhenses estão mais atentos para a atenção com os idosos.

Durante a abertura da solenidade, o defensor-geral do Estado, Werther de Moraes Lima Junior destacou a importância da campanha. “A violência é real, acontece ao nosso lado e das formas mais elementares, por isso devemos intensificar o despertar da sociedade para a questão do abuso contra os direitos e a dignidade do idoso. O envelhecimento é um fenômeno mundial e no Brasil não é diferente. Assim como cresce o segmento, a violência relacionada aos idosos também cresce a cada dia, ou melhor, aparece, já que os meios para denunciar e as estratégias de conscientização da sociedade têm aumentado”, disse.

A campanha é uma promoção da Defensoria Pública, por meio do Centro Integrado de Apoio e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa (Ciapvi), contando com a parceria de instituições que integram a rede de proteção ao idoso, como o Femadi, Conselhos Estadual e Municipal dos Direitos do Idoso, Governo do Estado, Tribunal de Justiça e Ministério Público.

Também estiveram presentes no evento o secretário adjunto da Sedihpop, Jonata Galvão, o defensor público Cristiano Matos de Santana; a presidente do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso do Maranhão e do Fórum das Entidades Maranhenses de Defesa do Idoso (Femadi), Maria de Guadalupe Barros; a delegada do idoso, Igliana Freitas Azulay; a vice-presidente do Conselho Municipal do Idoso, Maria Goreth Bandeira; a ouvidora-geral da DPE, Rosicléia Costa; além de representantes da Secretaria Estadual de Direitos Humanos (Sedihpop), da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, do Projeto Uniti, do Fórum das Entidades Maranhense de Defesa do Idoso, da Coordenação das Pessoas com Deficiência, Idosos e suas Famílias, da Coordenação de Promoção da Política da Pessoa Idosa; Comitê de Valorização da Pessoa Idosa; e comunidade em geral.