Home Maranhão Imperatriz Mais de 52 mil munições vendidas irregularmente são apreendidas

Mais de 52 mil munições vendidas irregularmente são apreendidas

Mais de 52 mil munições vendidas irregularmente são apreendidas

Uma força-tarefa entre as polícias, o exército e a receita estadual apreendeu mais de 52 mil munições no bairro Mercadinho, região central da Imperatriz.

Segundo o delegado da 10ª Delegacia Regional de Segurança e responsável pelo flagrante, Charles Gomes, as munições apreendidas estariam sendo vendidas de forma irregular em estabelecimentos do Mercadinho, e os projéteis apreendidos não possuíam nota fiscal.

Ao todo foram visitadas sete lojas de armamento bélico em Imperatriz, contudo segundo um dos coordenadores da operação, o Major do Exército Marcelo Rezende, outras lojas ainda serão vistoriadas e fiscalizadas na cidade até o final da operação.

“Essa ação não é avisada para os comerciantes; as fiscalizações são planejadas centralizadamente para que aconteçam de forma simultânea. O grande objetivo disso é exercer o nosso papel de polícia administrativa e fiscalizar a comercialização dos produtos controlados pelo exército, dando para a sociedade uma tranquilidade maior, evitando que armas e munições caiam em mãos erradas,” explica o major.

A Proprietária de uma das lojas onde munições foram encontradas, foi detida e levada para averiguações na delegacia. Já as munições, que são dos mais variados calibres e  em sua maioria compatíveis com armas calibre 32, foram levadas para o quartel do 50ª Batalhão de Infantaria e Selva (50ª Bis), região Norte da cidade, e permanecem sob a tutela do Exército Brasileiro.

A ação, denominada Operação Alta Pressão IV, é nacional, acontece de forma simultânea em todo o país e deve encerrar na próxima sexta-feira (2); abrangendo 12 regiões militares do Exército e tem como objetivo fiscalizar as empresas que fabricam e comercializam produtos bélicos no país.