Home Cultura Festival Guarnicê comemora 40 anos com grande programação

Festival Guarnicê comemora 40 anos com grande programação

Featured Video Play Icon

Nesta sexta-feira (2), São Luís recebe um grande momento para a história do cinema maranhense: tem início a 40°edição do Festival Guarnicê de Cinema. Com programação que abrange diversos pontos culturais da capital, entre eles no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, Teatro Alcione Nazaré e o Cine Teatro da Cidade (Roxy), o festival traz como grande homenageado desta edição o ator Lima Duarte.

A programação do festival se estende até o dia 10 de junho e conta com oficinas, mostras de filmes e rodas de conversa, fazendo um resgate à história do próprio Guarnicê de Cinema e da produção cinematográfica maranhense. A coordenadora do evento, Fernanda Santos, comentou sobre o festival ao MA 10. Ela afirmou que é um momento essencial até para que cineastas e entusiastas do ramo visitem o estado. “Muitas pessoas comentam que temos uma cidade muito bonita, que tem cenário lindo, principalmente o Centro Histórico”, diz. Ela complementa, afirmando que o festival também possibilita que os participantes tenham contato com produções fora do circuito comercial.

Neste ano serão oferecidas oito oficinas: Atuação para vídeo; Montagem; Som e cena; Roteiro Cinematográfico; Produção para cinema; Artesãos de Imagem; Direção de Fotografia; e Atuação para Vídeo. Entre os convidados estão: Di Moretti, que nos traz a oficina de Roteiro Cinematográfico, Beto Strada que desvendará os caminhos do som em cena, André da Costa vai trocar conhecimentos sobre técnica da Atuação para Vídeo, e ainda essa semana serão aberta as inscrições para a oficina de Montagem com Natara Ney, as oficinas serão integradas, ou seja em algum momento haverá uma produção conjunta de um curta que será exibido no festival.

Informações sobre programação e filmes selecionados para as mostras podem ser consultados no site do evento.

O Festival está sendo organizado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), por meio do Departamento de Assuntos Culturais (Dac/Proexce).