Home Política Serraglio recusa Ministério da Transparência

Serraglio recusa Ministério da Transparência

Serraglio recusa Ministério da Transparência

O ex-ministro da Justiça Osmar Serraglio (PMDB-PR) decidiu não aceitar o convite do presidente Michel Temer (PMDB) para assumir o ministério da Transparência. Dessa forma, Serraglio voltará para a Câmara e o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), flagrado com uma mala de dinheiro pela Polícia Federal, pode perder o foro privilegiado.

Em nota, Serraglio agradece a Temer e diz que procurou “dignificar” o cargo. “Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Agradeço o privilégio de ter sido Ministro da Justiça e Segurança Público do nosso país. Procurei dignificar a confiança que em mim depositou. Volto para a Câmara dos Deputados, onde prosseguirei meu trabalho em prol do Brasil que queremos.”

No domingo (28), o Palácio do Planalto informou que faria uma troca de postos entre Serraglio e o então ministro da Transparência, Torquato Jardim. No entanto, desde então, Serraglio se manteve em silêncio e não confirmou que aceitaria a troca. Jardim assumiu a pasta da Justiça.

Loures era suplente de Serraglio e, com a volta do ex-ministro a Câmara, perde o posto.

Com informações de Uol Notícias