Home Polícia Preso PM reformado suspeito de integrar grupo de extermínio

Preso PM reformado suspeito de integrar grupo de extermínio

Preso PM reformado suspeito de integrar grupo de extermínio

O policial reformado Francisco da Silva Sousa, foi preso durante uma operação integrada entre a Polícia Civil e Polícia Militar realizada no município de Açailândia. O mandado de  prisão preventiva foi expedido pelo Juiz Federal da 2ª Vara Criminal da Seção Judiciária do Maranhão, pela prática dos crimes de homicídio e tentativa de homicídio.

Os crimes aconteceram contra o ambientalista Raimundo dos Santos Rodrigues, popularmente conhecido como “Dos Santos” e sua cônjuge, Maria da Conceição Chaves Lima, fato ocorrido no dia 25/08/15, na zona rural de Buriticupu.

Segundo investigações policiais, as vítimas, desde 2013, atuavam como conselheiras consultivas da Reserva Biológica do Gurupi, como dito, administrada pela autarquia federal Instituto Chico Mendes, de modo que tais delitos estejam ligados diretamente a conflitos agrários envolvendo fazendeiros e madeireiros da região do Município de Buriticupu.

Em março do ano passado, a polícia havia concluído a investigação sobre o assassinato do ambientalista Raimundo dos Santos Rodrigues. De acordo com informações da polícia, o policial teria contratado os pistoleiros e pago a quantia de R$ 10 mil reais para a execução.

Reveja: