Home Maranhão São Luís Mulher diz que foi estuprada por endocrinologista em consulta

Mulher diz que foi estuprada por endocrinologista em consulta

Mulher diz que foi estuprada por endocrinologista em consulta

Uma mulher de 23 anos acusou um médico endocrinologista de cometer abuso sexual durante uma consulta médica,  em uma clínica localizada na  avenida principal do bairro Anjo da Guarda, região Itaqui-Bacanga, na tarde da última segunda-feira (15).

A vítima pediu para não ter o nome revelado e disse que percebeu que a consulta não estava de acordo com o que deveria quando o endocrinologista, identificado como Jefferson Telmo Reis, pediu que ela tirasse as roupas íntimas e introduziu o dedo em seu órgão genital, tentando masturbá-la. Depois de perceber que o toque não era para fins médicos, a técnica em enfermagem relatou ter visto o médico com a calça aberta.

Ela contou ainda que ficou em estado de choque no momento do abuso, e que reagiu quando ele tentou fazer com que ela retribuísse os toques.

Ainda de acordo com o relato, ela saiu imediatamente do escritório, mas como estava desesperada, não conseguiu denunciar o abuso aos funcionários. Mas, assim que chegou em casa, conversou com a mãe e o marido e foram juntos ao Plantão da Vila Embratel registrar boletim de ocorrência.
A mulher já fez exame de corpo delito e o caso está sendo investigado pela delegacia da mulher.
Além do estupro, a vítima denuncia descaso da clínica. Ela informou que o marido voltou ao no fim da tarde para informar o ocorrido e pedir ajuda, e que eles não deram a devida atenção ao caso, oferecendo apenas um acompanhamento psicológico e um ginecologista.
Por telefone, a representante da clínica, Denise Amorim, informou que a empresa já forneceu nome completo e o número de registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) do médico para a vítima, e que as atitudes do médico não são de responsabilidade da clínica. Ela informou que a equipe repudia crimes desta natureza e que está ao lado da justiça para que o caso seja esclarecido.

A delegada titular da Delegacia da Mulher, Vanda Moura, informou que já colheu depoimentos da vítima e do marido e que o médico será intimado para depor.

Veja abaixo a reportagem exibida pela TV Difusora.