Home Maranhão Imperatriz Três homicídios são registrados em menos de 24 horas

Três homicídios são registrados em menos de 24 horas

Três homicídios são registrados em menos de 24 horas

Três homicídios foram registrados nesta quinta-feira (11) em Imperatriz. Um dos crimes ocorreu no bairro Bacuri. O outro foi um duplo homicídio, que ocorreu nas proximidades do loteamento Verona, localizado na Avenida Pedro Neiva de Santana.

Bairro Bacuri

Um jovem de 19 anos, identificado como Fabricio da Conceição Costa, foi morto com golpes de arma branca.

O suspeito foi preso pela guarnição da Polícia Militar do bairro Bacuri. O jovem, também de 19 anos, confessou a autoria do crime.

Ele havia tido um relacionamento de dois anos com a atual companheira da vítima, e um filho. O envolvimento da vítima com a mulher teria motivado delito.

Segundo ele, a vítima teria tentado o matar há pouco tempo. E esse fato teria sido um motivo a mais para a autoria do crime.

A polícia afirmou que os dois tinham envolvimento com tráfico de drogas.

Suspeito que assassinou Fabricio da Conceição Costa.

Loteamento Verona (Avenida Pedro Neiva de Santana)

Por volta das 17h30 da tarde de ontem, ocorreu um duplo homicídio nas proximidades do loteamento Verona. Dois homens foram executados com cerca de 50 tiros de pistola e fuzil. Um foi morto na avenida do loteamento e o outro na área de uma residência, a menos de 20 metros de distância.

As duas vítimas são suspeitas de participação da explosão de Agência do Bradesco de Itinga – MA, fato ocorrido no último final de semana. Uma das vítimas foi identificada como Joalis Ribeiro de Oliveira, 34 anos, de Xambioá – TO. A Polícia Civil ainda investiga se a identificação da vítima é verdadeira.

“Provavelmente, as circunstâncias do crime teria sido a divisão anterior do que arrecadaram anteriormente dos outros crimes feitos em instituições financeiras. Ou estavam para fazer a divisão do dinheiro e parte da quadrilha ficou dizimada pelos demais, ou estavam ali para iniciar as práticas para um segundo crime”, explicou o delegado regional, Eduardo Galvão.

Até o momento, nenhum familiar das duas vítimas deu o parecer para o reconhecimento dos corpos. A Polícia Civil segue com as investigações do caso.

Com os três últimos casos, sobe para sete o número de homicídios registrados no mês de maio em Imperatriz. De janeiro até agora, foram 44 assassinatos.