HomeMaranhãoImperatriz Agência do Banco do Brasil é arrombada em Imperatriz

Agência do Banco do Brasil é arrombada em Imperatriz

Agência do Banco do Brasil é arrombada em Imperatriz

A agência do Banco do Brasil, localizada próximo à praça de Fátima, foi arrombada a na tarde da última quinta-feira (27), e mesmo a gerência do banco não divulgando o valor exato do roubo, segundo a polícia, a soma de dinheiro foi considerável.

Apesar de a movimentação no local na hora do ocorrido, ter despertado a atenção de curiosos e ter reunido um grande número de pessoas na porta da agencia, além dos policiais e das viaturas que cercavam o local, o gerente da unidade abafou o caso e não confirmou o roubo imediatamente.

O delegado da Seic (Superintendência Estadual de Investigações Criminais), Luís Jorge, esteve em Imperatriz investigando caso, mas ainda não divulgou nenhum relatório, nem informou o valor levado pelos ladrões.

Por meio de nota divulgada na última quinta- feira, a direção do banco confirmou que a agencia da praça de Fátima foi alvo de uma ação criminosa, mas afirma que a unidade se encontra em reforma e passará por uma reestruturação, inclusive na segurança, para que possa ser aberta ao público.

Um ponto curioso da nota enviada pela direção do Banco do Brasil, é que segundo eles, a ação criminosa aconteceu no último dia 25, no entanto, a movimentação policial na unidade aconteceu no dia 27, o que, apesar de não ter sido confirmado pelo delegado Luís Jorge, nos leva a crer que o crime foi descoberto apenas dois dias depois do ocorrido.

Por conta do roubo, os caixas eletrônicos da agencia bancária se encontra sem dinheiro desde sexta-feira (04), causando tumulto entre quem tentava sacar ou fazer transações financeiras na agencia.

No entanto, mesmo a unidade da praça de Fátima ter sido a única a ser furtada, a falta de abastecimento nos caixas eletrônicos já começa a ser sentida em outras agências da cidade, dando a entender que o problema não é apenas pontual e específico do banco assaltado, mas sobre isso, o nem a direção do banco, nem o Sindicato dos Bancários não quiseram se manifestar.