Home Notícias Educação Maranhenses vencem competição nacional de empreendedorismo

Maranhenses vencem competição nacional de empreendedorismo

Maranhenses vencem competição nacional de empreendedorismo

O grupo de jovens que representou o Maranhão no Desafio Universitário Empreendedor do Sebrae, composto pelos estudantes Mayane Conceição e Emilly Martins (Ciências Contábeis/Ufma), Betiane de Jesus Silva (Administração/Ufma) e João Pedro de Oliveira (Administração/Uema-Timon), foi o grande vencedor da competição. Eles superaram a concorrência outras 26 equipes finalistas de todo o Brasil e conquistaram o primeiro lugar na fase final da etapa nacional, que ocorreu na terça-feira (11), em Brasília.

Cada um ganhou R$ 20 mil em premiação pelo êxito de conquistarem o primeiro lugar entre mais de 93 mil competidores de todo o país, após passarem por três etapas classificatórias iniciadas em 2016. O segundo lugar foi para a equipe do Ceará e o terceiro lugar, para o Amazonas.

A equipe maranhense levou o prêmio apresentando o projeto de aplicativo “Posso Comer?”, que consiste em um suporte virtual para pessoas com intolerância alimentar e alergias. A partir do aplicativo, o consumidor poderá utilizar o smartphone para obter informações sobre alimentos que podem ou não consumir. O projeto também contempla o mapeamento colaborativo de locais com cardápio para o público com restrição alimentar, além outras funcionalidades personalizadas ao usuário.

A competição

O Desafio Universitário Empreendedor é uma competição nacional de caráter educacional, promovida anualmente pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Durante as etapas, os participantes realizam tarefas que simulam a gestão de uma empresa, com o intuito de encontrar soluções criativas para os desafios apresentados. No Maranhão, foram 316 estudantes universitários de 25 instituições de nível superior que participaram de jogos de negócios para desenvolver habilidades empreendedoras e corporativas no Desafio Universitário.

A competição é realizada pelo Sebrae há 16 anos para estimular o empreendedorismo no ambiente universitário por meio de atividades educacionais, jogos de negócio e simuladores, sendo integrado ao Programa Nacional de Educação Empreendedora da instituição. Um total de 40 concorrentes maranhenses disputaram a semifinal estadual da competição, entre eles os estudantes maranhenses.