Home Maranhão Operação Maravalha destrói 10 madeireiras ilegais no Maranhão

Operação Maravalha destrói 10 madeireiras ilegais no Maranhão

Operação Maravalha destrói 10 madeireiras ilegais no Maranhão

Dez madeireiras que utilizavam madeiras provenientes de reservas foram demolidas, 71 veículos recolhidos e 2.612 pessoas fiscalizadas. Os números estão entre os destaques dos resultados da Operação Maravalha, desencadeada no último dia 23 de março pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Federal (PF) na região sudoeste do estado do Maranhão.

Os municípios investigados foram Buriticupu, Arame, Bom Jesus das Selvas, Santa Luzia (do Tide) e Amarante. A operação contou com 200 agentes, que continuaram o trabalho na região até o dia 30 de março.

Entre as infrações ambientais, foram registrados 589 metros cúbicos de madeira ilegal e 5 metros cúbicos de carvão, também ilegal. Dos veículos recolhidos, 30 haviam sido registrados como roubados e 15 pessoas foram detidas.

Entre inúmeras irregularidades constatadas, destacam-se a quantidade de documentos falsos ou irregulares. Ao todo, foram recolhidos 73 Certificados de Registro e Licenciamento de veículos (CRLVs), dez carteiras de habilitação e dois documentos falsos.

A operação Maravalho também foi intitulada de Lignum II.

Números

2.612 pessoas foram fiscalizadas –

2.274 veículos foram fiscalizados –

614 testes de etilômetro foram realizados

Período: de 23 a 30 de março de 2017

Operação Maravalho. Reprodução: PRF-MA