Home Maranhão Maranhão pode passar por estresse hídrico, diz especialista

Maranhão pode passar por estresse hídrico, diz especialista

Featured Video Play Icon

A falta de cuidados com os recursos naturais (principalmente os recursos hídricos) no Maranhão pode gerar, em alguns anos, consequências negativas para o estado. É o que diz o especialista em geografia física, Luís Dias, em entrevista para o Sistema Difusora. Ele aponta que caso esses problemas não forem resolvidos, “nós passaremos por uma crise substancial chamada de estresse hídrico, algo parecido com o que Rio de Janeiro e Minas Gerais passaram nos últimos anos”.

Algumas consequências negativas já podem ser percebidas em alguns municípios maranhenses. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), por exemplo, divulgou esta semana uma lista com os nomes os municípios e estados que estão sofrem problemas causados por fenômenos naturais (sejam eles seca, chuva, deslizamento, alagamento e etc…), apontando oito municípios no Maranhão em situação de emergência

“Nós temos um mal uso de nascentes, de áreas de preservação permanente associadas às margens de rios e isso vai proporcionar com que esse mal uso cause erosão e assoreamento e os rios deixem de transportar a carga hídrica necessária”, esclarece Luís

Caso a falta de cuidados com os recursos permaneça, em até 40 anos o Maranhão pode passar por um estresse hídrico e perder parte da sua riqueza natural.