Home Notícias Economia Preços da cebola e frutas caem no atacado, diz Conab

Preços da cebola e frutas caem no atacado, diz Conab

Preços da cebola e frutas caem no atacado, diz Conab

Em linha com o processo de desinflação, os preços da cebola continuam a contribuir para baratear o custo de vida do brasileiro. Em fevereiro, o valor da hortaliça caiu na maioria das Centrais de Abastecimento (Ceasas) do País.

Os dados são do Boletim Prohort de Comercialização de Hortigranjeiros nas Ceasas, divulgados, nesta terça-feira (21), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Segundo o estudo, que analisa os preços de comercialização no atacado, a hortaliça produzida na Região Sul está abastecendo o mercado nacional e segurando os preços em baixos patamares. Outra queda importante foi em Brasília, onde o quilo da cebola estava em R$ 1,27.

O relatório mostra, ainda, que as chuvas intensas e o excesso de calor nas principais regiões produtoras comprometeram a produção de alface e cenoura, aumentando os preços. A maior alta foi anotada em São Paulo, onde o preço da alface subiu 104,87% e o da cenoura, 59,19%, com o quilo saindo a R$ 2,86 e R$ 2,11, respectivamente.

Frutas mais baratas

De acordo com o boletim, em fevereiro as frutas também tiveram um desempenho favorável. A banana e a maçã apresentaram preços mais baixos em cinco das centrais de abastecimento do País. A maior queda da banana ocorreu em Curitiba (PR), com redução de 31,53% no preço, enquanto o preço da maça foi menor em Vitória (ES), com recuo de 26,82%.

O preço do mamão também caiu na maioria das Ceasas analisadas, de 2,39% (em Belo Horizonte/MG) a 14,97% (em Rio Branco). A laranja, no entanto, teve alta generalizada apesar da safrinha de São Paulo. Os maiores aumentos foram de 60,89% no Acre, onde a fruta foi vendida a R$ 2,01/kg, e de 36,87%, em São Paulo/SP (R$ 2,49/kg).