Home Maranhão São Luís Gestores discutem questões sobre comércio informal

Gestores discutem questões sobre comércio informal

Gestores discutem questões sobre comércio informal

Na tarde desta terça – feira (21), o vereador Honorato Fernandes (PT) esteve reunido com o secretário de Urbanismo e Habitação, Mádison Leonardo, para tratar de questões relacionadas ao comércio informal da cidade de São Luís. O Presidente do Sindicato dos Ambulantes de São Luís, José de Ribamar Ferreira (Ribinha) e o vereador Marcelo Poeta (PCdoB) acompanharam o vereador na reunião, realizada na sede da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação.

 

Na oportunidade, os vereadores e o sindicalista discutiram com o secretário algumas ações de disciplinamento do  comércio informal que vêm sendo realizadas em várias regiões da cidade. Um caso específico foi destaque na conversa: a tentativa de retirada de sete vendedores ambulantes que atuam no bairro do Anil, mais precisamente, nas imediações do Cintra.

 

O caso foi exposto pelo vereador Marcelo Poeta, que tenta intermediar a questão de modo a encontrar uma solução viável para o ambulantes, sem, no entanto, comprometer ou minimizar as ações de disciplinamento do espaço público.

 

“Nosso intuito é possibilitar o debate entre os ambulantes, através das entidades que os representam, e o poder público, para assim chegarmos a um entendimento  benéfico para ambas as partes”, afirmou Marcelo Poeta , que também agradeceu o vereador Honorato Fernandes por ter se somado à luta dos ambulantes e por ter proposto a reunião com o secretário.

 

“Agradeço o vereador Honorato, que se mostrou sensível à causa dos ambulantes, sugerindo um diálogo entre as partes”, destacou.

 

Honorato por sua vez  explicou que o disciplinamento do espaço público é necessário, entretanto, deve-se levar em consideração a realidade das pessoas que já o ocupam.

 

“Acredito que, através desse diálogo, encontraremos um caminho que contemple o disciplinamento do comércio informal, não desamparando, no entanto, os pais e mães de família que já ganham o sustento naquele local”, afirmou o parlamentar.

 

O Presidente do Sindicato dos Ambulante de São Luís, José de Ribamar Ferreira, lembrou que o sindicato já foi chamado para atuar de forma conjunta com a Prefeitura nas ações do programa de padronização e melhoria do comercio informal da cidade e disse que “a simples iniciativa de manter o  diálogo aberto com a categoria já sinaliza a possibilidade de permanência dessa parceria”, destacou Ribinha.

 

Quanto a parceria com o sindicato nas ações,  o secretário Municipal de Urbanismo e Habitação,  Mádison Leonardo declarou que o intuito é continuar. Segundo o secretário, “o disciplinamento do comércio informal é positivo não apenas para os usuários da cidade, mas para o próprio ambulante, que ganha um novo padrão de qualidade para o seu trabalho”, explicou o secretário.