Home Notícias Educação Estudantes de Timon e São Luís representam MA em competição de empreendedorismo

Estudantes de Timon e São Luís representam MA em competição de empreendedorismo

Estudantes de Timon e São Luís representam MA em competição de empreendedorismo

Os estudantes Mayane Conceição e Emilly Martins (Ciências Contábeis/Ufma), Betiane de Jesus Silva (Administração/Ufma) e João Pedro de Oliveira (Administração/Uema-Timon) venceram a semifinal estadual do Desafio Universitário Empreendedor do Sebrae – Ciclo 2016. O grupo agora forma o comitê que representará o Maranhão na etapa nacional da competição, que acontece entre 7 a 14 de abril, em Brasília.

A competição é realizada pelo Sebrae há 16 anos para estimular o empreendedorismo no ambiente universitário por meio de atividades educacionais, jogos de negócio e simuladores, sendo integrado ao Programa Nacional de Educação Empreendedora da instituição. Foram um total de 40 concorrentes maranhenses que disputaram a semifinal estadual.

“O que aprendemos durante todas as etapas do Desafio Universitário Empreendedor, sem sombra de dúvidas, levaremos para toda a nossa vida. Apesar de termos sido os vencedores, vamos pensar em uma maneira de tornar os demais semifinalistas participantes da nossa estratégia de jogo da final, em Brasília. Estamos muito focados em trazer para o Maranhão esse prêmio”, destacou Mayane Conceição, acadêmica de Ciências Contábeis da Ufma, que participou da competição pela segunda vez. “Mas cada jogo é um jogo e o desta edição foi uma experiência única”, garantiu.

Homenagens

Maranhenses que empreendem na educação foram homenageados e marcaram outro momento do projeto. Receberam o troféu do Desafio Universitário Empreendedor, a Faculdade Pitágoras, de São Luís, como Instituição de Ensino Superior (IES) com maior número de inscrições no ranking acumulado (histórico) e a Faculdade São José dos Cocais, de Timon, com maior número de inscrições no Ciclo 2016. O professor Wilson Nascimento (Faculdade São José dos Cocais, Timon), foi o mais indicado pelos universitários no Ciclo 2016, assim como no ranking histórico.

“Esse ano tornamos o Desafio uma atividade interdisciplinar do curso de Ciências Contábeis da Faculdade e obtivemos um ótimo desempenho: dos 40 semifinalistas, oito foram de nossa instituição, mas apenas quatro quiseram participar dessa etapa presencial”, coloca o docente da disciplina Trabalho Interdisciplinar Dirigido.

Ao longo de 16 anos de história do Desafio, o Sebrae conta com mais de 1 milhão de universitários envolvidos. Para o ciclo 2016, a iniciativa reuniu mais de 26 mil estudantes universitários e 502 professores de todo país. No Maranhão, foram 316 estudantes universitários de 25 instituições de nível superior, que participaram de jogos de negócios para desenvolver habilidades empreendedores e corporativas, o que os deixou mais preparados para os desafios do mercado.