HomeMaranhão Homem que abusava de enteadas é condenado a 36 anos de prisão

Homem que abusava de enteadas é condenado a 36 anos de prisão

Em Santa Helena, homem acusado de abusar e estuprar as duas enteadas foi condenado a 36 anos e 11 meses de prisão, em decisão proferida pela juíza Cynara freire, titular da 1ª Vara do município. Conforme a sentença, Antônio Correa Pinheiro cometeu diversos crimes contra as enteadas de 10 e 12 anos de idade. A prática dos crimes só foi descoberta quando as menores passaram férias com o pai biológico, quando descreveram os abusos sofridos.

De acordo com a denúncia, as duas menores, após a separação de seus pais, ficaram sob a guarda da mãe. Esta, por sua vez, passou a viver em companhia de Antônio Correa no Povoado de Bacuri, zona rural de Santa Helena. Foi comprovado, através de exame de corpo de delito, que ele violentou a menor de 12 anos várias vezes

Para o MP, restaram comprovadas a materialidade e a autoria dos crimes, levando em consideração, principalmente, os depoimentos das meninas. Para a defesa, os depoimentos foram frágeis e teriam sido conduzidos pelo genitor das crianças.

Em depoimentos à polícia, conselho tutelar e em juízo, a menor de 12 anos confirmou ter sofrido violência sexual desde os 11 anos de idade. Quanto à menor de 10 anos, não há exame de corpo de delito, mas o fato é considerado irrelevante pela Justiça, já que as crianças abusadas deram relatos firmes e coesos.

A pena deve ser cumprida inicialmente em regime fechado. Antônio Correa encontra-se no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, mas a juíza fixou como local de cumprimento da pena a Unidade Prisional de Ressocialização de Pinheiro.