Home Maranhão Imperatriz Vereador realiza fiscalização no Socorrão e encontra irregularidades

Vereador realiza fiscalização no Socorrão e encontra irregularidades

Vereador realiza fiscalização no Socorrão e encontra irregularidades

Uma fiscalização da Câmara Municipal no Hospital Municipal de Imperatriz, o Socorrão, realizada na noite de ontem (6) apontou inúmeras irregularidades. Dentre elas, estão a falta de medicamentos básicos e materiais para curativo, papel higiênico e remédios para dor, como a morfina.

Além disso, o vereador e vice-presidente da comissão da saúde, Ricardo Seidel (Rede), relatou que foram canceladas as cirurgias de ontem e hoje no setor ortopédico da unidade, devido à falta de materiais que eram fornecidos por uma empresa, mas foi suspendido por falta de pagamentos do Município. Há também a falta de leitos, e com isso os pacientes ficam amontoados pelos corredores do hospital.

Outra denúncia, feita pelos próprios pacientes, é a falta de remédios para a ala de traumas do Socorrão. Ainda segundo eles, os clínicos estão reduzindo o atendimento. Existem pacientes que esperam por cirurgia há mais de 50 dias.

A superlotação é um dos problemas que dificultam ainda mais o atendimento no hospital, isso porque o mesmo oferece 400 leitos, e a unidade tem a demanda de mais de 600 pacientes por dia. A cada dez pacientes atendidos no Socorrão, oito são de fora, ou seja, apenas 20% dos pacientes correspondem à população imperatrizense.

A dona Socorro conta que sua mãe deu entrada no hospital há dez dias, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), mas até agora não teve atendimento adequado:

“Já fizeram vários exames nela e descobriram que foi um AVC. Mas não fizeram avaliação nela porque disseram que estavam de greve sobre o pagamento atrasado. Eu procurei por uma cadeira no hospital inteiro para dar banho nela e não achei. Não tem lençol de cama, o atendimento está péssimo, o hospital está todo sujo. Esse hospital está um descaso”, revelou.