Home Notícias Economia Caixa alerta para saques de valores altos de contas inativas

Caixa alerta para saques de valores altos de contas inativas

Caixa alerta para saques de valores altos de contas inativas

Com a aproximação do início do cronograma de saques das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), a Caixa Econômica Federal alerta que os trabalhadores evitem a retirada de valores expressivos nos canais de atendimento. A estimativa é de que mais de 30 milhões de brasileiros estejam habilitados a retirar recursos das contas inativas a partir do dia 10 de março.

O correntista da Caixa poderá transferir o valor que preferir para sua conta corrente ou poupança. Já o trabalhador que não possuir uma conta na Caixa terá a opção de transferir o valor para outra instituição financeira – a operação não será cobrada – ou, até mesmo, criar uma conta na Caixa no ato do saque.

Segundo o superintendente nacional da Caixa, Henrique José Santana, o trabalhador terá total liberdade para escolher o modelo de saque dos recursos. O importante é evitar sair da agência bancária com valores altos, reforçou: “Para os valores maiores, em que ele [trabalhador] vai fazer um saque mais expressivo, a Caixa sempre recomenda que ele possa optar por fazer o saque através de um crédito em conta corrente ou poupança”, aponta o superintendente, em entrevista ao Portal Brasil.

“Dessa forma, ele vai fazer um saque seguro porque não irá sair com valores expressivos da agência bancária”, alerta.

De acordo com a Caixa Econômica Federal, até mesmo aqueles trabalhadores que possuem limite de saque poderão transferir o dinheiro para outro banco ou para a conta que mantiverem na instituição.

Conforme o regulamento, valores de até R$1,5 mil podem ser sacados nos caixas de autoatendimento e os saques até R$ 3 mil podem ser retirados no Caixa Aqui ou em loterias.

Atendimento especial

Diante do volume de pessoas que devem comparecer às agências e aos canais de atendimento, a Caixa montou um esquema especial para o período. Segundo o superintendente, as agências funcionarão em alguns sábados e, próximo ao início do calendário de saques – marcado para 10 de março – o horário de atendimento será ampliado em até duas horas. Com informações da Caixa Econômica Federal.