Home Maranhão Em apenas dois meses, 4 homossexuais foram assassinados

Em apenas dois meses, 4 homossexuais foram assassinados

Em apenas dois meses, 4 homossexuais foram assassinados

Com a morte da transexual Lorrane, de 22 anos, que aconteceu no último domingo, dia 26, o Maranhão soma 4 assassinatos de homossexuais somente nos dois primeiros meses de 2017. Ao todo, no ano passado, foram registrados 5 crimes deste tipo. O aumento preocupa a sociedade maranhense de direitos humanos.

Segundo o assessor jurídico da SMDH, Antônio Pedrosa, esse crescimento revela o quanto o preconceito ainda comanda a sociedade. Além disso ele salientou que, para inibir crimes contra gays, lésbicas e transexuais e diminuir esse crescimento é preciso mais rigor nas punições, a criação de delegacias especializadas  e o principal, fazer um forte trabalho educacional  e de conscientização para que a sociedade não cultue o preconceito.

Ainda de acordo com a SMDH, de 2008 pra cá foram registrados 67 assassinatos de homossexuais no estado, mas o número pode ser muito maior já que algumas famílias preferem não expor a intimidade das vítimas e não contam à polícia.

Assassinato de Lorrane

O crime aconteceu na madrugada do dia 26 de fevereiro, o último domingo na praça Dom Pedro 2, Centro Histórico de São Luís. Até o momento ninguém foi preso mas, segundo a Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa, o principal suspeito é um traficante dá região, identificado como David.

A motivação do crime está sendo investigada.

Veja abaixo dados do monitoramento realizado pela Sociedade Maranhense de Direitos Humanos, de 2008 até 2017:

Dados da SMDH

Confira mais informações: