Home Maranhão Imperatriz Pacientes denunciam atraso no repasse de verba para hemodiálise

Pacientes denunciam atraso no repasse de verba para hemodiálise

Pacientes denunciam atraso no repasse de verba para hemodiálise

Pacientes que precisam de hemodiálise fizeram um protesto nesta quinta-feira (2), contra o atraso no repasse de verba da Prefeitura de Imperatriz para as duas clínicas que realizam o tratamento pela rede pública. Sem dinheiro, as clínicas ameaçam suspender as sessões de tratamento. Quem precisa de atendimento teme que o quadro clínico possa piorar diante a situação. Cerca de 400 pacientes realizam o tratamento na cidade.

Um grupo de pessoas que faz hemodiálise, acompanhado de familiares e amigos, levou faixas até o prédio da Prefeitura Municipal para cobrar uma resposta sobre o problema, segundo alguns dos pacientes que realizam tratamento, as sessões têm diminuído e correm o risco de acabarem.

O correto segundo os pacientes, é fazer uma sessão de hemodiálise com duração de quatro horas, três vezes por semana. Porém, muitos relatam que estão fazendo apenas a metade do tempo. “O horário normal é quatro horas de procedimento. Na segunda-feira a sessão foi de três horas, e ontem, na quarta-feira, já tinha diminuído para duas horas e meia”, disse Raimunda Conceição, que faz hemodiálise há cinco anos.

“Se acabar o tratamento, está todo mundo morto. Eu sou pai de família também”, protesta o paciente Francisco Lemos, que há três anos faz tratamento.

A CDR- Clínica de Doenças Renais e a CNI- Clínica de Nefrologia de Imperatriz, são as duas clínicas que realizam o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Os proprietários das clínicas afirmam que o Município não está repassando o dinheiro enviado pelo Ministério da Saúde. Eles alegam que o último pagamento foi feito outubro, com um atraso de aproximadamente 3 milhões de reais.

Durante o manifesto, o grupo foi atendido pelo secretário de governo, Marlon Moura, onde afirmou que o atendimento “não vai parar de forma alguma. Nós vamos melhorar e intensificar”.