Home Maranhão Imperatriz Imperatriz: Procon tem queda de 46% no atendimento em relação a janeiro de 2016

Imperatriz: Procon tem queda de 46% no atendimento em relação a janeiro de 2016

Imperatriz: Procon tem queda de 46% no atendimento em relação a janeiro de 2016

O Primeiro mês do ano apresentou um número de atendimentos em queda em relação a janeiro de 2016 no Procon da prefeitura de Imperatriz. Foram realizados durante todo o mês de janeiro cerca de duzentos atendimentos, o que ficou bem abaixo dos 449 atendimentos feitos em janeiro de 2016.

Segundo a coordenadora da unidade, Josineide de Sousa Pedrosa a queda dos atendimentos se deu por diversos fatores entre eles a troca de gestão municipal, que rescindiu todos os convênios com o órgão para que outros fossem realizados. Outros fatores que contribuíram para a diminuição dos atendimentos foi a mudança de endereço da Procon e o fato do setor de conciliações ainda não estar funcionando.

“Com a mudança de local tivemos uma queda no atendimento, mas o consumidor já está sendo orientado e aos poucos o atendimento tem sido reestruturado.” Completa Josineide.

De acordo com o balanço divulgado pelo Órgão, dos 208 atendimentos realizados em janeiro, 179 foram atendimentos simples, onde há apenas esclarecimentos de informações e encaminhamentos; e 35 foram reclamações, onde são gerados processos judiciais.

Ainda de acordo com o relatório maior parte das procuras ao Procon são por cobranças indevidas de cartões de crédito e atraso no atendimento e cobranças de tarifas indevidas. Em segundo lugar estão as reclamações ligadas à telefonia móvel e internet e são em sua maioria por dificuldade de assistência das operadoras e cobranças indevidas. Outro problema que foi alvo das reclamações no mês de janeiro foram as cobranças abusivas das mensalidades escolares sem justificativa da escola, Listas de material escolar de uso coletivo e extravio de encomendas.