Home Maranhão Imperatriz UPA do São José não atende população em Imperatriz

UPA do São José não atende população em Imperatriz

UPA do São José não atende população em Imperatriz

Moradores dos bairros Parque São José, Bom Sucesso, Planalto e Santa Rita, que estão na área de abrangência da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque São José, reclamam da falta de condições de atendimento na unidade de saúde. O problema é recorrente e alguns usuários denunciam que, por várias vezes, tentaram ser atendidos e não conseguiram. Esta UPA, administrada pelo município, é uma das duas existentes em Imperatriz. A outra é localizada no Centro, administrada pelo governo estadual.

A dona de casa Cíntia de Sousa conta que foi tentar atendimento para a sobrinha de onze anos e quando chegou não foi atendida “porque não tinha médico, nem medicamento e nem mesmo, receituário; por três vezes tentei atendimento pra mim e não consegui também”. Ela destacou que é comum ver pessoas saindo sem atendimento. O município levou mais de quatro anos para concluir as obras na unidade e após, a conclusão da obra física, o prédio ficou fechado por falta de equipamentos. Somente em julho do ano passado o governo do estado equipou a UPA e entregou pronta para o município administrar.

A unidade conta com uma clínica adulto e outra infantil, enfermaria, farmácia, sala de medicação, entre outros. Nesta UPA são realizados atendimentos básicos e, dependendo da gravidade, os pacientes são encaminhados aos hospitais públicos da cidade.

Foi solicitada nota da prefeitura em resposta às denúncias, mas até o fechamento desta matéria, às 18h27, não houve resposta.

Em Imperatriz, a rede pública é composta pelo Hospital Municipal e o Hospital Infantil – de responsabilidade da prefeitura, e os hospitais Macrorregional e Regional, para gestantes – mantidos pelo Governo do Estado.

Denúncia na Câmara Municipal

Na manhã de hoje (14), o vereador Rildo Amaral (SD) usou a tribuna da Câmara Municipal para denunciar o desaparecimento de uma máquina de Raio-X da UPA São José. Até então, a prefeitura não se pronunciou e os vereadores pretendem protocolar a denúncia na Polícia Federal e na Vigilância Sanitária.

“Há trinta anos, Goiânia viveu uma tragédia por conta disso e não podemos deixar Imperatriz correr o mesmo risco”, argumenta o vereador Rildo em sua página pessoal do Facebook.