Home Polícia Queda de jovem em estrutura da Cohama foi acidental, diz delegado

Queda de jovem em estrutura da Cohama foi acidental, diz delegado

Queda de jovem em estrutura da Cohama foi acidental, diz delegado

Segundo informações preliminares do delegado Lúcio Reis, que atua na Delegacia de Homicídios da capital, as investigações relativas à morte de Rafaela Santos (18 anos) apontam que a queda da jovem da estrutura de ferro localizada no bairro da Cohama aconteceu em um provável acidente. “De acordo com os depoimentos coletados, não se encontrou indícios de morte por suicídio, homicídio culposo ou doloso”, afirmou Lúcio Reis, que enfatiza que as investigações ainda estão em andamento e essas são conclusões baseadas no que foi analisado até o momento.

Equipes de plantão da Central de Homicídios e do Instituto de Criminalística e Medicina Legal (Icrim) estiveram no local fazendo análises e colheram depoimento de quatro pessoas. O pai da vítima e jovens que testemunharam o momento, incluindo uma amiga de Rafaela, prestaram depoimentos na madrugada desta terça-feira (7).

De acordo com o delegado, o caso ainda estão sob análise, para que se possa chegar a uma versão final do que aconteceu no momento.

Conheça o caso

Uma jovem de 18 anos, identificada como Rafaela Santos, caiu do último andar de uma estrutura de ferro no bairro da Cohama, na noite de ontem (7). Rafaela sofreu várias fraturas e morreu no local.

A jovem morava na Cidade Olímpica e teria se deslocado para a Cohama com um conjunto de amigos. Segundo o delegado Lúcio Reis, outros grupos de jovens também estariam no local da queda.

A estrutura de onde a jovem caiu pertencia a uma operadora de telefonia e é conhecida como “esqueleto”. Atualmente, é propriedade da empresa que presta serviços de saúde UDI Hospital, que lamentou o ocorrido.