Home Cultura Filme brasileiro ‘Joaquim’ compete no Festival de Cinema de Berlim

Filme brasileiro ‘Joaquim’ compete no Festival de Cinema de Berlim

Filme brasileiro ‘Joaquim’ compete no Festival de Cinema de Berlim

O Brasil foi selecionado para participar da competição oficial do Festival de Berlim de 2017 com o filme “Joaquim”, de Marcelo Gomes (“Cinema, Aspirinas e Urubus”), sobre o herói Tiradentes vivido no longa por Julio Machado. O Festival se realiza entre 9 e 19 de fevereiro.

O filme aborda o período em que Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, toma consciência dos problemas sociais ao seu redor e da exploração da Coroa Portuguesa. Mesclando realidade e ficção, ela trata do herói nacional Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, que foi tenente, ficou famoso por capturar contrabandistas de ouro e que no filme espera poder libertar sua amante, uma escrava negra.

Os organizadores do festival anunciaram nesta terça-feira (31) a exibição de cerca de 400 filmes em todas as mostras e 18 títulos competindo pelo Urso de Ouro de Berlim.

“Uma Mulher Fantástica”, uma co-produção de Chile, Estados Unidos, Alemanha e Espanha dirigida por Sebastián Lelio, integra a lista de filmes na competição, que também inclui as obras “The Dinner”, com Richard Gere e Laura Linney, e “The Party”, da britânica Sally Potter.

O diretor do festival, Dieter Kosslick, disse durante uma coletiva de imprensa realizada na segunda-feira que os filmes competindo formam “um programa sobre a coragem e a confiança com muito humor”.

Fora da competição estarão o trabalho mais recente do espanhol Alex de la Iglesia, a comédia negra “El Bar”; o quinto filme como diretor do ator Stanley Tucci, “Final Portrait”; o capítulo mais recente da saga “X-Men”, “Logan”, com Hugh Jackman, e “T2 Trainspotting”, de Danny Boyle, uma sequência que conta com o mesmo elenco do original, mas 20 anos mais tarde.

O mexicano Diego Luna, visto recentemente nos cinemas como um dos protagonistas de “Rogue One”, aventura derivada da franquia “Star Wars”, irá integrar o júri, que nesta edição é presidido pelo cineasta holandês Paul Verhoeven.

Com informações do Reuters