Home Maranhão Procon responde contestação da Odebrecht sobre multa

Procon responde contestação da Odebrecht sobre multa

Procon responde contestação da Odebrecht sobre multa

Após receber contestação da empresa Odebrecht após receber o anúncio da multa de R$ 433,5 mil por fornecer água imprópria para o consumo nos municípios de Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa, o Procon/MA respondeu ao posicionamento da empresa, afirmando que a multa aplicada teve como fundamento laudos realizados na qualidade da água colhida em três municípios da Grande Ilha: Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar. Sobre a amostra feita no município de Raposa, esta foi colhida no bairro Pirâmide, localidade atendida pela Odebrecht.

 

Segundo o instituto, os laudos da Vigilância Sanitária apontam que a coleta feita no referido residencial o identifica como pertencente ao município de Raposa. Contudo, independentemente disso, a água que chega ao bairro seria fornecida pela Odebrecht Ambiental, motivo pelo qual ela foi responsabilizada pela qualidade da amostra.

Procon_Anexo1_Odebrecht

 

O Procon também respondeu á contestação da empresa quanto à alegação de que o processo teria sido encerrado em agosto de 2016, afirmando que a concessionária apresentou informação inverídica. “Nesse período houve tratativas para que fosse firmado um termo de ajustamento de conduta com a empresa sancionada, que não foi concretizado por falta de compromisso da concessionária”, apontou nota da entidade.

Procon

 

Segundo o Procon/MA, já foram formalizadas junto à população cerca de 1.000 reclamações contra a Odebrecht Ambiental.

O portal MA 10 entrou em contato com a assessoria da Odebrecht e está no aguardo de um posicionamento.