Home Maranhão São José de Ribamar Balcão de Renegociação de Dívidas será realizado em São José de Ribamar

Balcão de Renegociação de Dívidas será realizado em São José de Ribamar

Balcão de Renegociação de Dívidas será realizado em São José de Ribamar

Em São José de Ribamar, acontece entre os dias 30 de janeiro e 3 de fevereiro o I Balcão de Renegociação de Dívidas, que será realizado no salão do Júri do Fórum da cidade (Avenida Gonçalves Dias, s/nº, Centro). O evento é promovido pela 2ª Vara Cível e faz parte do projeto “Consumidor Adimplente – Cidadão com plenos Direitos”, implementado pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA).

O Balcão de Negócios busca reunir entidades públicas e privadas, com grande volume de créditos não pagos, aos seus devedores. O objetivo é incentivar a facilitação da quitação de débitos dos clientes, com imediata retirada de eventual restrição da dívida negociada.

O atendimento acontecerá das 8h às 12h e 14h às 18h, quando consumidores terão a oportunidade de renegociar suas dívidas com empresas parceiras do evento, com benefícios que chegam até a 90% de desconto em juros e multas. Já confirmaram participação no evento as empresas Odebrecht, Vivo, Prefeitura de São José de Ribamar, Procon, CDL e Condomínio Ponta Verde.

Nesta edição, condomínios estarão presentes no evento. Outra novidade é que a Prefeitura de São José de Ribamar, através da Lei Municipal Complementar nº 41/2017, pretende promover a regularização dos créditos municipais, com a isenção de multa por infração sobre débitos ainda não lançados.

Como funciona

Logo na entrada, o consumidor (portando documentos de RG e CPF) é atendido pela CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), detentor do cadastro do SPC, que informará a existência de pendências financeiras. Identificado algum débito, o consumidor é encaminhado para atendimento direto.

As empresas participantes ficarão instaladas em stands personalizados para atendimento de convidados e do público em geral, que serão atendidos pelo sistema de ordem de chegada, devidamente orientados, conforme a pendência a ser resolvida.

Identificada a existência de pendência, cujo credor não esteja presente, o consumidor será atendido por uma entidade de atenção e atendimento ao consumidor para tentativa de solução da pendência de forma virtual, ou para agendamento de audiência no Centro de Conciliação.