Home Brasil Corpos são resgatados de local do acidente que matou ministro Teori Zavascki

Corpos são resgatados de local do acidente que matou ministro Teori Zavascki

Corpos são resgatados de local do acidente que matou ministro Teori Zavascki

Os corpos das cinco vítimas do acidente aéreo que matou o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal, foram resgatados do mar em Paraty, no litoral do Rio de Janeiro, informaram nesta sexta-feira o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil.

Os corpos de Teori, que tinha 68 anos, do empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, 69, dono do Hotel Emiliano, do piloto da aeronave, Osmar Rodrigues, 56, da massoterapeuta Maira Lidiane Panas Helatczuk, 23, e da professora Maria Ilda Panas, 55, foram retitados do local, e as equipes de resgate agora trabalham para recuperar os destroços da aeronave que caiu no mar na tarde de quinta-feira.

“O trabalho ainda termina hoje. A Marinha trouxe equipamentos para nos ajudar e conseguimos retirar”, disse Pércio Freire, subsecretário de Defesa Civil de Paraty.

“Agora é retirar os destroços para serem entregues às autoridades aeronáuticas para que possam avançar nas investigações sobre a causa do acidente”, acrescentou.

O ministro, de 68 anos, era responsável por todos os casos envolvendo políticos com prerrogativa de foro junto ao Supremo no âmbito Lava Jato. Sua morte joga incerteza sobre a tramitação dos processos da operação na corte. [nL1N1F92LO]

O avião Hawker Beechcraft, modelo C90GT, pertencia ao Grupo Emiliano e decolou na quinta-feira de São Paulo rumo a Paraty.

Em nota, o Grupo Emiliano disse que Maira Lidiane era massoterapeuta e prestava serviços a Filgueiras, que passava por um tratamento no ciático. A mãe da massoterapeuta, Maria Ilda, havia viajado de Mato Grosso a São Paulo para visitar a filha. O empresário convidou ambas para passar um fim de semana em Paraty, de acordo com a nota do grupo.

“O Grupo Emiliano registra seus sentimentos e condolências para a família e amigos. E informa que está prestando apoio e informações aos familiares”, disse a nota.

Fonte: Reuters Brasil