Home Brasil “Culto, prudente e buscava fazer justiça”, diz Flávio Dino sobre Zavascki

“Culto, prudente e buscava fazer justiça”, diz Flávio Dino sobre Zavascki

“Culto, prudente e buscava fazer justiça”, diz Flávio Dino sobre Zavascki

O governador do Maranhão, Flávio Dino, homenageou o ministro Teori Zavascki em seu twitter. “O ministro Teori me visitou no Palácio há alguns meses. Foi a última vez que nos vimos. Que Deus o receba. Conhecia o ministro Teori há mais de 20 anos. Juiz culto, prudente, buscava fazer justiça. Um amigo solidário e gentil. Lamento muito.”, disse o parlamentar em sua rede social.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, homenageou Zavascki no twitter. Reprodução: twitter
O governador do Maranhão, Flávio Dino, homenageou Zavascki no twitter. Reprodução: twitter

O ministro-chefe da Casa Civil também lamentou

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, lamentou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki. Por meio de sua conta pessoal no Twitter, Padilha elogiou o magistrado e disse que ele era um dos “mais brilhantes ministros” do Supremo.

“Teori Zavascki, um dos mais brilhantes ministros do STF, morreu. Os brasileiros perdem um exemplar cidadão e um magistrado qualificadíssimo”, escreveu Eliseu Padilha.

O ministro disse ainda que recebeu “com grande tristeza” a confirmação da morte. “Todos nós perdemos um laureado e justo magistrado”, acrescentou.

Desde as 17h45, quando saiu de uma cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer está reunido com assessores para estudar o formato da manifestação de pesar que emitirá sobre a morte de Teori Zavascki. A expectativa é que o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, ou o próprio Temer faça um pronunciamento à imprensa.

O ministro do STF era um dos ocupantes do avião que caiu na tarde de hoje em Paraty, no Rio de Janeiro. A morte de Teori foi confirmada por um dos filhos do ministro, Francisco Zavascki. “Caros amigos, recebemos a confirmação de que o pai faleceu! Muito obrigado a todos pela força”, escreveu Francisco na rede social Facebook.