Home Maranhão Imperatriz Hospital Macrorregional realiza segundo mutirão de cirurgias

Hospital Macrorregional realiza segundo mutirão de cirurgias

Hospital Macrorregional realiza segundo mutirão de cirurgias

De 16 a 21 deste mês o Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto realiza o segundo mutirão de cirurgias, que contempla as cidades de Imperatriz, Açailândia, Balsas e Barra do Corda. No primeiro mutirão, realizado em agosto do ano passado, foram operados setenta pacientes e a estimativa para este ano é que cerca de cem pacientes sejam atendidos, nas especialidades de: histerectomias, colecistectomia, biopsias hepáticas, de mama, pele e colo uterino, herniorrafia inguinal, incisional e epigástrica. A maioria dos pacientes tem entre 28 e 45 anos.

Para atender a demanda durante este período, o hospital ampliou o quadro de cirurgiões e anestesistas e cerca de 40 pacientes já foram operados desde segunda-feira (16). Todos já passaram pela etapa de exames, visto que os atendimentos no hospital são constantes e regulados pelo sistema da Secretaria de Estado da Saúde.  No total, mais de 150 exames laboratoriais já foram realizados e só hoje, quase 50 consultas pré-anestésicas.

Segundo o diretor administrativo do hospital, Felype Hanns, os médicos esperam atender a uma maior demanda que a estimada pelo programa. “A força-tarefa pretende reduzir a espera por atendimento especializado na região, que desde a inauguração do hospital, atende pacientes que precisam realizar procedimentos de alta complexidade”, destaca.

Procedimentos via videolaparoscopia

Ontem (17), o hospital iniciou o processo de cirurgias via videolaparoscopia (procedimento que realiza intervenções cirúrgicas por meio de videocâmara). É o primeiro hospital público da região a usar este método, que além de diminuir o tempo de permanência do paciente nos leitos, proporciona menos dores ao pós-operatório. “Cirurgias que demoravam 48 horas para que o paciente se recuperasse, terão o tempo reduzido para cerca de 24 horas ou menos”, ressalta o coordenador operacional do Instituto Gerir, que administra o hospital, João Antunes.

Para a assistente social Elizânia Marques, que acompanha o pai em cirurgia, o processo de atendimento está sendo rápido e satisfatório. “Em sete dias conseguimos agendar e realizar as consultas e os exames e em dois dias, já foi possível marcar a cirurgia; agora é só aguardar ele [pai] sair de alta”, lembra.

O paciente estava tentando realizar a sua cirurgia em Davinópolis e ao procurar a Unidade Regional de Saúde de Imperatriz, coordenada por Antônia Iracilda Silva Viana, foi possível agendar o atendimento no Macrorregional.

Macrorregional

A unidade especializada em oncologia, atende pacientes das regionais de saúde de Imperatriz, Balsas, Barra do Corda e Açailândia. São realizados atendimentos de urgência e emergência oncológica adulto, clínica médica, cirurgia geral, cirurgia oncológica, Terapia Intensiva Adulta, fisioterapia, fonoaudiologia, serviço social, psicologia, farmácia clínica, serviço de nutrição e dietética.

As ações incluem serviço ambulatorial, serviços especializados e Serviço de Apoio, Diagnóstico e Tratamento (SADT), com procedimentos de alta complexidade em oncologia, clínica médica, clínica cirúrgica e UTI adulto.