Home Maranhão São Luís Caso não haja acordo, rodoviários entram em greve na próxima segunda

Caso não haja acordo, rodoviários entram em greve na próxima segunda

Após Assembléia realizada na última quinta-feira (12), o Sindicato dos Rodoviários decidiu dar prazo para empresários até a sexta-feira (20) para negociar com a categoria. Caso não cheguem a um acordo, haverá a paralisação das atividades na próxima segunda (23).

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão informa, que até a manhã desta terça-feira (17), não houve negociação alguma com os empresários, no sentido de atender as exigências da categoria, muitas delas, direitos garantidos por meio da Convenção Coletiva de Trabalho e que ainda não estão sendo cumpridos. O Sindicato deverá comunicar oficialmente do movimento, aos órgãos e entidades, entre eles, Ministério Público do Trabalho, Superintendência do Trabalho e Emprego, Tribunal Regional do Trabalho, Prefeitura de São Luís e Sindicato Patronal, SET. Após a comunicação ser feita, inicia a contagem das 72 horas, que é estabelecido pela Legislação, para que seja deflagrada a greve do transporte público em São Luís.

“Esperamos que nessas 72 horas, o SET nos procure e nos dê garantias que essa melhora no serviço oferecido, a trabalhadores e até aos usuários do sistema, enfim, vai acontecer. Caso contrário, nas primeiras horas de segunda-feira (23), a categoria cruzará os braços e os ônibus em São Luís, vão parar”, afirma Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.