Teste do Coraçãozinho será oferecido na Maternidade Benedito Leite em janeiro

A triagem neonatal pelo Teste do Coraçãozinho está em fase de implantação na Maternidade Benedito Leite, em São Luís. Com a oximetria, poderá ser prevenido e detectado precocemente se o recém-nascido apresenta cardiopatia congênita. A realização regular do exame tem início previsto para segunda quinzena de janeiro. De acordo com a maternidade, a cada mil crianças que nascem vivas, duas apresentam cardiopatia congênita.

O Teste do Coraçãozinho vai ser realizado por enfermeiros da Maternidade Benedito Leite, com uso do aparelho oxímetro.

O bebê será acompanhado pelo médico pediatra da maternidade. O parecer cardiológico acompanhado do ecocardiograma será solicitado pelo pediatra.

“Quando o teste indica problemas cardíacos, o profissional aguarda uma hora, e reaplica a conduta do Teste do Coraçãozinho. Quando confirmada a suspeita, após realização de exames específicos, o paciente será encaminhado para atendimento com o médico cardiologista”, explicou a coordenadora de Enfermagem da maternidade, Kelma Lucena.

A indicação do Teste do Coraçãozinho é para os recém-nascidos acima de 34 semanas de gestação. O exame dura cerca de 5 minutos. O equipamento é instalado no pulso direito e em um dos pés do recém-nascido.

O teste será feito no recém-nascido entre 24 a 48 horas após o nascimento. A técnica busca reduzir cerca de 10% da mortalidade infantil.

Na unidade também é realizado o Teste do Pezinho, que permite identificar doenças como hipotireoidismo congênito, entre outras. A maternidade também disponibiliza o teste da orelhinha, feito no primeiro mês de nascimento da criança.