Vaza conversa comprometedora de Núbia Dutra revelando irregularidades

Núbia Dutra

Uma conversa comprometedora mantida por meio do aplicativo WhatsApp entre a secretária Municipal da Fazenda de Paço do Lumiar, Núbia Dutra, e um funcionário da prefeitura (confira abaixo), releva irregularidades praticadas pela primeira dama ao suspender os acessos de auditores e fiscais no sistema de tributos do município.

O caso aconteceu no início do mês de maio e veio à tona em post publicado no último dia 28 de junho, intitulado: “Núbia manda empresa suspender acesso de auditores e fiscais”.

No trecho do diálogo comprometedor, Núbia faz diversas determinações ao servidor de nome não revelado, que até então era de sua confiança.

Eles falam sobre atrasos no pagamento da empresa que gerencia o sistema tributário de Paço do Lumiar, o Centro de Tecnologia Avançada Ltda. (CTA).

Servidor: “(…) O Gedeão me ligou pra eu e ele falar com o Neto. Por favor me diga que posso propor a ele. Dou alguma data? Até onde posso chegar. Quero instruções suas”, pede o funcionário.

Núbia Dutra: “Eu pagarei dois meses inicialmente, depois pago o resto, ele ficará até junho, quero nossos dados já. Todas as chaves de auditor e fiscal encerrada, só a minha e a sua. Parar total”, ordena a secretária.
Horas após a primeira conversa, o subordinado da primeira dama retoma a conversa.

Servidor: “Missão cumprida. Sistema no ar. Acabamos agora as conversações”, explica.

Núbia Dutra: “Grata. Vc tirou as senhas dos servidores?”, questiona a esposa do prefeito, em tom de preocupação.

Servidor da Fazenda: “Já solicitei a CTA. Entra em vigor agora pela manhã [3 de maio de 2017].

Foto Reprodução

Acobertando

Segundo uma fonte do Blog do Domingos Costa, foi formulada uma denúncia ao Ministério Público partindo do teor da conversa que acabou vazando. Não se sabe ao certo o que Núbia pretende com a interrupção do trabalho dos auditores e fiscais, que são indispensáveis para a arrecadação do município.

Sem os acessos dos auditores e fiscais ao sistema de tributos, naturalmente, Paço do Lumiar passar a ter perdas em termos financeiros.

A suspeita é que a secretária municipal da Fazenda esteja protegendo diversas empresas que atuam em Paço de não pagarem seus devidos impostos, a exemplo de uma conhecida instituição de ensino particular e um parque aquático.

Mas esse é outro assunto…

Abaixo os “prints” do diálogo:

Do Blog do Domingos Costa

VÍDEO: bandidos invadem e assaltam clínica odontológica no Maiobão

Assaltantes armados invadiram uma clínica odontológica no bairro Maiobão, em Paço do Lumiar, Região Metropolitana de São Luís, neste fim de semana e roubaram clientes e funcionários.

Nas imagens registradas por câmeras de segurança, pode-se ver que dentistas tentam esconder aparelhos celulares mas sob a mira de um arma de fogo são obrigadas a entregar os objetos.

Veja nas imagens.

VÍDEO: Dutra é vaiado em Paço do Lumiar e chamado de ‘aproveitador’

Prefeito Domingos Dutra

O martírio do prefeito Domingos Dutra (PC do B) no município de Paço do Lumiar segue em ritmo crescente.

O comunista teve, mais uma vez, a sua baixa popularidade comprovada neste fim de semana durante um evento de entrega de títulos de terra, por parte do governo do estado, no bairro do Maiobão.

Uma comissão formada por moradores do Iguaíba foi até o local da solenidade cobrar do prefeito apoio no sentido de fazer com que a Caixa Econômica Federal resolva o imbróglio envolvendo a não liberação de unidades habitacionais dos Residenciais Primavera I e II. Os conjuntos foram implantados na cidade através do programa Minha Casa, Minha Vida.

No primeiro vídeo, com duração de mais de quatro minutos, os membros da comissão conversam com Dutra, pedem seu apoio e solicitam que ele assine um documento se comprometendo em ajudá-los.

Dutra não atende o pedido e no fim do vídeo ainda classifica a reivindicação de ato político.

Uma moradora, depois que Dutra se retira do local, lembra que o governador Flávio Dino (PC do B), na época da campanha do ano passado, colocou o seu aliado prefeito “debaixo do braço” e garantiu que ele iria atender aos anseios dos luminenses.

No segundo vídeo, de pouco mais de um minuto, os moradores vaiam Domingos Dutra e o chamam de aproveitador.

No fim do mês passado, é importante lembrar, Dutra também foi vaiado por comerciantes que trabalham na Feira do Maiobão.

Do Blog do Gláucio Ericeira

Primeira-dama de Paço do Lumiar é chamada de ‘assassina’ em muro pichado

Sargento Ferreira continua internado e Núbia Feitosa passa bem

É complicada a situação da primeira-dama de Paço do Lumiar e Secretária Municipal de Administração e Finanças, Núbia Feitosa, após incidente ocorrido no último dia 28 de julho que culminou em tiroteio e feridos, inclusive, ela própria.

Alegando ter sido vítima de uma tentativa de homicídio, a esposa do prefeito Domingos Dutra se envolveu em uma discussão que terminou com um sargento da Policia Militar, identificado como Ferreira, atingido com um tiro no abdômen e a secretária ferida com três tiros de raspão no rosto, ombro e mão. Núbia está bem, mas o PM continua internado e corre risco de morrer.

Nesta quinta-feira (10), um muro da cidade de Paço do Lumiar amanheceu pichado com a seguinte frase “Núbia assassina. Justiça para Sargento Ferreira”. (foto abaixo)

Foto Reprodução: Blog do Neto Cruz

A afirmação mostra a revolta da população com o que houve e também revela quanto o caso ainda precisa ser esclarecido. Toda a situação está sendo apurada pela Polícia Civil que inclusive já pediu a prisão do Sargento Ferreira, uma vez que Núbia Feitosa alegou legítima defesa tendo sido o primeiro disparo efetuado pelo PM que hoje encontra-se entre a vida e a morte.

Enquanto nada é totalmente esclarecido, as opiniões se dividem e muitas dúvidas continuam a pairar!

Reveja abaixo o vídeo com imagens do ocorrido.

Vídeo mostra a verdade sobre suposto atentado contra a primeira-dama de Paço

O suposto atentado sofrido ontem (28) pela primeira dama do município de Paço do Lumiar e Secretária Municipal de Administração e Finanças, Núbia Feitosa, está sendo investigado pela Polícia Civil mas já começa a ser esclarecido.

Imagens registradas no local onde ocorreu toda a confusão, revelam que a esposa do prefeito Domingos Dutra parou o carro que dirigia na estrada do Sítio Grande e acabou se metendo na briga de um casal.

Núbia estava acompanhada por dois seguranças dela que balearam um sargento da Polícia Militar que discutia com a mulher dele. Na troca de tiros e a primeira dama foi atingida de raspão no rosto e ombro. Os disparos então teriam sido iniciados pelo segurança da secretária, como mostram as imagens acima, publicadas pelo Blog do Domingos Costa.

O sargento da PM está em estado grave e Núbia não corre risco de morte.

Abaixo a versão contada em Nota Oficial da Prefeitura de Paço do Lumiar.

A secretária de Administração e Finanças de Paço do Lumiar e primeira-dama do município, Núbia Feitosa, foi vítima de uma tentativa de homicídio no final da tarde desta sexta-feira (28), na Estrada do Sítio Grande, que interliga a Estrada da Maioba ao conjunto Maiobão. Ela foi ferida nas mãos, rosto e ombros e não corre risco de morte.

A secretária estava voltando pela Estrada do Sítio Grande acompanhada por dois assessores, quando avistou um homem agredindo uma mulher. Ela pediu para parar o veículo e foi tentar acalmar o agressor e tirar a mulher do alcance dele. No entanto, o homem, que apresentava sinais de embriaguez, discutiu com a primeira-dama, tendo sacado a arma e atirado várias vezes, atingindo-a.

Núbia foi socorrida e encaminhada para um hospital particular de São Luís para ser submetida a procedimento cirúrgico.

O prefeito Domingos Dutra, bastante abalado, alertou que há uma campanha de ódio em Paço do Lumiar contra ele e a secretária de Administração e Finanças. Ele admite que isso pode ter alguma ligação com a tentativa de homicídio contra a primeira-dama, mas ressaltou ser necessária uma investigação da Polícia.

A Secretaria de Estado de Segurança imediatamente determinou o início de investigações sobre o ocorrido. O autor dos disparos, segundo investigações preliminares, seria um sargento da Polícia Militar.

URGENTE! Mulher do prefeito de Paço do Lumiar sofre tentativa de homicídio

Prefeito Domingos Dutra ao lado da esposa Núbia Dutra
Prefeito Domingos Dutra ao lado da esposa Núbia Dutra

A esposa do prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, e Secretária de Administração e Finanças do Município, Núbia Dutra, sofreu uma tentativa de homicídio na noite desta sexta-feira (28).

O prefeito concedia uma entrevista ao programa “Ponto Continuando”, na rádio Mais FM, e teve que deixar as pressas o estúdio da emissora quando recebeu a notícia.

De acordo com informações repassadas pelo próprio Dutra, a primeira dama foi atingida com um tiro de raspão no rosto. Ela foi levada ao hospital São Domingos, em São Luis e não corre risco de morte.

Bira pede linha de ônibus que interligue Parque Vitória à sede de Ribamar

Deputado Bira do Pindaré

O deputado estadual Bira do Pindaré (PSB) solicitou a criação e destinação de uma linha de ônibus do Expresso Metropolitano para interligar a sede de São José de Ribamar ao Parque Vitória, passando por bairros de Paço do Lumiar e de São Luís.

Segundo o parlamentar, a população do Parque Vitória, Alto do Turu, Parque São José, Parque Jair e adjacências sofre constantemente devido à falta de uma linha de transporte público que os interligue a sede de Ribamar, município ao qual pertencem.

Bira do Pindaré destacou que quando um morador que vive em qualquer um desses bairros precisa resolver ou acessar algum problema na sede do município, como o poder judiciário, por exemplo, ele precisa sair de Ribamar para pegar um ônibus em São Luís que o leve de volta à sede. Algo que, de acordo com ele, não faz sentido.

“As atuais linhas de ônibus fazem apenas o percurso até o centro de São Luís ou ao Terminal de Integração Cohab-Cohatrac. A gente precisa avançar e criar uma linha do Expresso Metropolitano resolveria essa questão, garantindo mais conforto ao cidadão que reside na região do Parque Vitória”, defendeu.

A solicitação, que é uma reivindicação antiga dos moradores que vivem na região limítrofe dos três municípios, foi destinada ao governador Flávio Dino (PCdoB) e ao presidente da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), Artur Cabral.

PL de revisão cartográfica dos limites territoriais da Grande Ilha é assinado

Luis Fernando participa de ato sobre acordos e projeto de lei que estabelece limites territoriais da Grande Ilha
Luis Fernando participa de ato sobre acordos e projeto de lei que estabelece limites territoriais da Grande Ilha

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando, acompanhado do vice-prefeito, Eudes Sampaio, participou nesta segunda-feira (22), da solenidade de assinatura sobre acordos e projeto de lei que trata da revisão cartográfica dos limites territoriais dos quatro municípios da Ilha, que abrange São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa. O ato também foi assinado pelos prefeitos dos municípios que compreendem a Ilha.

Durante o encontro, o prefeito Luis Fernando falou sobre a importância do ato que sela mais uma etapa de luta dos municípios em prol da regularização dos limites territoriais.

Prefeito Luis Fernando

“Essa é uma luta que não começou agora. Desde 2006 iniciamos esse processo e que à época fizemos um processo licitatório para contratação de empresa que realizasse o georreferenciamento. Na oportunidade tivemos cerca de 300 pontos levantados como referência e que deram base para o trabalho ardoroso feio com muita responsabilidade pelo vice-prefeito, Eudes Sampaio a quem designei desde os primeiros dias de governo juntamente com o prefeito Domingos Dutra, que percorreram as localidades”, explicou o prefeito.

É importante que se entenda, continuou, “que aqui não estamos discutindo contagem populacional, levantamos de forma ardorosa a base territorial de cada município, e assim dessa forma, estamos corrigindo distorções históricas e de uma vez por todas deixar claro, os limites territoriais. A vitória é da população”.

Vitória, que o prefeito de Paço do Lumiar, também dedicou a população de cada um dos municípios, ressaltando ainda o empenho do prefeito, Luis Fernando, que encabeçou todo o processo, “Estamos todos de parabéns por mais uma etapa vencida, agora é aguardar pela aprovação da Assembleia e que seja o mais rápido possível”, solicitou o prefeito.

Para o presidente da comissão de assuntos municipais e de desenvolvimento regional da Assembleia Legislativa, o deputado Bira do Pindaré (PSB), a proposição é fruto de trabalho e consenso progressivo acordado entre os quatro prefeitos da Ilha, e que já possui, inclusive, homologação na Justiça Federal.

“Resolver os limites traz benefícios não apenas para os gestores, mas, sobretudo, para o cidadão que hoje irão saber a qual município pertence”, pontuou.

Além do deputado, Bira do Pindaré, o documento também foi assinado pelos deputados Cabo Campos (DEM), e Wellington do Curso. O projeto de lei agora segue para apreciação e votação dos demais deputados da casa.

Relembrando o processo

Desde o início deste ano, foi estabelecida uma agenda positiva entre os quatro municípios, que elencou com prioridade, estudo técnico para definição dos marcos territoriais dos respectivos municípios, o que resultou na elaboração do termo de ajuste de limite feito com base no levantamento coordenado pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos, IMESC, e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE. A partir daí foram realizadas reuniões e no mês de abril deste ano foi realizada a homologação final que define os limites territoriais.

Homologado Termo de Ajuste de Limites dos municípios da Ilha de São Luís

Prefeito Luis Fernando no ato da homologação que estabelece limites dos municípios da Grande Ilha

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando, acompanhado do vice-prefeito, Eudes Sampaio, participou nesta terça-feira (18), da homologação do Termo de Ajuste de Limites para definição dos marcos territoriais dos quatro municípios da ilha de São Luís. A audiência ocorreu na sede da 5ª Vara da Justiça Federal e foi presidida pelo juiz federal, José Carlos Madeira e pela Procuradora da República, Thayná Freire de Oliveira.

Durante a audiência o juiz José Carlos Madeira, realizou apresentação das fases do processo, iniciado em janeiro deste ano, envolvendo os municípios de São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

Na ocasião, foi estabelecido e realizado estudo técnico para definição dos marcos territoriais dos respectivos municípios, o que resultou na elaboração do termo de ajuste de limite feito com base no levantamento coordenado pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos e Cartográficos, IMESC, e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE.

“Fizemos reuniões onde foram acordadas fases para que hoje chegássemos a homologação. Estamos vivendo um momento histórico, onde ajustamos não apenas limites, mas corrigimos distorções que dificultavam e muito o acesso da população à serviços essenciais, com o acordo feito entre os municípios, agora todos poderão trabalhar para atender as necessidades dos seus respectivos municípios”, observou o juiz.

O estudo técnico feito pelo IMESC e legitimado pelo IBGE vai servir de base inclusive para definição do quantitativo da população, o que para o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, também corrigirá distorções de ordem orçamentária no município. “A homologação é resultado de uma grande preocupação levantada por todos os municípios, encabeçada pelo prefeito Luis Fernando, – a quem agradeço o empenho, -, pois existia a demanda por redefinição de limites e divisas municipais, e hoje chegamos a um acordo que beneficiará diretamente a população luminense”, comentou.

Para o prefeito Luís Fernando, o resultado foi o mais positivo possível, uma vez que todos ganham na adequação dos limites. “Tínhamos a necessidade de encontrar soluções para a definição dos limites entre os quatro municípios, observando que São José de Ribamar já havia definido limites em relação a capital, porém faltava chegar a um consenso entre as demais linhas operacionais. E foi exatamente isso que ocorreu, mas levando principalmente em consideração as necessidades da população de todas as cidades”, finalizou.

Agora homologado, o documento segue para apreciação da Assembleia Legislativa e conhecimento do Governo do Estado, IMESC e IBGE que dará prosseguimento ao processo de estimativa da população dos respectivos municípios.

Limites dos municípios da Grande São Luís deverão ser definidos

Juiz José Carlos Madeira

Foi realizada quinta-feira (30) na 5ª vara da Justiça Federal, uma reunião de conciliação com o objetivo de buscar uma solução sobre os limites dos quatro municípios da Ilha, que integram a Região Metropolitana de São Luís.

Participaram o juiz federal José Carlos Madeira, o Procurador da República, Thiago Ferreira de Oliveira, o prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, Airton José Tajra Feitosa, Procurador do Município de São Luís, José Eudes Sampaio Nunes, Vice-Prefeito de São José de Ribamar, representando a Prefeitura de Raposa, o pai da Prefeita Talita Laci, José Laci, além de representantes do IBGE e do IMESC, entre outros interessados.

O prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra, lembrou que a região metropolitana de São Luís foi instituída há 28 anos e que, recentemente, o Governo do Estado atualizou a legislação. Informou que equipes das prefeituras de Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar fizeram um estudo técnico acerca dos marcos territoriais dos respectivos municípios que resultou na elaboração de um Termo de Ajuste de Limites, feito com base em orientações técnicas do IBGE e do IMESC.

Ao final da reunião, por sugestão do juiz federal José Carlos Madeira, ficou definido um cronograma de ações para que haja uma definição dos limites. No dia 07 de abril será feita a entrega do estudo técnico a ser produzido pelo IBGE e pelo IMESC, que consistirá de um memorial descritivo, mapa e termo de acordo dos quatro municípios. O estudo será encaminhado no mesmo dia ao MPF para pronunciamento. Havendo acordo, será designada uma nova audiência para homologação do Termo de Ajuste de Limites no dia 18 de abril do corrente<às 15 horas.

Após a homologação do acordo, será expedida certidão a fim de que o IBGE possa dar cumprimento à sentença homologatória.