Acidente feio! Ultrapassagem indevida na BR 010 deixa um morto e um ferido

Foto Reprodução: PRF

Um grave acidente ocorrido nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (21), no km 290 da BR 010 em Imperatriz, vitimou o condutor de uma picape Strada e deixou o motorista de uma caminhonete Ranger em estado grave. A ocorrência foi atendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) através da Unidade Operacional (UOP) Imperatriz. O trânsito ficou bloqueado por conta da disposição dos veículos na pista, que impediam a passagem dos demais veículos.

Segundo os primeiros levantamentos, por volta das 5h30 da manhã, próximo ao povoado conhecido como 1.700, o condutor da Ranger tentou fazer uma ultrapassagem, quando colidiu frontalmente com a picape. O condutor da Strada morreu no local e ficou preso nas ferragens.

O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado e fez a retirada do corpo da vítima. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) socorreu o ocupante da Ranger.

Até as 7h da manhã os trabalhos continuavam no local, com o trânsito fluindo em meia pista no modo PARE e SIGA sendo orientado pela PRF. Além da imprudência do condutor da caminhonete, a neblina também pode ter contribuído para a ocorrência do acidente.

Foto Reprodução: PRF
Foto Reprodução: PRF
Foto Reprodução: PRF

Ciclista morre atropelado na BR 010 em Imperatriz

Homem foi atropelado por um Gol que não prestou socorro

O ciclista identificado como Adailson Bezerra da Silva, de 44 anos de idade, morreu na noite deste sábado (15) às margens da BR 010, no bairro Lagoa Verde, em Imperatriz, Sudoeste do Maranhão.

A vítima foi atropelada por um veículo Gol de placa não informada na proximidades da entrada da Vila Chico do Rádio.

O corpo de Adaílson foi arrastado por mas de 200 metros sendo que motorista do Gol não parou para prestar socorro a ele que morreu na hora.

Há informações de que um morador da localidade onde foi registrado o acidente, que viu o ocorrido, seguiu o veículo atropelador e acabou sendo interceptado em frente ao Posto Fiscal da Lagoa Verde. Não há informações sobre prisão.

Número de homicídios cai mais de 24% na região de Imperatriz entre 2014 e 2017

Delegado-Geral Lawrence Melo

A quantidade de homicídios dolosos registrada nos seis primeiros meses deste ano foi 24,36% menor do que o índice apurado no mesmo período de 2014 na regional de Imperatriz. Enquanto em 2014 foram 119 assassinatos, em 2017 o número caiu para 90, redução que é um dos resultados dos investimentos em segurança pública realizados pelo Governo do Estado e que também tem sido observada em todas as regiões do Maranhão.

Além da segunda maior cidade do estado, a diminuição no número de homicídios dolosos engloba também os municípios vizinhos de Davinópolis, Montes Altos, Estreito, Porto Franco, Amarante, Ribamar Fiquene, Carolina, João Lisboa, Senador La Rocque, Lajeado Novo, São João do Paraíso, Campestre, Buritirana e Sítio Novo.

“Esse é mais um dos frutos das iniciativas de planejamento, investimento e integração das forças policiais realizadas pelo governador Flávio Dino, por meio da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Hoje temos um forte sistema de segurança com policiais, equipamentos e valorização desses profissionais, além de uma investigação especializada”, explica o delegado geral da Polícia Civil, Lawrence Pereira Melo.

Entre as ações, alguns dos destaques são: o incremento das forças policiais, incluindo Polícia Civil, Militar e Corpo de Bombeiros, que nos últimos dois anos ganharam mais de 3.000 novos policiais; além de armamentos e novas viaturas, que até o final deste ano chegarão a 700 novos veículos entregues.

A Região Tocantina também vem recebendo prédios novos ou reformados para reforçar o combate à violência. Em Imperatriz, por exemplo, a reforma do 3º Batalhão da Polícia Militar está avançada e deve terminar em agosto. Açailândia recebeu no ano passado a 5ª Companhia Independente de Polícia Militar, enquanto que as cidades de João Lisboa e Davinópolis foram beneficiadas com a inauguração de postos policiais.

Número de leitos hospitalares aumenta 21% em dois anos no Maranhão

(Foto: Gilson Teixeira)

O número de leitos hospitalares na rede pública estadual aumentou 21,28% entre 2015 e 2017. O aumento acompanha a ampliação dos investimentos em saúde pelo Governo do Maranhão. No mesmo período, foram R$ 224 milhões a mais para o setor.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre janeiro de 2015 e janeiro de 2017, houve o acréscimo de 449 leitos de internação e 95 leitos complementares (Unidades de Terapia Intensiva e Unidades Intermediárias) na rede hospitalar estadual.

Boa parte da expansão se deve à entrega dos cinco novos hospitais macrorregionais: em Caxias, Imperatriz, Pinheiro, Bacabal e Santa Inês. Juntas, essas unidades já fizeram mais de 2 milhões de atendimentos.

O número de leitos vai aumentar ainda mais. Novos hospitais estão sendo construídos. Um deles é o Regional de Balsas, que vai beneficiar toda a região sul. Serão 50 leitos a mais e capacidade para atender até 240 mil pessoas.

Mais 50 leitos virão com o Hospital Regional de Turiaçu, que passa por revitalização. O Hospital de Traumatologia e Ortopedia vai acrescentar outros 44 leitos.

Imperatriz registra queda gradativa em homicídios e latrocínios

Delegado-Geral Lawrence Melo

Mais segurança e menos violência com a redução gradativa dos índices de mortes violentas letais intencionais na Região Tocantina de Imperatriz. Neste conjunto estão incluídos os homicídios e os latrocínios – roubo seguido de morte. O município esteve 21 dias sem qualquer registro deste tipo de criminalidade, no período de 26 de maio a 15 de junho. São 29 mortes violentas a menos, em relação ao ano passado. O dado positivo resulta das operações intensificadas e investimentos do Governo do Estado nas ações de segurança pública na região.

No comparativo dos cinco primeiros meses deste ano, em relação ao ano passado, a redução é de 28%. De janeiro a maio de 2016 foram registradas 73 ocorrências deste conjunto de crimes; este ano, no mesmo período, o número de casos caiu para 52. E considerando janeiro até 16 de junho deste ano com o anterior, a diminuição é ainda maior: 35,37% menos mortes violentas em Imperatriz. A meta da Segurança é reduzir em 50% o número de ocorrências ao final deste primeiro semestre.

“É um direcionamento do governador Flávio Dino, no âmbito da Segurança Pública, a promoção de ações que trazem de volta aos maranhenses mais segurança e mostra a seriedade e compromisso da gestão com esse setor”, pontuou o secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Jefferson Portela. O delegado geral de Polícia Civil, Lawrence Melo, atribui os resultados às operações realizadas pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), instituição criada na gestão Flávio Dino, que especializou a investigação desses casos.

“Dessa forma, foi possível reduzir os casos de mortes violentas na Região Metropolitana de São Luís e identificar outras áreas com índices preocupantes, a exemplo de Imperatriz. Assim, replicamos as mesmas ações, diminuindo os casos índices e mantendo uma redução gradativa. Mais um recorde da gestão Flávio Dino e do secretário Jefferson Portela que foca na universalização e especialização das investigações de homicídios no Estado”, explica Lawrence Melo.

O delegado da Regional de Imperatriz, Eduardo Galvão, destaca a importância dos índices de queda nas mortes violentas intencionais, considerando o cenário enfrentado pela Segurança no ano anterior. Segundo o delegado, os números apontavam praticamente um caso de homicídio a cada dia alternado. “Esta redução é extremamente significativa, pois atenua a média negativa do ano anterior. Cada dia que passa sem homicídios é resultado favorável à Segurança Pública e que reflete também em mais segurança para o cidadão”, avalia o delegado.

A redução também é fruto do trabalho integrado das polícias, êxito nas ações da SHPP e nas inúmeras operações da SSP-MA na região, aponta o titular da SHPP, delegado Leonardo Diniz. “Com esse planejamento de trabalho e a força tarefa policial, os casos na região têm sido elucidados a curto prazo. A Segurança Pública e todo o aparato do Estado nesta área tem sido colocados à disposição, sempre que necessário e garantido êxito nas operações”, reiterou o superintendente de Homicídios.

Investimentos

Desde o primeiro ano da gestão Flávio Dino, foram colocadas em prática ações e operações de combate direto a esta criminalidade, com o objetivo de frear o avanço dos casos. A criação da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), a aquisição da Delegacia Móvel para apurar estes casos e investimentos em laboratórios com tecnologia de ponta, aumento do efetivo e ações de valorização do policial.

Somado a estes, a especialização das investigações, aumento do efetivo especificamente para tratar destes casos e implantação da Delegacia de Homicídios que atua 24 horas apurando os casos in loco, no momento em que ocorrem. “São medidas de forte impacto que somaram para os resultados positivos alcançados pela polícia de Imperatriz. Esperamos manter esta linha de redução diminuindo ainda mais esses registros”, enfatizou o delegado Galvão.

PF desarticula grupo que cometia fraudes bancárias pela internet em Imperatriz

Delegacia de Policia Federal em Imperatriz

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (31) a Operação Cracker para desarticular grupo criminoso especializado em fraudes através da internet que atua nos Estados do Tocantins e do Maranhão.

Participam da operação cerca de 35 policiais federais. Ao todo, estão sendo cumpridos 21 mandados judiciais nas cidades de Araguaína, Augustinópolis, Praia Norte no Tocantins e Imperatriz no Maranhão, sendo 12 mandados de busca e apreensão, 6 mandados de condução coercitiva e 3 prisões preventivas.

A PF descobriu que os criminosos clonavam páginas de lojas virtuais para obter, mediante fraude, dados bancários das vítimas e realizar transações comerciais.

Os fatos em apuração configuram, em tese, os crimes de furto mediante fraude, organização criminosa e lavagem de dinheiro, cujas penas somadas ultrapassam 8 anos.

A nome da operação cracker é um termo usado para designar o indivíduo que pratica a quebra (ou cracking) de um sistema de segurança de forma ilegal ou sem ética.

TJ mantém condenação de Sebastião Madeira, ex-prefeito de Imperatriz

Sebastião Madeira, ex-prefeito de Imperatriz

Os desembargadores da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) mantiveram, por unanimidade, sentença que condenou o ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, à perda da função pública (caso existente), ao pagamento multa civil equivalente a 10 vezes o valor da remuneração do cargo de prefeito no ano de 2009, além da suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos.

A sentença – proferida pela juíza da Vara da Fazenda Pública, Ana Lucrécia Bezerra Sodré (Vara da Fazenda Pública) – também proibiu a empresa Limp Fort Engenharia Ltda. de contratar com o Poder Público, de receber benefícios, incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, pelo prazo de cinco anos.

O Ministério Público do Maranhão ajuizou Ação Civil Pública de Responsabilidade por Atos de Improbidade Administrativa contra Sebastião Madeira e a empresa Limp Fort Engenharia, alegando que o então prefeito teria celebrado, indevidamente, contrato de prestação de serviços de limpeza urbana com a empresa, sem a realização de processo licitatório, sob a alegação de dispensa em razão da emergência da situação.

De acordo com o MP, a dispensa configurou burla (fraude) ao procedimento licitatório e violação aos deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições, se enquadrando nas condutas descritas pela Lei de Improbidade Administrativa.

O ex-gestor e a empresa recorreram da sentença sustentando a nulidade da sentença por ausência de dosimetria, individualização e fundamentação das penas. Afirmaram a legitimidade e legalidade da conduta, com ocorrência da efetiva deflagração do processo licitatório, e defendendo a regularidade da contratação excepcional.

Para a relatora, desembargadora Ângela Salazar, não houve o cerceamento de defesa alegado pelas partes, já que o juiz dispunha de dados suficientes à formação de seu livre convencimento para o julgamento antecipado da ação, bem como atentou para o princípio da razoabilidade e proporcionalidade na fixação das penas.

Sobre o ato, a magistrada frisou a imposição constitucional sobre a regra para contratação direta e indireta, pela Administração Pública, por meio de processo licitatório, cujas exceções devem ser devidamente justificadas e formalizadas em processo.

Para a desembargadora, a contratação de serviços de limpeza urbana não é fato imprevisível a qualquer administrador, pois se trata de atividade rotineira e permanente, que não configura emergência e não se submete às hipóteses de exceção previstas na Lei de Licitações.

A relatora manteve as condenações contra Sebastião Madeira e a empresa Limp Fort, entendendo que a desídia, falta de planejamento e má gestão não se inserem no conceito de situação emergencial defendido pelas partes, que criaram uma “emergência fabricada” para justificar a contratação direta por dispensa de licitação.

“O conjunto probatório demonstra, com a segurança e certeza necessárias e exigíveis, o elemento subjetivo na contratação direta realizada pelo então prefeito, bem como a lesão ao erário, caracterizando o ato de improbidade por afronta aos princípios da Administração Público”, avaliou.

Adriano e prefeito Assis Ramos discutem ações para Imperatriz

Adriano Sarney recebe Assis Ramos

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) recebeu a visita do prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (PMDB), nesta quarta-feira (17), na Assembleia Legislativa. Ramos estava acompanhado do vice-prefeito Alex Nunes (PTN) e do presidente do PMDB-MA, Remi Ribeiro. Na oportunidade, conversaram sobre projetos voltados ao desenvolvimento do município. Adriano reforçou o apoio à gestão atual e reafirmou compromisso de atuar em prol da população imperatrizense.

O deputado acrescentou que vai envidar esforços em busca de investimentos para o município de Imperatriz. “Vou trabalhar para que o prefeito Assis Ramos faça uma gestão para entrar na história de Imperatriz. Toda a sua equipe terá o meu total apoio e a população imperatrizense, que eu muito estimo, pode ter certeza de que terá um reforço ainda maior nas nossas ações”, declarou.

Na oportunidade, o prefeito Assis Ramos ponderou que o apoio do deputado, nesse momento de crise em todo o país, além das dificuldades para receber repasses de recursos aos municípios, será importante para o desenvolvimento de Imperatriz. “A parceria com o deputado Adriano só vem somar forças na busca por recursos e investimentos para a cidade. É com muita alegria que recebo seu apoio e agradeço desde já esta parceria que vai beneficiar todos os imperatrizenses”, afirmou o prefeito.

MPT abre inscrições para seletivo de estágio em São Luís, Caxias e Imperatriz

Foto Reprodução

O Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) lançou edital do processo seletivo de estagiários de nível superior nas áreas de Direito, Informática, Comunicação Social (Jornalismo), Administração e Engenharia/Segurança do Trabalho (Civil, Elétrica ou Mecânica ou tecnólogo em Segurança do Trabalho). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas de 8 a 26 de maio no site www.prt16.mpt.mp.br

Na área de Direito, existem vagas e/ou cadastro de reserva para a sede do MPT-MA, em São Luís, e nas Procuradorias do Trabalho nos municípios de Imperatriz e Caxias. Nas áreas de Informática, Comunicação Social (Jornalismo), Administração, Engenharia/Segurança do Trabalho, a seleção será exclusiva para São Luís.

A jornada de estágio será de 20 horas semanais. A bolsa oferecida é de R$ 850,00, acrescida de auxílio transporte de R$ 7,00 por dia efetivamente estagiado.

As provas serão aplicadas no dia 13 de junho de 2017 (terça-feira), em local e horário a serem divulgados no site do MPT-MA (www.prt16.mpt.mp.br), com antecedência mínima de três dias, ficando os candidatos obrigados a consultá-lo periodicamente.

Somente poderão participar da seleção, os alunos pertencentes às seguintes instituições de ensino conveniadas com o MPT-MA: Universidade Ceuma; Faculdade Santa Terezinha (Cest); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA); Faculdade São Luís/Estácio; Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB); Universidade Estadual do Maranhão (Uema); Universidade Federal do Maranhão (UFMA); Faculdade do Maranhão (Facam); Instituto Florence de Ensino Superior; Faculdade Vale do Itapecuru (Soeduca – Caxias); Facema (Caxias); Unisulma (Imperatriz) e Faculdade de Educação Santa Terezinha (Fest) Imperatriz.

Será reservado percentual de vagas para pessoas com deficiência e para o sistema de cotas para minorias étnico-raciais. A comprovação da deficiência será feita mediante laudo médico, apresentado em original ou cópia autenticada.

No caso das cotas étnico-raciais, o candidato deverá assinar declaração específica de opção para participar da seleção por esse sistema (Anexo IV), e comparecer, quando convocado, à entrevista pessoal, munido de carteira de identidade original e comprovante de renda familiar, devendo este ser utilizado como facilitador para análise do pleito.

Após o preenchimento da ficha de inscrição, o candidato deverá anexar no sistema, no período de 8 a 31 de maio, documentos (declaração e histórico escolar) que comprovem sua efetiva matrícula e o cumprimento de pelo menos 50% da carga horária ou dos créditos do curso para a área de Informática e de 40% para as demais áreas, independente do período em que esteja matriculado.

ACESSE AQUI O EDITAL

Weverton Rocha ganha apoio do PEN para candidatura ao Senado

Encontro Regional do PEN na cidade de Imperatriz

O Partido Ecológico Nacional (PEN) realizou um grande evento regional na cidade de Imperatriz no último sábado. O encontro, que contou com a presença do presidente nacional do PEN, Adilson Barroso, foi realizado na Câmara de Vereadores.

Além de Adilson Barroso, estiveram presentes, o presidente estadual da legenda, Jota Pinto, os deputados Júnior Marreca (federal) e César Pires (estadual), a presidente do PEN Mulher, a vereadora de São Luís Concita Pinto, o suplente de deputado estadual, Sérgio Vieira, que assume o mandato no parlamento estadual nos próximos dias.

O encontro foi organizado pelo diretório do PEN em Imperatriz, através do presidente Lourival Lima e contou com a presença de políticos de outros partidos, como o deputado federal Weverton Rocha (PDT) e o secretário de Comunicação do Maranhão, Márcio Jerry (PCdoB). No encontro também foi dado posse ao presidente do PEN/Jovem de Imperatriz, o professor Éric, que foi prestigiado por centenas de jovens.

Na ocasião, o PEN confirmou que deve ter candidatura própria ao Senado, mas como serão duas vagas em disputa, o partido assegurou apoio ao deputado federal Weverton Rocha, que deve disputar a eleição pelo PDT.

“Agradeço o apoio que acabo de receber dos companheiros do PEN, deputado Cesar Pires, deputado Junior Marreca, presidente do partido Jota Pinto, vereadora Concita Pinto e Adilson Barroso, da Nacional, durante o Encontro Estadual do partido. Com diálogo franco e pensamento comum de trabalhar pelo Maranhão vamos construir juntos um projeto para 2018”, ressaltou Weverton.

Apesar do apoio ao deputado, o PEN ainda irá discutir o caminho da legenda para 2018 na questão da eleição majoritária.

O presidente estadual Jota Pinto, destacou a importância do encontro ter acontecido em Imperatriz, pois além de ser a segunda maior cidade do Maranhão, foi uma das cidades onde o PEN cresceu muito. Jota Pinto lembrou que tanto em São Luís como Imperatriz, o PEN conseguiu eleger dois vereadores.

O deputado federal Júnior Marreca fez questão de destacar o crescimento do partido nacionalmente, inclusive participando das discussões na Câmara Federal e salientou a importância dos encontros regionais para o fortalecimento do partido no estado.

Já o deputado estadual César Pires parabenizou a organização do evento e partido no Maranhão. O parlamentar lembrou que o PEN tem conseguido se destacar e além de ter representantes em boa parte das câmaras de vereadores, está representado na Assembleia Legislativa e Câmara Federal, algo que muitos partidos, até mais antigos, não conseguiram.

O presidente do diretório nacional Adilson Barroso destacou o crescimento do partido no Maranhão e no Brasil, enaltecendo o desempenho eleitoral do PEN no Maranhão. Barroso lembrou ainda a importância das eleições do ano que vem, para que seja superado o percentual da cláusula de barreira, caso seja aprovado na reforma política.

Do Blog do Jorge Aragão