Corregedoria redistribui comarcas do Estado em 11 polos judiciais

O Judiciário de 1º de Grau do Estado do Maranhão passa a ter 11 Polos Judiciais, para melhor distribuição e organização dos serviços administrativos pela Corregedoria Geral da Justiça (CGJ-MA). O corregedor-geral, desembargador Marcelo Carvalho Silva, atualizou as regras por meio do Provimento n.º 43/2018, que estabelece como novas sedes dos polos judiciais as comarcas de Bacabal; Balsas; Chapadinha; Imperatriz; Itapecuru-Mirim; Pinheiro; Barra do Corda; Santa Inês; São João dos Patos; Timon; e o termo judiciário de São Luís.

Para a nova divisão dos polos, o corregedor considerou a necessidade de direcionamento da atuação dos juízes auxiliares da CGJ, quanto à fiscalização, orientação e acompanhamento dos serviços judiciais e extrajudiciais nas comarcas do Estado.

A medida considerou ainda requerimentos de juízes de comarcas do interior, durante reuniões realizadas com os membros da Mesa Diretora do Poder Judiciário, quando relataram dificuldades em razão da distância entre as comarcas e as sedes dos polos aos quais pertenciam. “A mudança vai facilitar a organização dos serviços e diminuir a distância para o deslocamento dos magistrados e servidores quando precisarem comparecer à sede do polo”, explica o corregedor-geral da Justiça, desembargador Marcelo Carvalho Silva.

Para a juíza coordenadora de Planejamento Estratégico da CGJ, Kariny Reis, a mudança cria novos polos e redistribui as comarcas do Estado, buscando também facilitar a participação dos servidores e magistrados em eventos e reuniões realizadas nas sedes dos polos. “A nova disposição das comarcas em 11 polos atende a uma reivindicação dos juízes e objetiva facilitar a organização dos serviços e projetos da Corregedoria”, frisou.

As comarcas passam a integrar os seguintes polos:

I – Polo de Bacabal: Bacabal, Codó, Coroatá, Igarapé Grande, Lago da Pedra, Olho d’Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Luiz Gonzaga do Maranhão, São Mateus, Timbiras, Vitorino Freire;

II – Polo de Balsas: Balsas, Alto Parnaíba, Carolina, Loreto, Riachão, São Raimundo das Mangabeiras, Tasso Fragoso;

III – Polo de Chapadinha: Araioses, Brejo, Buriti, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Santa Quitéria, São Bernardo, Tutóia, Urbano Santos;

IV – Polo de Imperatriz: Açailândia, Amarante do Maranhão, Arame, Estreito, Grajaú, Imperatriz, Itinga do Maranhão, João Lisboa, Montes Altos, Porto Franco, São Pedro da Água Branca, Senador La Roque;

V – Polo de Itapecuru Mirim: Anajatuba, Arari, Barreirinhas, Cantanhede, Humberto de Campos, Icatu, Itapecuru Mirim, Morros, Rosário, Santa Rita, Vargem Grande;

VI – Polo de Pinheiro: Alcântara, Bacuri, Bequimão, Cândido Mendes, Carutapera, Cedral, Cururupu, Governador Nunes Freire, Guimarães, Maracaçumé, Mirinzal, Pinheiro, Santa Helena, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Turiaçu;

VII – Polo de Barra do Corda: Barra do Corda, Colinas, Dom Pedro, Esperantinópolis, Governador Eugênio Barros, Joselândia, Presidente Dutra, Santo Antônio dos Lopes, São Domingos do Maranhão, Sucupira do Norte, Tuntum;

VIII – Polo de Santa Inês: Bom Jardim, Buriticupu, Matinha, Monção, Olinda Nova do Maranhão, Penalva, Pindaré-Mirim, Pio XII, Santa Inês, Santa Luzia, Santa Luzia do Paruá, Viana, Vitória do Mearim, Zé Doca;

IX – Polo de São João dos Patos: Barão de Grajaú, Buriti Bravo, Mirador, Paraibano, Passagem Franca, Pastos Bons, São Domingos do Azeitão, São Francisco do Maranhão, São João dos Patos;

X – Polo de São Luís: Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar, São Luís;

XI – Polo de Timon: Caxias, Coelho Neto, Matões, Parnarama, Timon.

Passageira de motocicleta morre em acidente na BR 010 em Imperatriz

Fotos: PRF

Um grave acidente no fim da tarde desta segunda-feira (7), na localidade conhecida como Fazenda Chaparral, Km 273,5 da BR 010, que fica 13 quilômetros após a Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal na Lagoa Verde, sentido Itinga do Maranhão, deixou uma pessoa morta.

Uma motocicleta Honda/CG Fan 160 de cor preta, que seguia no sentido crescente da rodovia, saiu de pista e provocou a morte da passageira Andreia Campos Velista, 33 anos, natural de Açailândia/MA.

O condutor da motocicleta, um homem de 36 anos, natural de Imperatriz, que não teve o nome revelado ficou gravemente ferido e foi socorrido pelo SAMU. A equipe da PRF que atendeu a ocorrência aguarda alta do condutor para esclarecimento do motivo que ocasionou a saída de pista da motocicleta.

Duas maranhenses denunciam médium João de Deus ao MPMA

Médium João de Deus

Duas mulheres compareceram à sede das Promotorias de Justiça de Imperatriz para prestar depoimento em que dizem ter sido vítimas de abuso sexual cometido pelo médium João Teixeira de Farias, conhecido como João de Deus.

De acordo com o Ministério Público de Goiás, até terça-feira, 19, já tinham sido registradas 506 denúncias de mulheres que afirmam ter sido abusadas pelo líder espiritual de Abadiânia (GO), que foi preso no domingo, 16.

Diante da promotora de justiça Alline Matos Pires Ferreira, da 8ª Promotoria de Impertariz, a autônoma de 39 anos relatou um caso ocorrido em 1996, quando tinha 16 anos. Levada pelos pais até Abadiânia, na Casa Dom Inácio de Loyola, frequentou o local por cerca de dois meses, entre abril e junho desse ano, para fazer um tratamento contra depressão.

Nos primeiros dias do tratamento, a declarante auxiliava nos trabalhos da casa, segurando a bandeja dos instrumentais das cirurgias que eram realizadas com meditação.

Segundo seu depoimento, em junho de 1996, por volta das 17h30, o médium lhe comunicou que precisava atendê-la na sala reservada. Ao entrar sozinha no cômodo, João de Deus deu-lhe uma água com pétalas de rosas. Pelo que se recorda, perdeu os sentidos por algum tempo.

Quando despertou, percebeu que estava de joelhos entre as pernas de João de Deus e que ele estava com as vestes abaixadas. A declarante reparou, ainda, que estava com as roupas abertas.

Ela igualmente declarou que quando voltou a si ficou apavorada e com vontade de gritar. Imediatamente, João de Deus tentou acalmar a declarante, mas como viu que ela estava muito nervosa, a ameaçou dizendo que não adiantaria contar nada para ninguém e que se ela fosse embora, ao pegar o ônibus, o mesmo iria tombar.

Depois do episódio, a declarante afirmou que o quadro de depressão se agravou, levando-a a tentar o suicídio várias vezes. Somente depois de três anos, quando começou a frequentar um grupo religioso, ela teve alívio.

Outro caso

O outro depoimento envolve uma funcionária pública estadual de 56 anos. Para a titular da 3ª Promotoria de Imperatriz, Raquel Chaves Duarte Sales, ela relatou que foi molestada pelo médium quando tinha apenas 14 anos e morava na cidade de Tocantinópolis (TO).

A mãe dela era gerente de um hotel quando o médium hospedou-se no estabelecimento. Ao buscarem um atendimento espiritual com ele, a mãe, depois de atendida, teve que deixar a filha sozinha com ele no quarto.

Segundo a funcionária pública, nesse momento, ela passou a ser abusada por João de Deus, que lhe obrigou a tirar a roupa, alegando ser parte do tratamento para melhorar a energia dela, que estaria baixa.

Suspeito de assassinar prefeito de Davinópolis é preso em Grajaú

Prefeito Ivanildo Paiva (PRB), encontrado morto no último dia 11 de novembro
Prefeito Ivanildo Paiva (PRB), encontrado morto no último dia 11 de novembro

O Blog Minuto Barra foi informado pelo delegado Regional de Barra do Corda, Dr Renilto Ferreira, que a Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (11) em Grajaú, um dos suspeitos do assassinato do prefeito de Davinópolis, Ivanildo Paiva.

O político foi morto com seis tiros e o corpo deixado cerca de dois quilômetros do local da residência dele, em um povoado da cidade próximo a Imperatriz. As provas coletadas na fazenda da vítima estavam em análise e cinco testemunhas foram ouvidas.

O crime, que segundo a polícias foi de execução, ocorreu no último dia 11 de novembro e ainda não foi esclarecido.

A investigação aponta para a autoria de pelo menos um mandante e um executor e que estes estariam juntos no momento do crime. O prefeito teria sido amarrado ao ser retirado da fazenda, ato este praticado por mais de uma pessoa. Ainda segundo a polícia, a morte foi planejada e os autores estariam no local antecipadamente para traçarem o ponto da execução. O assassinato teria sido na área onde o corpo foi achado.

Hoje, exatamente um mês após o homicídio, a Polícia Civil prende um suspeito que ainda não teve o nome divulgado.

Operação “La Famiglia”: preso em Imperatriz vereador acusado de homicídios em MG

Marcos Felicíssimo Gonçalves, vereador preso em Imperatriz acusado de homicídio
Marcos Felicíssimo Gonçalves, vereador preso em Imperatriz acusado de homicídio

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) deflagrou ontem a operação “La Famiglia”, cujo objetivo é desarticular a atuação de uma organização criminosa – que atua na região leste de Minas Gerais há pelo menos 20 anos – composta por fazendeiros, empresários, políticos, policiais militares, policiais civis, agentes penitenciários e civis que praticam crimes diversos, tais como: extorsão; corrupção ativa e passiva; concussão e homicídios por recompensa.

Foram cumpridos 42 mandados de prisão e apreensão, 41 mandados de prisão preventiva em desfavor de 29 alvos em quatro Estados da Federação e um no exterior (EUA), isso com o apoio da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, Polícia Civil do Estado do Maranhão, Secretaria de Estado de Administração Prisional de Minas Gerais (SEAP), representação da INTERPOL em Minas Gerais, Agência de Imigração Americana (Immigration and Customs Enforcement- ICE), dos Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) dos Estados da Bahia, Ceará e Maranhão e Coordenadoria de Assuntos Estratégicos e Inteligência do Ministério Público do Maranhão.

Na operação, a Polícia Civil da cidade de Imperatriz efetuou a prisão preventiva de Marcos Felicíssimo Gonçalves, vereador eleito na cidade de Conselheiro Pena, em Minas Gerais, atualmente com o diploma cassado pela Justiça Eleitoral de MG.

Marcos foi encaminhado para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz de onde será recambiado para Minas nos próximos dias.

Nome da Operação

“Família” ou “Irmandade” é o nome pelo qual a organização criminosa é conhecida entre seus membros. A organização criminosa tem comportamento, estrutura e atuação similares a da máfia, que na região italiana da Sicília tinha sua unidade básica denominada de “La Famiglia”. Na Sicília, em sua origem, máfia se referia à união dos homens de confiança que estavam a serviço da nobreza e cuidavam da vigilância da terra e da exploração agrária.

O mafioso apresentava-se como um vingador que, para alcançar seus objetivos, estava disposto a recorrer à imposição da força, até com a prática de homicídios, para castigar os que se opunham interesses da máfia. A organização criminosa “Família” ora desmantelada, assim como a máfia, quando sofre lesão a bem jurídico tutelado pelo Estado costuma não procurar a justiça, nem se submete ao monopólio estatal para resolução dos conflitos, pois considera a imposição do assassinato como sua própria forma de justiça.

Não há um líder na organização criminosa “Família”, haja vista que a liderança é exercida por uma “Comissão” ou “Conselho Deliberativo” formado pelos membros mais poderosos que deliberam sobre os crimes violentos.

A organização criminosa “Família” se divide em grupos de: financiadores/mandantes – que integram o “Conselho Deliberativo”; agenciadores; executores; dos que apoiam com logística para a execução e fuga; dos que facilitam a evasão dos executores; dos que desviam o foco das investigações e as obstruem.

A corrupção e a violência são características fundamentais da organização criminosa “Família” para sua atuação delituosa. Essa organização criminosa ainda busca nas alianças políticas os meios que possam facilitar a atuação criminosa.

Os crimes de homicídio são deliberados pelo colegiado e as vítimas são os que se tornam “inconvenientes” para a irmandade ou para um de seus membros. A “inconveniência” pode decorrer de: desacertos comerciais; desavenças familiares; desavenças políticas; queima-de-arquivo; infidelidade conjugal; furtos de gado; furtos de armas da “Família” ou “Irmandade”; etc.

Para a execução dos crimes, todos os detalhes são tratados entre mandantes, agenciadores e executores, tais como: a data provável para a execução; a previsão de custo (inclusive como se daria o acerto em caso de erro na execução); o perfil dos executores; o local onde deve ocorrer a execução e por onde deve se dar a evasão.

O modus operandi para a execução dos homicídios, via de regra, é sempre mediante paga ou promessa de recompensa e com uso de recurso que torne difícil a defesa do ofendido, sendo comuns as emboscadas, sem prejuízo de outras circunstâncias que qualifiquem o assassinato.

Nos últimos seis anos os integrantes da organização criminosa, em seus diversos segmentos, passaram a ser assistidos, em quase todos os procedimentos administrativos ou judiciais, pelo mesmo escritório de advocacia situado na região leste de Minas Gerais.

Na presente operação são investigados 18 homicídios qualificados – ocorridos na comarca de Conselheiro Pena entre os anos de 2011 a 2014 – por ação da referida organização criminosa.

Adolescente é morto em unidade socioeducativa de Imperatriz

Foto Reprodução
Foto Reprodução

O Governo do Estado, por meio da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac), vinculada à Secretaria dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), informa que:

1. Houve um homicídio de adolescente, na manhã deste sábado (3), no Centro Socioeducativo da Região Tocantina, em Imperatriz. O adolescente foi encontrado pela manhã, vítima de corte por artefato improvisado. O socioeducando era recém-chegado na unidade. Dois adolescentes, que dividiam o alojamento com a vítima, já assumiram a autoria do ato.

2. A Funac está tomando as devidas providências: designou uma equipe da gestão para acompanhamento in loco das apurações e determinou a imediata abertura de processo de sindicância investigativa para a apuração interna dos fatos.

3. Também acionou o SAMU para o atendimento necessário; a Secretaria de Estado de Segurança Pública para apuração do caso; entrou em contato com a família do adolescente para prestar apoio e suporte ao funeral; e como atuação em rede, o Sistema de Justiça de Imperatriz também já foi informado do episódio.

4. A Fundação informa que a unidade operava dentro da capacidade prevista e recentemente foi realizada avaliação dos processos dos adolescentes pelo Sistema de Justiça para garantia da brevidade e excepcionalidade da medida de internação.

Eleição OAB-MA: Região Tocantina tem vice na chapa de Thiago Diaz

Foto Divulgação

O movimento “A Renovação Continua – A nova OAB que cresce”, que apoia a reeleição do atual presidente Thiago Diaz ao cargo majoritário da Seccional Maranhense da Ordem, ganhou mais força. Na noite da última terça-feira (2) em Imperatriz foi anunciado, durante para um grande número de advogados da região Tocantina, que o atual presidente da OAB Subseção Imperatriz, Heleno Mota, sairá como vice-presidente da OAB estadual no próximo pleito.

Irmanados pelo sentimento de continuação dos trabalhos de valorização, capacitação, fortalecimento e defesa das prerrogativas dos advogados maranhense é que o nome de Heleno Mota foi escolhido pelo grupo “A Renovação Continua” para compor a chapa como vice-presidente que disputará as eleições da OAB Maranhão para o triênio 2019/2021.

À frente da presidência da OAB Subseção Imperatriz, Heleno Mota, aderiu ao projeto de gestão compartilhada implantada por Thiago Diaz na Seccional, e realizou grandes feitos para a advocacia Tocantina em sua gestão muito por conta do trabalho abnegado desse jovem, mais respeitado advogado imperatrizense que muito contribuiu em sua gestão para o fortalecimento da classe.

Para o pré-candidato Thiago Diaz o nome de Heleno Mota reforça o sentimento de continuação dos trabalhos à frente da Ordem e o fortalecimento da advocacia do interior. “Após sermos a primeira gestão a ter um diretor do interior do Estado, seremos a primeira gestão a ter um vice-presidente do interior. Heleno Mota fez um grande trabalho em sua gestão da OAB Subseção Imperatriz, logo esse seria uma escolha natural para nos acompanhar nesse projeto de crescimento da OAB Maranhão”, disse.

Durante o evento, realizado no auditório do Aracati Office, um grupo de 150 advogados de Imperatriz aderiu ao Movimento “A Renovação Continua – a nova OAB que cresce”, e declarou apoio à reeleição do presidente Thiago Diaz.

O grupo A Renovação Continua tem conquistado a cada dia apoios importantes de diversos setores da advocacia maranhense que querem a continuação dos trabalhos iniciados em 2016 e que impactaram diretamente em benefícios à classe em todo o Maranhão.

Esse Movimento é fruto do reconhecimento de um trabalho iniciado em 2016 e que resultou em grandes ganhos para a advocacia maranhense como anuidade mais barata do Brasil, 50 Salas do Advogado em diversas comarcas, qualificação para todos, defesa intransigente da advocacia da classe. É um movimento com novas ideias para uma nova OAB que não quer para de crescer.

Vídeo: ‘barraco’ no comitê de Léo Cunha vira caso de polícia

Comitê do candidato a Deputado Estadual de Imperatriz que busca se reeleger com apoio de vereadores de Açailândia, em grupo comandado pelo Vereador Ceará e aliados, Léo Cunha, virou palco de guerra na noite desta quarta feira. Ocorre que hoje é feriado na cidade e a campanha encerra nesta sexta-feira (5).

Centenas de pessoas acreditaram nas propostas de R$ 500 pelos trintas dias para andar no sol, ficar em pé por horas na beira da estrada com bandeira e fazer palco para os candidatos, apoiados lelo ex-prefeito Deusdeteh, que não pôde ser candidato e declarou apoio.

Só que hoje queria dar apenas R$ 250, 00 ficou parecendo que o renomado Léo Cunha não tinha bagagem nem pra bancar a campanha, mesmo irmão do candidato a vice na chapa da ex governadora Roseana Sarney.

Ildon Marques, de quebra é atingido, e queira-se ou não, se desgastaram e ficaram meio que desmoralizados. Deu até Polícia.

Veja imagens acima publicadas pelo Blog do Maicon Sousa no Facebook.

Caminhão carregado de madeira tomba na BR 010 e carga mata motociclista

Garupa da moto foi atingido por pedaços de madeira e morreu na BR 010

A Polícia Rodoviária Federal atendeu uma ocorrência na noite desta terça-feira (18), no km 265,6 da BR-010, no município de Imperatriz, do tipo derramamento de carga (madeira), que vitimou fatalmente um homem identificado como José Alves Sobrinho, ocupante da motocicleta Honda/CG 125 Fan Es de placa NMS-5070. Outras três pessoas também se feriram no acidente.

Ocorre que o condutor de uma motocicleta parou sobre a pista para o garupa retirar um galho de mato caído na pista. O condutor de um caminhão VW/24.250 Cnc 6X2, do município de Itinga do Maranhão não conseguiu parar o veículo, a carga de madeira tombou e atingiu os dois ocupantes, além de outros dois, que estavam em outra moto (Honda/CG 150 Titan Ks)

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal de Imperatriz.

Após vazamento de óleo, helicóptero do CTA faz pouso forçado no Maranhão

Foto Reprodução
Foto Reprodução

Um helicóptero do CTA apresentou problemas neste domingo (16) e precisou realizar um pouso forçado no município de Governador Edison Lobão, no sudoeste do Maranhão.

A equipe encerrava uma operação policial na cidade de Imperatriz quando houve um vazamento de óleo, que em contato com o motor quente provocou uma nuvem de fumaça. Felizmente não houve nada grave e todos saíram ilesos. A aeronave permanece em um campo de futebol no povoado Bananal.