Lideranças políticas e comunitárias de 5 municípios declaram apoio a Gil Cutrim

Gil participou de evento na cidade de Bacabal onde políticos se filiaram ao PDT

A segunda etapa do projeto “Gil na Estrada”, cujo objetivo é conversar diretamente com a população e agentes da classe política para construir uma plataforma colaborativa de propostas que serão defendidas por Gil Cutrim em Brasília, na condição de deputado federal, teve início na cidade de Miranda do Norte e passou ainda por Matões do Norte e Cantanhede; sendo finalizada em Lago Verde e Bacabal.

Na primeira parada, o ex-prefeito de São José de Ribamar e ex-presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) foi recebido pelo vice-prefeito Joubert Sérgio (PSDB), com quem dialogou sobre a conjuntura política nacional e ações públicas direcionadas para o desenvolvimento da região do Médio Mearim.

Em Matões do Norte, o encontro aconteceu na Câmara Municipal e contou com as presenças dos vereadores Joaquim da Agricultura (presidente), Nilson Grande, Josué Muniz, Valdenê das Pedras, Sinhozinho e Waltinho das Coivaras.

Gil Cutrim recebeu o apoio do grupo político liderado pelo prefeito Padre Domingos Costa (PSB).

Trata-se de um político jovem, arrojado e que defende o fortalecimento do municipalismo. Nosso grupo político enxerga no Gil uma representatividade importante que teremos em Brasília”, afirmou Padre Domingos.

Dezenas de professores se reuniram na sede do Sindicato dos Trabalhadores, em Cantanhede, para receber Gil Cutrim.

O encontro foi marcado por discursos emocionados de apoio ao pré-candidato. “Eu tenho absoluta certeza que a classe de professores de Cantanhede vai te apoiar, vai te ajudar, porque a sua vitória é nossa também”, disse a professora Maria do Carmo.

A convite do prefeito Francisco Clidenor (PPS), de Lago Verde, Gil participou de inaugurações de novas obras na cidade e destacou o trabalho realizado pelo governo municipal. “Neste momento, contam-se os municípios que estão entregando novas obras e, mais raro ainda, os que fazem mais de cinco entregas em um só dia. Isso demonstra o compromisso que o prefeito tem com a população”, avaliou o pré-candidato.

Em Bacabal, o evento foi realizado no Hotel Santa Maria, onde Gil Cutrim se reuniu com militantes do PDT e várias lideranças políticas e comunitárias se filiaram ao partido.

Para o suplente de vereador, Nego Lindo, Gil é um dos melhores nomes à Câmara Federal pelo Maranhão. “Precisamos de gente igual a você, Gil Cutrim, comprometido com o povo do Maranhão”, declarou.

Gil Cutrim participa de encontros na região do Munim, Lençóis e Baixo Parnaíba

Gil Cutrim este em 12 municípios das regiões do Munim, Lençóis e Baixo Parnaíba
Gil Cutrim este em 12 municípios das regiões do Munim, Lençóis e Baixo Parnaíba

Gil Cutrim (PDT) – pré-candidato a deputado federal e ex-prefeito de São José de Ribamar – participou, no último fim de semana, de encontros em 12 municípios das regiões do Munim, Lençóis e Baixo Parnaíba.

A caravana — chamada de “Gil na Estrada” e que tem como objetivo dialogar com todos os segmentos da sociedade e construir novos projetos para o desenvolvimento do Maranhão – percorreu mais de mil quilômetros, em três dias, e confirmou o prestígio que o ex-presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) detém perante a classe política e demais agentes da municipalidade.

A primeira parada aconteceu em Rosário, onde Gil se reuniu com os vereadores Jonas Magno, Rachid Sauaia, Ancelmo Bruno e Pedrosa Necó; além de lideranças políticas e comunitárias.

Em seguida, o pré-candidato seguiu para a cidade de Presidente Juscelino, onde foi recepcionado pelo ex-prefeito Darcy e pelo vereador Ossan.

Em Cachoeira Grande, Gil dialogou com o ex-vereador Allyson e lideranças da cidade.

A presidente da Câmara Municipal de Icatu, vereadora Madalena Melo, e seu marido, Roberto Catulé, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, receberam o pré-candidato em sua residência.

No município de Morros, Gil participou de um encontrou que reuniu mais de 400 pessoas.

Para a ex-vereadora Amanda Muniz, Gil Cutrim é um político diferente de todos os outros que ela já conheceu.

Ele fala a língua do povo, é popular, carismático, além de já ter demonstrado que entende de administração pública, tendo comandado muito bem uma das maiores cidades do estado no ápice da crise econômica e financeira. Gil me representa”, disse.

Em Barreirinhas, Gil foi recebido pelos vereadores Wilson Via Box e Evanir, empresários e líderes comunitárias.

Nos municípios de Paulino Neves e Tutóia, promoveu reuniões com os vereadores Aldecks e Raimundo da Sintraf, respectivamente.

Já em São Bernardo, o pedetista foi calorosamente recebido pelo ex-prefeito Coreolano e seu filho, Emanuel, pelo ex vice-prefeito José Raimundo, e pelo ex-presidente da Câmara Municipal, Domingos Padeiro.

Gil Cutrim também se reuniu com o ex-prefeito Manin Leal, de Santa Quitéria, e com o prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar; tendo sido recepcionado pelos vereadores Irantan, Raimundo Velho e Júnior, do município de Nina Rodrigues.

Gil Cutrim classificou a primeira etapa da caravana como extremamente proveitosa, principalmente devido as centenas de manifestações de apoio e carinho que foram dadas ao projeto que, de acordo com ele, está sendo construído por todos os maranhenses.

Estamos iniciando um novo ciclo, um novo desafio, e com garra e determinação venceremos novamente. Eu amo meu estado, minha gente, e estou colocando meu nome como pré-candidato a deputado federal por entender que muito posso fazer pelos maranhenses”, disse o ex-prefeito.

Gil Cutrim diz não ter sido citado formalmente sobre Ação Civil Pública

Ex-prefeito Gil Cutrim

O ex-prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim, através da sua Assessoria Jurídica, presta, abaixo, os esclarecimentos necessários acerca de informação divulgada pela 1ª Promotoria de Justiça de São José de Ribamar nesta sexta-feira (9).

Até o momento, o ex-prefeito não foi citado formalmente sobre Ação Civil Pública elaborada pela promotora Elisabeth Albuquerque de Sousa Mendonça.

Assim que o for, provará na Justiça, mais uma vez, que as informações que constam na peça são falsas.

A Ação Civil Pública originou-se do Inquérito Civil nº 007/2015, que apura a evolução patrimonial do ex-gestor.

Porém, causa estranheza ao ex-prefeito o fato de que o Inquérito ainda não foi concluído, tendo em vista que dia 05 de março de 2018 ele recebeu oficio do Ministério Público solicitando informações para a conclusão do mesmo; de maneira que ainda existe prazo para resposta, o que comprova que o procedimento não foi concluído. Ou seja, ainda não existe conclusão acerca das supostas irregularidades.

No entanto, causa mais uma vez estranheza o fato de que, hoje, dia 09 de março de 2018, foi divulgado na mídia detalhes a respeito do procedimento, revelando dados até então tido como sigilosos, fato este dito pela promotora em vários momentos, pois até mesmo o requerido, para ter acesso as informações, teve que requisitar por escrito, fato este não respeitado pela mesma quando resolveu por bem divulgar na mídia desrespeitando vários princípios constitucionais que protegem a inviolabilidade das informações e a individualidade do cidadão, bem como expondo a família do requerido.

Cabe destacar que a promotora utilizou-se de informações desprovidas de provas e fornecidas por inimigo politico declarado do ex-prefeito; mesmo ele tendo comparecido perante o MP e respondido todos os questionamentos apontados, agora, como verdades reais.

Chama a atenção o tempo dispensado pela promotora às falsas informações prestadas pelo ex-vereador que, ora, tenta atingir o ex-prefeito.

Enquanto uma Ação Civil contra Gil Cutrim é formulada em tempo recorde, denúncias contra agentes políticos ligados a este sujeito e que comandam a cidade dormem em uma gaveta.

O ex-prefeito lamenta profundamente o fato de estar sendo vítima de uma tentativa de linchamento moral, orquestrada por um grupo político que lhe faz oposição e que atinge também seus familiares.

Gil Cutrim ratifica sua tranquilidade e confiança na retidão que pavimentaram seus passos durante os seis anos nos quais geriu a prefeitura de São José de Ribamar.

E mantém a confiança de que, mais uma vez, a Justiça prevalecerá.

São José de Ribamar, 09 de março de 2018.

Gil Cutrim
Ex-Prefeito

Ex-prefeito Gil Cutrim esclarece sobre Ação Civil do Ministério Público

Gil Cutrim

O ex-prefeito do Município de São José de Ribamar, Gil Cutrim, se manifestou através de nota, sobre a Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Maranhão contra empresários e agentes públicos envolvidos em irregularidades na contratação da Odebrecht Ambiental – Maranhão S.A. pelos municípios de São José de Ribamar e Paço do Lumiar para a exploração do serviço de abastecimento de água potável e esgoto sanitário. Um dos acionados foi o ex-gestor. (Reveja)

Abaixo anota encaminhada ao Blog por Gil Cutrim.

Acerca de notícia divulgada pelo Ministério Público do Maranhão na última terça-feira (6), tendo como foco contratação de empresa para gerir os sistemas de abastecimento de água e esgoto de São José de Ribamar e Paço do Lumiar, presto os seguintes esclarecimentos.

1) O processo licitatório para contratação de empresa para tal fim foi realizado obedecendo todos os trâmites legais e princípios de publicidade.

2) A proposta de contratação foi amplamente discutida com as populações, através de audiências públicas.

3) Até o momento, não fui citado pela Justiça sobre a Ação Civil Pública mencionada.

4) E assim que o for, me manifestarei formalmente objetivando dirimir qualquer tipo de interpretação equivocada, fazendo com que a verdade prevaleça.

São José de Ribamar, 07 de fevereiro de 2018.

Gil Cutrim
Ex-prefeito do Município de São José de Ribamar

Gil Cutrim esclarece sobre Ação do MP e nega ter sido notificado

Ex-prefeito Gil Cutrim

O ex-prefeito do município de São José de Ribamar, Gil Cutrim, presta, abaixo, esclarecimentos necessários acerca de informações divulgadas pelo Ministério Público Estadual, nesta segunda-feira (18), e que o relacionam em suposto ato de improbidade administrativa:

1) O ex-prefeito ainda não recebeu nenhuma notificação oficial sobre a ação civil pública proposta pelo Ministério Público;

2) A contratação da referida cooperativa, citada na ação, está sendo devidamente analisada pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), órgão técnico responsável pela análise da legalidade do ato, tendo o ex-prefeito já apresentado perante à Corte de Contas os esclarecimentos devidos;

3) A licitação que resultou na contratação da referida cooperativa, é importante destacar, foi realizada atendendo a todos os requisitos estabelecidos em Lei;

4) O ex-prefeito Gil Cutrim, a exemplo do que ocorreu durante os seis anos da sua gestão, continua à disposição para prestar os esclarecimentos devidos;

São José de Ribamar, 18 de dezembro de 2017.

Gil Cutrim
Ex-prefeito de São José de Ribamar

Gil Cutrim e mais 12 ex-secretários na lista negra do MP

Gil Cutrim

A 1ª Promotoria de Justiça de São José de Ribamar ingressou com uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra o ex-prefeito Gilliano Fred Nascimento Cutrim e outras 13 pessoas por conta de irregularidades no contrato firmado entre a Prefeitura e a Cooperativa Maranhense de Trabalho e Prestação de Serviços (Coopmar).

Além do ex-prefeito e da empresa, figuram na ação o presidente da Coopmar, João Batista Medeiros Muniz, e os ex-secretários municipais Raul Vitor Neves Menezes (Planejamento, Administração e Finanças), Gilvan Fernandes Oliveira (Planejamento, Administração e Finanças), Maria do Socorro Araújo (Turismo, Lazer e Cultura), Fredson Cutrim Froz (Obras, Serviços, Habitação e Serviços Públicos) e André Franklin Duailibe da Costa (Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social).

Também foram acionados os ex-secretários Iratan Barbosa dos Santos ( Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social), Aurino da Rocha Luz (Educação), Edson Pedro de Sousa Calixto (Meio Ambiente), Sônia Maria Silva Menezes (Agricultura, Pesca e Abastecimento), José Isaac Costa Buarque de Holanda (Agricultura, Pesca e Abastecimento, que atualmente exerce o mesmo cargo), Rodrigo Ericeira Valente da Silva (Saúde) e Pedro Oscar de Melo Pereira (Governo).

São José de Ribamar foi um dos municípios envolvidos na “Operação Coopmar”, deflagrada pelo Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). As investigações verificaram que o endereço da Cooperativa era falso, além de obter farta documentação referente à montagem de processos licitatórios em centenas de municípios. Somente em São José de Ribamar, o total de recursos movimentado foi de R$ 15.774.269,82.

Em São José de Ribamar, o esquema atuou principalmente com recursos direcionados à educação. A Controladoria Geral da União (CGU) apontou que a Prefeitura teria contratado 300 auxiliares de serviços gerais, que se somaram aos 219 auxiliares operacionais de serviços diversos já existentes. Com isso, criou-se uma média superior a cinco desses profissionais em cada uma das 102 escolas de São José de Ribamar.

Verificou-se, também, uma série de irregularidades no Pregão Presencial n° 59/2013, como a falta de portaria que designasse os secretários municipais como ordenadores de despesas, além de não atender a diversas exigências da Lei de Licitações (8.666/93).

Para a promotora de justiça Elizabeth Albuquerque de Souza Mendonça, “restou evidente que o projeto de ‘terceirização’ para fornecimento de mão de obra correspondia a um artifício utilizado pelo município de São José de Ribamar para burlar a regra da obrigatoriedade do concurso público. O Pregão Presencial n° 059/2013 não passou de engodo tendente a mascarar a contratação superfaturada da Coopmar, sem qualquer observância dos princípios que regem a administração pública”.

Na ação, o Ministério Público do Maranhão requer que a Justiça determine, em medida liminar, a indisponibilidade dos bens de todos os envolvidos até o limite de R$ 15 milhões. Também foi pedida a determinação de pagamento por danos morais coletivos, a ser revertida ao Fundo Estadual de Proteção dos Direitos Difusos.

Se condenados por improbidade administrativa, os envolvidos estarão sujeitos à perda da função pública, pagamento de multa, ressarcimento dos danos causados aos cofres públicos, além de perda dos direitos políticos e proibição de contratar ou receber benefícios do Poder Público, mesmo que por meio de empresa da qual sejam sócios majoritários.

Weverton Rocha participa de encontro com lideranças políticas em Nova Olinda

Weverton Rocha em reunião política na cidade de Nova Olinda
Weverton Rocha em reunião política na cidade de Nova Olinda

O ex-prefeito Delmar Sobrinho abriu sua residência para receber, o deputado Weverton Rocha em uma reunião política na cidade de Nova Olinda. Na ocasião Delmar, apresentou os candidatos que apoiará no Maranhão em 2018, tendo Flavio Dino como Governador, Weverton Rocha ao Senado, Gil Cutrim para deputado federal e ainda Raimundo Cutrim para estadual.

Uma grande festa popular que reuniu centenas de pessoas. Estiveram presentes ainda o Prefeito de Santa Luzia do Paruá, Plácido Holanda, vereadores, ex-vereadores e dezenas de lideranças. “Temos buscado construir junto com os companheiros e a população um projeto coletivo para 2018, esse foi mais um importante passo, para levarmos a Nova Olinda e região mais avanços e políticas públicas”, destacou Weverton.

Prefeitura de Ribamar é incluída no Cadin por ‘reles’ dívida da gestão de Gil

Gil Cutrim, ex-prefeito e Luis Fernando Silva

O prefeito Luís Fernando Silva, continua “se virando nos trinta” para concretizar a sua sonhada missão de reconstruir São José de Ribamar. O mais recente entrave, a que O Informante teve acesso, foi uma dívida relativamente pequena, porém extremamente prejudicial, que teve como conseqüência a inclusão da prefeitura ribamarense no temido Cadin (Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público).

Trata-se de uma dívida com a empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, no mísero valor de R$ 7.917,73, referente a serviços de postagens relativos aos meses de agosto, setembro e outubro, de 2016.

Após análise administrativa do processo, o débito foi classificado como Despesa de Exercícios Anteriores, e, para evitar maiores danos ao município, a dívida foi paga pela atual gestão.

Com a permanência no Cadin, a Prefeitura de Ribamar não poderia, por exemplo, celebrar o suado convênio que conseguiu com o Governo do Estado para a realização do Carnaval de 2017.

Com os débitos quitados, porém, o município sai da lista do Cadin e volta a ficar limpo. Bom para a terceira maior cidade do Maranhão.

Fonte: O Informante

Obras e ações expandiram e melhoraram sistema educacional de Ribamar

Prefeito Gil Cutrim construiu várias novas unidades escolares
Prefeito Gil Cutrim construiu várias novas unidades escolares

O sistema educacional do município de São José de Ribamar, nestes seis anos (2011/16), cresceu e melhorou consideravelmente devido aos investimentos eficazes feitos pela gestão do prefeito Gil Cutrim (PDT) e que fizeram, por exemplo, que dezenas de escolas superassem as metas nacional e estadual estabelecidas no Índice de Desenvolvimento da Educação (Ideb).

Foram construídas várias novas unidades de ensino, dentre elas as Escolas Municipais do Miritiua, Raimundo Rocha Leal Júnior, Alto do Turu, Liceu Ribamarense II (esta, funciona em tempo integral), Residencial Olímpico, Acto Juvêncio e as Creches Municipais do Turiúba, Nova Aurora e Novo Miritiua, por exemplo.

Quarenta e quatro outras unidades foram totalmente revitalizadas e 16 receberam serviços de reforma, ampliação e climatização. As Bibliotecas Municipais José Sarney (sede) e das Vilas tiveram suas estruturadas recuperadas, foram climatizadas, receberam computadores interligados à internet e os acervos ampliados.

Até 2010, apenas uma Escola Municipal (o Liceu I, situado na sede da cidade) possuía laboratório de informática. Através do programa Acesso Amigo, implantado por Gil Cutrim, 30 instituição públicas de ensino de São José de Ribamar possuem, hoje, laboratórios de informática, que estão contribuindo significativamente na formação dos estudantes.

A expansão da rede física proporcionou, além da melhora na qualidade de ensino, aumento da oferta de vagas em sala de aula. Atualmente, 22.967 alunos estão matriculados na rede de ensino da cidade, número, este, 29,82% maior em relação ao quantitativo computado em 2010.

A prefeitura otimizou o serviço de transporte escolar, inserindo no sistema novos ônibus. Os estudantes recebem, gratuitamente, fardamento escolar (dois blusões, duas calças, mochila e tênis) e material didático. A merenda servida nas unidades de ensino continua sendo de qualidade e é preparada utilizando produtos adquiridos pelo município junto aos pequenos agricultores e criadores, através do programa de aquisição de alimentos.

Professores valorizados – Os profissionais do magistério foram valorizados pela administração municipal. De 2011 a 2015, cinco reajustes salariais foram concedidos à categoria. Juntos, somam 68% de ganhos salariais. Este ano, é importante destacar, foram concedidos outros dois reajustes (de 13,01% e 11,36%) retroativos a 2015.

Ideb – As escolas municipais Liceu Ribamarense I e Liceu Ribamarense II continuam sendo destaque no Maranhão e Brasil no quesito educação pública de qualidade.

As instituições públicas de ensino em tempo integral, de acordo com o resultado do último Ideb, superaram as metas nacional (4,6 pontos), estadual (4,3) e da rede privada (6,1) estabelecidas pelo Ministério da Educação. O Liceu I alcançou 7,6 pontos. Já o Liceu II, localizado no Parque Jair, pontuou em 6,2.

Outras vinte escolas da rede municipal de ensino de São José de Ribamar superaram a meta nacional, situação que mostra, verdadeiramente, que o ensino público na cidade continua sendo valorizado e recebendo investimentos concretos por parte da administração municipal.

Gil Cutrim agradece população e garante que continuará trabalhando por Ribamar

O prefeito Gil Cutrim (PDT), em mensagem de fim de ano gravada esta semana, agradeceu o apoio do povo do município e garantiu que, mesmo não mais exercendo o cargo de gestor, a partir do dia 1º, continuará trabalhando por São José de Ribamar.

Cutrim afirmou que, apesar de todas as adversidades e da constante queda de recursos, em seis anos (2011/16) conseguiu executar mais de 500 obras e ações em todos os setores; além de ter capacitado e valorizado os servidores públicos.