Santa Luzia é sitiada e mais de 15 bandidos assaltam banco e fazem reféns

A agência do BB ficou destruída com disparos e explosões
A agência do BB ficou destruída com disparos e explosões

A cidade de Santa Luzia do Tide acaba de viver momentos de terror. Durante uma ação criminosa que durou cerca de 40 min, na noite desta quarta-feira (6), mais de 15 homens fortemente armados, em várias caminhonetes fizeram reféns em um bar e em seguida se dirigiram até a agência do Banco do Brasil efetuaram vários disparos e explosões.

Segundo informações de policiais militares do município o bando fechou a BR 222 com duas carretas. Após o assalto ao BB, bandidos deixaram a cidade levando alguns reféns.

De acordo com a PM que solicitou apoio de Buriticupu e cidades vizinhas saídas próximas estariam cercadas no intuito de interceptar a quadrilha.

Após a fuga a população amedrontada ainda com os inúmeros tiros disparados foi até a agência bancária para ver de perto os estragos.

Muitos moradores em frente a agência roubada
Muitos moradores em frente a agência roubada
Dentro do banco muitos curiosos...
Dentro do banco muitos curiosos…
Momento do tumulto diante do assalto...
Momento do tumulto diante do assalto…

NOVA OLINDA: Terminal eletrônico do Banco do Brasil é explodido por quadrilha

SITUAÇÃO QUE FICOU AGÊNCIA
Situação que ficou a agência…

Cerca de seis homens armados em motocicletas explodiram o caixa eletrônico do Banco do Brasil que funcionava na dependência do terminal rodoviário de Nova Olinda do Maranhão. A ação criminosa ocorreu na madrugada deste domingo (6), por volta das 03h.

Os criminosos usaram dinamites para explodir o caixa. Na ação, o bando ainda rendeu dois guardas municipais que estavam de serviço no terminal.

A Polícia Militar realizou diligências na tentativa de capturar o bando, mas até o momento ninguém foi preso. Ainda não se sabe a quantia levada pelos criminosos.

Delegado de Colinas alerta saqueadores a devolverem dinheiro de banco explodido

Explosão e assalto em Colinas
Explosão e assalto em Colinas

Depois do assalto que aterrorizou a população de Colinas na noite da última segunda-feira (13), que culminou na morte de uma jovem com um tiro na cabeça, o Delegado de Polícia Civil da cidade Paulo Arthur fez um alerta e disse a uma equipe de TV local que as pessoas que aproveitaram a explosão da agência do Banco do Brasil para saquear o local e levar algumas cédulas que ficaram espalhadas pelo chão poderão acabar sendo presas se não devolverem o dinheiro.

Segundo o PC, algumas cápsulas estariam também em poder da população. Paulo Artur faz um apelo aos moradores e diz que, quem não entregar as cápsulas de armas e o dinheiro saqueado da agência de Colinas responderá na Justiça pelo crime de furto qualificado. E informou ainda que a polícia já está com alguns nomes e imagens de câmeras que ajudarão na identificação dos saqueadores.

Veja nas imagens:

Mais um banco é explodido em Paraibano em apenas uma semana

Banco do Brasil explodido em Paraibano
Banco do Brasil explodido em Paraibano

Mais uma agência bancária foi alvo de bandidos na cidade de Paraibano. Quatro homens armados que estavam em duas motocicletas explodiram os caixas eletrônicos do Banco do Brasil durante a madrugada desta terça-feira (26). Esta é a 12ª agência bancária roubada ou explodida só este ano.

Agência parcialmente destruída
Agência parcialmente destruída

Com a explosão, as dependência do banco ficaram parcialmente destruída e todo o teto desabou.

Também na madrugada do último dia 19, um bando armado invadiu e arrombou a agência do Bradesco roubando o dinheiro que havia no local. Em nenhum dos dois assaltos, a quantia foi divulgada. E até o momento nenhum suspeito foi preso.

TV de Grajaú exibe imagens exclusivas do assalto ao Banco do Brasil; veja!

Mais um Banco do Brasil explodido por marginais
Mais um Banco do Brasil explodido por marginais

O programa Repórter Grajaú exibido pelo canal 13, exibiu nesta terça-feira (12) imagens exclusivas do assalto cinematográfico ocorrido na madrugada de hoje na cidade.

Moradores ficaram em pânico com os diversos disparos efetuados. Mais de dez homens participaram da ação deixando reféns em desespero na mira de armas pesadas.

Veja a reportagem completa:

TERROR E DESTRUIÇÃO: quadrilha fecha Grajaú, usa reféns e explode banco

A agência ficou destruída com as explosões
A agência ficou destruída com as explosões

Moradores de Grajaú viveram momentos de pânico na primeira hora da madrugada desta terça-feira (12). Duas caminhonetes cheia de bandidos armados passaram em um restaurante e levaram boa parte das pessoas que estavam no local como reféns e em seguida foram até a agência do banco do Brasil. Na ponte da cidade, o bando usou um caminhão de limpeza pública e um reboque para fechar a BR. Ninguém passava, pois a outra caminhonete ficou na ponte enquanto os demais assaltavam o banco.

Cerca de quatro estouros de bombas dinamites foram ouvidos em todo o centro da cidade de Grajaú. Os bandidos quebraram de marreta a porta do banco e todos os compartimentos de vidros dentro da agência ficaram estilhaçados. O bando usou as dinamite para estourar o cofre. As explosões foram tão fortes que a parede a agência arrebentou por fora.

Depois de roubarem o banco, os assaltantes saíram atirando nas ruas da cidade acordando a população que ficou apavorada. Na ponte, eles se juntaram aos comparsas do outro veículo e seguiram com as duas caminhonetes cheias de reféns, nas carrocerias e pendurados nas portas dos carros. Chocados eles gritavam “SOMOS REFÉNS”.

Mesmo com todo o estardalhaço ninguém foi ferido e os reféns foram liberados. Uma das caminhonetes foi abandonada na entrada de Amarante. Os bandidos fugiram e a quantia roubada não foi revelada.

Este foi o sexto estabelecimento bancário explodido este ano de 2016.

Mais um Banco do Brasil explodido por marginais
Mais um Banco do Brasil explodido por marginais
Documentos e materiais destruídos no Banco do Brasil
Documentos e materiais destruídos no Banco do Brasil

AGORA DANOU-SE: bandidos passam a arrombar caixas eletrônicos na capital…

Caixa do Banco do Brasil de dentro do Mateus foi arrombado
Caixa do Banco do Brasil de dentro do Mateus foi arrombado

Não bastasse as ações criminosas de bandidos explodindo caixas eletrônicos de agências bancárias pelo interior do Maranhão, agora os assaltantes resolveram atacar na Região Metropolitana de São Luís.

Na madrugada desta segunda-feira (11) meliantes invadiram o Supermercado Mateus localizado no bairro Cohab renderam, amarraram e agrediram o vigilante que estava sozinho e em seguida arrombaram o caixa eletrônico do Banco do Brasil, deixando-o destruído.

O valor roubado pelo bando não foi divulgado. Até o momento nenhum suspeito foi preso.

O caixa foi interditado
O caixa foi interditado

Quarta agência bancária do Maranhão é explodida em menos de uma semana

Banco do Brasil explodido em Bacuri
Banco do Brasil explodido em Bacuri

Na madrugada desta sexta-feira (8), mais uma agência bancária no interior do Maranhão foi explodida por uma quadrilha de assaltantes. Hoje, o alvo foi o Banco do Brasil da cidade de Bacuri, distante à 485 Km de São Luís.

Bandidos armados, usando dinamites, explodiram a agência por volta das 4hs e em seguida fugiram levando uma quantia ainda não estimada pelo banco.Eles ainda chegaram a render vigilantes de um supermercado, mas logo os liberaram.

Policiais Militares realizam diligências na localidades e regiões próximas a fim de localizar os meliantes. Mas, até o momento, ninguém do bando foi preso.

Esta é a quarta agência explodida em menos de uma semana no Maranhão no início deste ano. A primeira foi o Banco Bradesco da cidade de Alto Alegre do Pindaré, durante a madrugada da última terça-feira (5). Um dia depois, cerca de 15 homens fortemente armados roubaram duas agências: Bradesco e Banco do Brasil em Igarapé Grande.

A agência foi parcialmente destruída
A agência foi parcialmente destruída
Os vidros e os caixas foram explodidos
Os vidros e os caixas foram explodidos

PÂNICO EM SÃO MATEUS: bando rouba dois bancos e atira em refém

Bradesco e Banco do Brasil foram alvos dos meliantes
Bradesco e Banco do Brasil foram alvos dos meliantes

Mais uma madrugada de terror no interior do Estado. Por volta das 2h40min deste domingo (20), a Polícia Militar de São Mateus foi acionada depois de receber informações do Sistema de Monitoramento Eletrônico de que bandidos armados arrombavam a agência do Banco do Brasil da cidade.

Os assaltantes que estavam numa Frontier preta deixaram moradores assustados e efetuaram vários disparos. Duas pessoas foram mantidas reféns: Ricleyson Nina e Silva e Antonio Rubens da Silva, este último foi atingido com um tiro no ombro direito, mas não corre risco de morte.

Eles atiraram nas portas do Banco do Brasil e também do Bradesco. No BB, bandidos explodiram o cofre levando todo o dinheiro. Da agência do Bradesco, também alvo do bando, foi roubado o colete do vigilante.

Até o momento a Polícia Militar ainda não prendeu nenhum suspeito de participar dos roubos.

Duas agências foram roubadas em São Mateus
Duas agências foram roubadas em São Mateus

Bandidos roubam Banco do Brasil de Buriticupu e deixam cidade em pânico

Agência do BB foi roubada na madrugada de hoje (11)
Agência do BB foi roubada na madrugada de hoje (11)

Mais um assalto a agência bancária foi registrado no Maranhão. Doze homens fortemente armados com fuzis, invadiram o Banco do Brasil da cidade de Buriticupu, durante a madrugada desta sexta-feira (11).

O bando estava num veículo L 200 e rendeu pessoas que estavam próximas ao local depois de disparem várias vezes para o alto assustando moradores.

Os disparos também destruíram as portas de vidro da frente da agência. Com reféns na mira, os assaltantes roubaram todo dinheiro do banco depois de explodirem os caixas. As vítimas que estavam em poder dos bandidos só foram liberadas minutos depois, na saída de Buriticupu.

A polícia não conseguiu se aproximar dos meliantes por conta de um grupo de moradores que foi obrigado a formar um “escudo humano” em frente ao banco para dar fuga aos bandidos.

Até o momento não foi divulgado o valor roubado do banco. A Polícia Militar realizou diligências na região mas ninguém foi preso.