Chuva forte faz BR 222 romper e cidades do Maranhão podem ficar isoladas

Rompimento na BR 222. Foto Reprodução : PRF

As chuvas fortes que vêm caindo desde a última sexta-feira (18), em praticamente todo o Estado do Maranhão, estão causando sérios transtornos e algumas cidades podem acabar isoladas. Parte da BR-222, no povoado Bubasa, entre Miranda do Norte e Arari, cedeu e uma grande cratera se formou às margens da rodovia.

Com o grande volume de água que passa por baixo do asfalto, as manilhas de escoamento não estão suportando e uma grande cratera se formou. Como existe o risco do asfaltamento romper completamente, o acesso às  duas cidades ficou prejudicado e motoristas estão tendo que fazer um desvio pela BR-316, passando por Bacabal.

O deslocamento entre São Luís e Santa Inês pela BR, portanto, seria por Miranda do Norte, São Mateus do Maranhão, (povoado) Caxuxa, Bacabal, Pio XII e Santa Inês.

Outro caminho possível é pelo Ferry Boat. Desembarcando no Cujupe, passando por São João Batista, Viana, Vitória do Mearim, Santa Inês.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estiveram no local sinalizando e advertindo os motoristas de veículos de carga a evitarem o trecho. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) encaminhou uma empresa para o local a fim de avaliar a situação. De acordo com os engenheiros que estiveram no povoado Bubasa, os serviços de recuperação só poderão ser iniciados quando parar de chover.

O volume de chuvas no Maranhão estão bem acima do volume verificado no ano anterior, o que pode acelerar a erosão do asfalto em alguns trechos, além de aumentar a quantidade de buracos na pista em determinadas regiões.

Com informações do G1 MA

Em novo tempo, SAAE promove melhorias em povoado de Bacabal

SAAE realizou a troca da bomba do poço artesiano do povoado Alto Alegre do Arcelino

O Serviço Autônomo de Águas e Esgoto de Bacabal (SAAE) de Bacabal vive um novo tempo. A ordem foi implantada na autarquia municipal, e o respeito com aquilo que é essencial pra a comunidade tem sido o combustível motivacional para o excelente trabalho que vem sendo realizado pelo diretor do SAAE Ramon Braga.

Na manhã deste sábado (18), após receber denúncias de moradores do povoado Alto Alegre do Arcelino, intermediadas pelo vereador Alex Abreu, sobre a à problemática de falta d’água no povoado, o SAAE realizou a troca da bomba do poço artesiano que é responsável pelo abastecimento de água na comunidade (por uma nova).

Na oportunidade estiveram presentes, além do vereador licenciado que atualmente responde pela Secretaria de Finanças Alex Abreu, o diretor do SAAE Ramon Braga, vereadores Regilda Santos, Jéferson Santos e Irmão Leal e o ex-vereador Bebeto, atual chefe do setor responsável pelas ações operacionais do SAAE.

Novo serviço

Após o período de carnaval, o SAAE lançará um serviço inédito na autarquia; DISK SAAE – 0800. Isso mesmo, através de um número de telefone que será disponibilizado o usuário do SAAE poderá ligar gratuitamente para fazer denúncias sobre problemas de falta d’gua.

“A ideia é agilizar os atendimentos externos feito para a população. Com o 0800 em menos de 24h o problema certamente será solucionado. Isso é a otimização e modernização de uma autarquia que nunca recebeu investimentos em si”, enfatizou cheio de entusiasmo o diretor Ramon Braga.

Em Bacabal, o grupo da discórdia vai entrar em conflito

Senador João Alberto e Roberto Costa

Não é bom o clima entre os vereadores que dão apoio ao ex-candidato a prefeito de Bacabal Roberto Costa e ao senador João Alberto.

O senador desembarca em São Luís nesta quinta-feira (9) e vai encontrar um clima nada amistoso quando reunir com os seus apoiadores.

Nove vereadores estão trancafiados desde o final de dezembro como garantia para que não mudem o voto na eleição da Mesa Diretora da Câmara de Bacabal. É uma situação de estresse, confidenciada por um dos edis na última sexta-feira dentro da Câmara, quando houve a tentativa de realizar a eleição.

Os vereadores ficam todo o tempo incomunicáveis com o mundo exterior. Celular somente é permitido para falar com a imprensa aliada e dar ares de que não estariam confinados.

Quando saem é sempre em comboio, para evitar qualquer assédio por parte do grupo de José Vieira. Esse é um cenário que leva ao esgotamento da paciência, ainda mais que por diversas vezes foi prometido que tudo estaria resolvido em poucos dias, mas todas as estratégias montadas pelos advogados e pelo articulador Roberto Costa, se mostraram ineficazes.

Segundo uma boa fonte do Blog do Louremar, quando João Alberto reunir hoje com os vereadores, numa chácara em São José de Ribamar (isto se não mudarem o local até a hora da reunião), encontrará pelo menos três vereadores inquietos e não dóceis, querendo voltar para a convivência familiar.

Do Blog do Louremar

Contas bloqueadas em Bacabal gera crise no Samu e médicos ameaçam paralisar

Ambulância do Samu de Bacabal

Os médicos do quadro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, na cidade de Bacabal, podem parar as atividades nesta quinta-feira (2).

Os profissionais não receberam os salários no mês de dezembro e a atual gestão argumenta que não tem como pagar dezembro e janeiro. Segundo apurou o Blog do Louremar, o compromisso da administração municipal é pagar integramente o mês de janeiro e negociar o pagamento do mês de dezembro.

Agentes de Endemia ameaçam parar

Uma fonte afirmou que os Agentes de Endemia também estão na mesma situação. Não receberam o salário do mês de dezembro. Existe a possibilidade de que esses agentes paralisem as atividades, de acordo com as negociações que estão em andamento.

Do Blog do Louremar

Secretário Carlos Lula visita hospitais de Bacabal e garante parceria

Secretário Carlos Lula e o prefeito Zé Vieira (PP)

O prefeito de Bacabal Zé Vieira recebeu na manhã dessa segunda-feira (30), em sua residência localizada na Rua Maranhão Sobrinho, o Secretário de Estado da Saúde, Dr Carlos Lula, para um café da manhã.

O encontro aconteceu três dias após a intervenção do governador Flávio Dino para resolver a crise na saúde pública da cidade, provocada pelo bloqueio das contas bancárias da prefeitura que culminou no fechamento de unidades de saúde no município.

Após o café da manhã, Carlos Lula esteve visitando a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), da Estrada da Bela Vista, e divulgou em entrevista coletiva à imprensa a possibilidade desta unidade ser custeada pelo Governo do Estado. Com isso, Bacabal teria quatro grandes unidades de saúde para atender a população da região do Médio Mearim; duas do Município (Socorrão de Bacabal e Hospital Materno Infantil), e duas do Estado (Hospital Laura Vasconcelos e UPA – Bela Vista).

Também participaram do encontro, a secretaria de Saúde de Bacabal e primeira-dama, Patrícia Vieira, deputado Carlinhos Florêncio e do vice-prefeito Florêncio Neto.

Secretário Carlos Lula, prefeito Zé Vieira, Deputado Carlinhos Florêncio e a secretária Patrícia Vieira
Secretário Carlos Lula, prefeito Zé Vieira, Deputado Carlinhos Florêncio e a secretária Patrícia Vieira

Senador João Alberto é duramente criticado por André Fufuca

Foto Reprodução: Facebook

Ainda sobre o imbróglio político envolvendo a política do município de Bacabal, o deputado federal André Fufuca – presidente estadual do PP – partido do prefeito Zé Vieira, usou as redes sociais para fazer severas criticas aos adversários do chefe do executivo bacabalense.

Mesmo sem citar nomes, o jovem parlamentar disse que o Senador não aceita a derrota nas urnas do seu grupo político, e por essa razão, está sistematicamente perseguido e impedindo Zé Vieira de governar.

Prosseguindo, Fufuca ainda atribuiu a João Alberto o caos administrativo na cidade. Para o deputado, não resta dúvida que o bloqueio das contas da cidade tem digitais peemedebistas.

“A sordidez política daqueles que se preocupam apenas com o poder tirou crianças das escolas, remédios dos hospitais e paralisou os serviços públicos essenciais na cidade”, afirmou André, apontando para João Alberto.

A publicação coincide com a decisão do juiz da 1ª Vara da Comarca de Bacabal, Marcelo Moreira, que ontem, sexta-feira (28) decidiu validar a posse de Vieira, e do seu vice, Florêncio Neto. Entretanto, o magistrado anulou as duas eleições da mesa diretora da Câmara de vereadores e determinou a realização de nova votação no parlamento municipal para o próximo dia 03 de fevereiro.

Do Blog do Domingos Costa

Juiz anula eleição da Câmara de Bacabal e declara devida a posse de Zé Vieira

Zé Vieira, prefeito de Bacabal
Zé Vieira, prefeito de Bacabal

O juiz Marcelo Moreira, titular do Juizado Especial Cível e Criminal que responde pela 1ª Vara de Bacabal, declarou nulas as duas eleições realizadas no dia 1º de janeiro para escolha da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Vereadores. A decisão judicial determina que uma nova eleição seja realizada. Mas antes, o vereador que estiver na presidência da Casa deverá dar posse, caso preenchidos os requisitos legais, aos vereadores eleitos João Garcez Filho e João da Cruz Rodrigues.

Os autores – Edvan Brandão de Farias e outros – alegaram que a sessão de instalação e posse dos vereadores na Câmara de Bacabal, bem como a eleição da Mesa Diretora da casa, foi marcada por diversas confusões, incluindo discussões, agressões, sumiço de cópias de documentos, intervenção polícia, e outros fatos que resultaram em ilegalidades praticadas pelos reús, lista encabeçada por Cézar Antônio da Costa Brito.

Além disso, a sessão deveria ter sido presidida pelo vereador eleito Francisco Leal da Silva, mas ele, utilizando de prerrogativa do regimento interno da Câmara, atribuiu a presidência para João Garcez Filho que por sua vez estaria impedido de tomar posse naquele momento e impedido de presidir a sessão, por estar em situação de incompatibilidade constitucional para exercer o cargo de vereador. João, então, teria dado posse de forma indevida ao suplente de vereador Cleudo Braga Feitosa no lugar de João da Cruz, na intenção de dar número mínimo de vereadores para que se prosseguisse com a eleição. Ao final, foram empossados nessa sessão o Prefeito, o Vice-prefeito, e escolhido como Presidente da Câmara o vereador Cézar Antônio da Costa Brito.

Ainda na ação, os autores ressaltaram que os vereadores que deixaram a sessão, foram a outro local, o Real Palace, e lá tomaram posse e elegeram para presidir a câmara o vereador Edvan Brandão de Farias. Para os autores os trabalhos do Poder Legislativo em Bacabal estão sob sério risco, haja vista a possibilidade virem a ser conduzidos de forma indevida pelos réus.

Eles requereram junto à Justiça, com efeito de cumprimento imediato, medida liminar para que sejam suspensos e declarados nulos todos os atos praticados pelos réus, inclusive no que se refere à posse do Prefeito e Vice-prefeito.

Para o juiz Marcelo Moreira, as duas eleições realizadas na referida data estão marcadas por ilegalidades, falhas de procedimentos, e manobras indevidas. Por isto estão anuladas.

A decisão judicial declara, portanto, como devidamente empossados o Prefeito e o Vice-prefeito de Bacabal. Declara, ainda, como empossados todos os vereadores eleitos na eleição de 2016, à exceção dos vereadores João Garcez e João da Cruz Rodrigues. A posse do suplente Cleudo Braga foi tornada nula pela decisão que determina, ainda, que ate´que se realiza nova eleição, a Câmara de Vereadores de Bacabal seja presidida pelo mais idoso entre os eleitos.

Governo do Estado entra em ação para impedir que hospitais de Bacabal fechem

Carlos Lula, Secretário de Saúde

O secretário de Estado de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, está gerenciando uma solução para a crise na Saúde de Bacabal.

O prefeito José Vieira está em viagem de trabalho, por isso nesta quinta-feira (26) logo cedo o Secretário de Saúde disparou um telefonema para o vice-prefeito Florêncio Neto.

O resultado da conversa está sendo definido pela equipe da secretaria Municipal de Saúde de Bacabal. A secretária-adjunta Doralina Marques está a caminho de São Luís para apresentar a planilha de necessidades.

Fonte do Blog do Louremar adiantou que o Governo irá enviar medicamentos suficientes para o funcionamento das unidades de saúde a cada dois dias até que se resolva a instabilidade na cidade.

O fechamento do Socorrão e do Hospital Materno repercutiu em todo o Brasil, inclusive no Bom Dia Brasil, da Rede Globo.

Reveja aqui a nota de Esclarecimento da Secretaria de Saúde de Bacabal.

Fonte: Blog do Louremar Fernandes

Estes são os verdadeiros culpados por Bacabal está sofrendo…

O Superintendente da CEF, Emílio Murad e o seu ‘padrinho’ Senador João Alberto

A briga política pela Presidência da Câmara de Vereadores de Bacabal está provocando sérias consequências para moradores e servidores públicos municipais que até o momento estão com salários atrasados e a cidade sem serviços básicos essenciais para atender a comunidade a contento.

A confusão teve inicio quando dois presidentes foram eleitos na Câmara. César Brito tomou posse da mesa Diretora e empossou o prefeito Zé Vieira (PP). O vereador de oposição que não assumiu, Edvan Brandão, agora briga na Justiça para invalidar a posse. O impasse acabou gerando um novo bloqueio das contas do Município.

Entenda o caso

Um dia após ter liberado o acesso do prefeito de Bacabal, José Vieira, às contas do município o gerente da Caixa Econômica Federal na cidade, Everton de Lima Mourão mudou subitamente de opinião e decidiu impor um novo bloqueio alegando ter acatado um ofício protocolado na CEF pelo vereador Edvan Brandão que briga para assumir a presidência da Câmara.

Ocorre que os verdadeiros culpados por toda essa confusão e prejuízos aos bacabalenses têm nomes. São o senador João Alberto (PMDB) e o Superintendente da Caixa Econômica no Maranhão, Emílio Murad. Este último foi o verdadeiro responsável pelo bloqueio da contas bancárias do Município a pedido do senador. E todos sabem o motivo: no Maranhão esse cargo é da cota do PMDB, assim como outros cargos federais indicados por titulares do partido, como foi o caso de Emílio Murad.

Portanto, moradores e servidores de Bacabal nada tem a ver com essa briga ferrenha entre poderes e principalmente o prefeito eleito Zé Vieira que ficou mais uma vez impedido de movimentar as contas públicas e atender a população com serviços básicos por falta de verbas.

Áreas como Educação e Saúde estão sendo prejudicadas. E por conta do bloqueio, a Secretaria Municipal de Saúde de Bacabal anunciou o fechamento do Pronto Socorro e do Hospital Materno Infantil. Uma péssima notícia à população que sofre com uma disputa ridícula pelo poder.

Veja abaixo a nota de esclarecimento:

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Contra Zé Vieira, João Alberto pode ter articulado bloqueio de contas em Bacabal

Prefeito de Bacabal. Zé Vieira

Para aliados do prefeito de Bacabal, Zé Vieira (PP), a ordem para o gerente da Caixa Econômica Federal na cidade, Everton de Lima Mourão, voltar atrás na própria decisão em menos de 24h, partiu de uma articulação direta do senador João Alberto (PMDB).

Senador João Alberto

Everton autorizou o prefeito ter total acesso às contas municipais no dia 19 (quinta-feira). E mudou de opinião no dia seguinte. A alegação do gerente para mudar de opinião tão rápido e manter as contas bloqueadas, foi que a presidência da Câmara de Vereadores não reconhece a posse de Zé Vieira.

Mas a história não é bem essa! O que de fato fez o gerente mudar de posição de forma relâmpago, foi uma ordem superior: Hierarquicamente, o gerente da Caixa bacabalense é subordinado ao Superintendente Estadual do órgão, Emílio Murad. No Maranhão, esse cargo é da cota do PMDB, assim como outros cargos federais, quem indica os titulares são, exatamente os peemedebistas.

Dessa forma, a pressão do senador João Alberto foi decisiva para a mudança repentina do gerente Everton. Enquanto isso, o povo de Bacabal fica prejudicado…

Gerente que liberou a movimentação, no dia seguinte bloqueou acesso às contas em Bacabal
Gerente que liberou a movimentação, no dia seguinte bloqueou acesso às contas em Bacabal

Do Blog do Domingos Costa