Adversários de Zé Vieira continuam fazendo trapalhadas…

Roberto Costa

Por quase duas semanas os correligionários do deputado estadual Roberto Costa (PMDB), candidato a prefeito derrotado, foram convencidos e estimulados a propagar pelos ‘senadinhos’ e redes sociais que, enfim, havia uma data concreta para o prefeito Zé Vieira (PP) perder na justiça o mandato conquistado pelo voto popular.

Pelo que diziam, seria no último dia 10 de agosto em sessão a ser realizada no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília. Para a capital federal Roberto Costa seguiu levando a tiracolo o vereador Edvan Brandão (PRB), presidente da Câmara Municipal, e quem assumiria o executivo municipal em caso de dupla vacância dos cargos de prefeito e vice-prefeito.

A sessão que trataria do efeito suspensivo das sanções por improbidade administrativa que pesavam sobre o prefeito Zé Vieira e, em hipótese nenhuma resultaria na perda imediata do mandato, sequer aconteceu, frustrando mais uma vez o séquito peemedebista e fazendo com que Roberto Costa e Edvan Brandão virassem motivos de chacotas na imprensa maranhense.

Não convencidos, os líderes da oposição agora já fixaram nova data para o julgamento no STJ e, pior, dão como certo resultado desfavorável ao prefeito de Bacabal, antecipando-se as autoridades judicantes que só se pronunciarão após concluir o exame dos autos do processo e formar sobre ele um juízo.

O calendário imaginário criado pelos adversários de Zé Vieira, que, inclusive, em dezembro do ano passado garantiam que Roberto Costa seria diplomado e assumiria o cargo de prefeito em 1º de janeiro de 2017, marca o julgamento do caso do efeito suspensivo, no Superior Tribunal de Justiça, para o próximo dia 23 de agosto.

Ilicitude

Antecipar-se a pauta de julgamento de um tribunal pode ser visto como precipitação, porém, ao resultado, aí já se torna algo preocupante, pois pode pôr em xeque a credibilidade dos magistrados e da própria Corte.

Por fim, vale mais uma vez ressaltar que somente após o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgar o processo que trata do indeferimento do registro de candidatura do prefeito Zé Vieira é que teremos a definição se ele permanecerá no cargo até o final do mandato (dezembro/2020) ou se será necessário um novo pleito para a escolha de prefeito e vice-prefeito.

É totalmente descartada pelo TSE a possibilidade do segundo colocado assumir.

Do Blog do Sérgio Matias

Contrato da ONU é usado para favorecer jovens do PMDB; um deles de Bacabal

Dedê da Trizidela

A Secretaria Nacional da Juventude (SNJ), vinculada à Presidência da República, decidiu usar um contrato com a UNESCO – agência da Organização das Nações Unidas (ONU) que fomenta a educação, a ciência e a cultura – para garantir rendimentos a pessoas ligadas à legenda em 11 Estados, um deles no Maranhão. Todos receberão para disseminar o programa de governo “Identidade Jovem”.

Dessas, oito ganharão R$ 12 mil. Um dos felizardos é Armenius Sales. Ele se filiou ao PMDB no Piauí em 2011. Em Goiás, a escolhida é Aline dos Santos, que se candidatou ao cargo de vereadora na cidade de Piracanjuba em 2016. No Maranhão, o encarregado será o peemedebista Dedê da Trizidela. Ele foi candidato a vereador na cidade de Bacabal no ano passado.

Os três restantes são mais sortudos. Ganharão R$ 77 mil para coordenar os mobilizadores estaduais. Um deles é Helber Augusto Reis Borges. Membro da Juventude do PMDB em Minas Gerais, Helber já postou, orgulhoso, uma foto com o presidente Michel Temer em uma rede social em novembro do ano passado. “Acabei de me reunir com o presidente da República. É uma grande honra e alegria… com maestria, tem trabalhado para retirar o Brasil da crise”. Outro que ganhará R$ 77 mil é o paulista Fabio Antunes, candidato a vereador pelo PMDB em Guarujá.

As informações são de ÉPOCA

Falsa expectativa volta a frustrar correligionários de Roberto Costa

Roberto Costa e Edvan Brandão em Brasília.

Frustração, esse é mais uma vez o sentimento que se abateu sobre os correligionários do deputado estadual e candidato a prefeito derrotado Roberto Costa. Como das outras vezes, o peemedebista imbuiu seus assessores mais próximos a implantar na imprensa, nos ‘senadinhos’ e nas redes sociais que o destino do mandato de Zé Viera (PP) na Prefeitura de Bacabal seria selado em um julgamento nesta quarta-feira (9), no Superior Tribunal de Justiça (ST), que, sequer, aconteceu e nem teria poder de tirar o prefeito do cargo.

Até o vereador Edvan Brandão (PRB), presidente da Câmara Municipal, foi convencido e levado à Brasília para assistir a sessão ao vivo, para da capital federal retorna para Bacabal já respondendo também pelo cargo de prefeito. Essa era a promessa.

Obviamente que nada disso aconteceu e nem poderia, afinal, apenas o Tribunal Superior Eleitoral dará o veredito sobre o caso de Bacabal e ainda não há data para isso.

Foto Reprodução

Enquanto a oposição estrebucha, Zé Vieira e sua equipe de governo seguem firme exercendo as atribuições confiadas pelo povo que, democraticamente, o elegeu pela terceira vez como prefeito.

O sentimento de satisfação popular é nítido. No bairro Esperança os moradores chegaram inclusive a preparar um delicioso lanche para oferecer aos trabalhadores.

O lanche, contendo sucos naturais, frutas e bolachas, foi preparado com todo carinho como forma de agradecimento pelo tão esperado beneficio que, finalmente, chega a localidade. Moradores como ‘Seu Doca’, Dona Rita, Ivaldo Frazão e Francisco Cavalcante (da Brastemp) foram os anfitriões e não esconderam a satisfação em puder de alguma forma agradecer o prefeito Zé Vieira. “Não temos palavras para agradecer a esse homem. Bacabal nunca teve um prefeito como ele. É como já diz seu slogan: ele não promete, faz, e está fazendo”, comemorou Cavalcante.

Confira abaixo fotos divulgadas pela Assessoria de Comunicação do município mostrando o “antes” e “depois” da rua da Esperança.

Foto Reprodução

Do Blog do Sérgio Matias

Cenas fortes! Caldeira explode e dois homens morrem dilacerados em Bacabal

Os dois corpos foram totalmente dilacerados
Os dois corpos foram totalmente dilacerados

Uma explosão ocorrida em uma vulcanizadora de pneus, situada na BR 316, Distrito Industrial da cidade de Bacabal, ceifou a vida de duas pessoas na tarde desta segunda-feira (31).

Os funcionários da empresa identificados como Júnior e Everton Damião de Oliveira morreram quando a caldeira explodiu. Das dez pessoas que trabalham no local, havia apenas três no momento do incidente. Porém, os dois trabalhadores que faleceram estavam bem ao lado da caldeira e tiveram os corpos dilacerados. (Vídeo abaixo)

O outro funcionário, identificado como Gilvan Almeida, fazia a manutenção de outra caldeira que iria substituir a que explodiu.

Segundo um soldador metalúrgico da vulcanizadora de pneus, a caldeira que explodiu já apresentava problemas.

Com o inquérito aberto pela Polícia Civil para investigar as causas, o proprietário deverá responder por homicídio culposo.

Vulcanizadora de pneus após a explosão que deixou dois mortos

As imagens abaixo são fortes e foram registradas no local logo após a explosão e mortes.

O vídeo acima foi extraído do Blog do Glaucio Ericeira.

Prefeito de Bacabal responde com trabalho revanchismo de Roberto Costa

Enquanto isso o prefeito Zé Vieira trabalha...
Enquanto isso o prefeito Zé Vieira trabalha…

De São Luís, onde mora, o deputado estadual e candidato a prefeito derrotado tem patrocinado uma campanha difamatória contra os membros da administração municipal de Bacabal no intuito de inviabilizar as ações implementadas pelo prefeito Zé Vieira, sobretudo, agora que o gestor pôde, enfim, colocar em prática a tão esperada obra de recapeamento asfáltico das ruas e avenidas, trabalho que, aliás, tem sido elogiado pela população que, diferentemente daqueles que torcem pelo “quanto pior, melhor”, reconhece o esforço que o atual prefeito tem feito para conseguir começar a recolocar Bacabal no trilho do desenvolvimento.

Modus operandi

Recapeamento com camada asfáltica nas ruas de Bacabal

Os ataques à administração Zé Vieira são orquestrados e semelhantes aos que o Governo Flávio Dino também vem sofrendo e o obrigou a ir às redes sociais rebater o que ele classificou de sabotagens e “pautas negativas”. “O senador Sarney comanda sabotagens e “pautas negativas” em seu império midiático, para ter de volta o Maranhão, do qual se considera dono. Vamos comparar as políticas públicas do ciclo Sarney e as do nosso governo. Por exemplo, na educação ou na transparência administrativa”, escreveu.

Mas, assim como o governador, Zé Vieira tem dado a resposta com trabalho. A infraestrutura da cidade, antes motivo de vergonha e prejuízos aos moradores, está sendo totalmente recuperada e isso inclui os setores da Limpeza e Iluminação Pública. (Reveja aqui)

Do Blog do Sérgio Matias

Prefeitura de Bacabal segue investindo pesado na infraestrutura da cidade

Ruas de Bacabal recebendo recapeamento com camada asfáltica
Ruas de Bacabal recebendo recapeamento com camada asfáltica

A operação tapa-buracos seguida de recapeamento com camada asfáltica continua de vento em poupa, recuperando várias ruas da cidade.

As ações de pavimentação estão sendo realizadas pela Prefeitura de Bacabal através da Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo com recursos próprios, tem como meta melhorar trechos comprometidos do asfalto e consequentemente o tráfego de veículos.

Essa é a 2º Etapa da Operação, beneficiando ruas como: Padre Carvalho que dá acesso ao Terminal Rodoviário; Rua 12 de Outubro, Rua Rui Barbosa e neste último final de semana um dos corredores da maior micareta do estado foi contemplada com a camada asfáltica para receber o publico que irá brincar o Bacabal Folia no final desse mês. A Rua Barão de Capanema foi toda restaurada pela operação.

As ações da prefeitura não param, as ruas e avenidas estão recebendo um asfalto de qualidade, durabilidade e consistência. E o que seria dessas ruas asfaltadas se não fosse à limpeza constante? A equipe que cuida dessa área também não deixa a desejar, trabalha noite e dia para que a limpeza seja rotina e o ambiente limpo permaneça.

Roberto Costa tenta tirar proveito de reportagem da Rede Globo em Bacabal

Foto Reprodução

Desinformado e alheio às coisas que acontecem na cidade por não morar no município, onde o deputado foi derrotado nas urnas na última eleição para prefeito, o mesmo tenta a todo custo correr atrás do leite derramado. De forma desesperada Roberto Costa tem usado a Tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão para mentir ao afirmar que a população tem sofrido com a falta de medicamentos.

Então vale a velha frase: Uma imagem vale mais do que mil palavras!. O estoque de medicamentos esta abarrotado. Dele os remédios são distribuídos para o Hospital Materno Infantil, Pronto Socorro Municipal e também para as 21 Unidades Básicas de Saúde. Bacabal é uma cidade polo e atende pacientes de mais 12 municípios. Ressaltamos ainda que o prefeito Zé Vieira recebeu os hospitais Materno Infantil e Pronto Socorro das mãos da última gestão fechados.

Com o compromisso de dar a população o melhor tratamento de saúde os hospitais foram equipados e reabertos, e conta hoje com equipes de profissionais especializados, médicos de várias especialidades. Cerca de 180 partos são realizados por mês. E as mamães ainda ganham um tratamento especial, no salão montado dentro do próprio hospital materno.

A cidade de Bacabal anda nos trilhos do desenvolvimento e a população ver isso de perto, ao sair de casa. A previsão do governo municipal é asfaltar toda a cidade nestes 4 anos. As principais ruas do centro já foram asfaltadas e o povo já pode andar tranquilamente sem se preocupar com os buracos. O serviço da Secretaria de Obras e Urbanismo não para. A toda hora os caminhões da secretaria descarregam asfalto nas ruas dando fim ao problema da buraqueira herança dos governos passados.

Foto Reprodução

Nos últimos dias a cidade de Bacabal recebeu a visita de uma equipe da TV GLOBO que veio a cidade por conta de denúncias infundadas feitas pelo Deputado Estadual Roberto Costa. Com dor de cotovelo o deputado até hoje prefere difamar a atual gestão do que aproveitar o tempo que tem para trazer recursos que somados ao esforço do prefeito Zé Vieira ajudem e impulsionem a cidade de Bacabal ao crescimento.

Quanto as denúncias o município está disposto a colaborar no que for preciso para que tudo seja esclarecido. E ao contrário do que foi divulgado pelo apresentador da TV que o deputado usa na cidade para buscar promoção política. Em momento algum as pessoas ligadas a gestão e que foram procuradas pelo repórter Alex Barbosa foram omissas, pelo contrário a equipe da TV GLOBO foi bem atendida em todos os departamentos que visitou.

Foto Reprodução

Com denúncias infundadas, Roberto Costa tenta inviabilizar governo de Zé Vieira

Roberto Costa

Nos últimos tempos, mais do que nunca, a classe política brasileira está sem credibilidade perante a população que assiste diariamente um escândalo atrás do outro sendo descoberto e levando para a cadeia figurões. São políticos influentes e empresários, alguns bilionários que jamais imaginaram serem alcançados pelas mãos da justiça.

No meio de tudo isso também há os que se aproveitam da crise moral que se abateu sobre a nação para tirar proveitos políticos e tentar macular desafetos e outras autoridades. Trazendo para as questões políticas locais, podemos citar como um bom exemplo o deputado estadual Roberto Costa (PMDB), candidato derrotado na última eleição para prefeito de Bacabal.

Desde que sofreu esse revés, Roberto tem insistido em não aceitar o resultado das urnas. Sendo parlamentar, seria natural que cobrasse ações públicas voltadas para o bem comum da população e, também, destinasse emendas que contribuíssem para esses benefícios, mas nada isso tem sido feito.

Roberto Costa tem preferido adotar a via dos ataques pessoais e das ofensas, seja da tribuna da Assembleia Legislativa ou através da emissora de TV que comanda em Bacabal. Nos dois casos ele tem feito fortes acusações contra a administração pública municipal e aos seus principais integrantes, nenhuma delas comprovada.

Além do prefeito Zé Vieira (PP), seus principais alvos têm sido a primeira-dama Patrícia Vieira, o vice-prefeito Florêncio Neto (PHS) e secretários.

O mais recente ataque ocorreu nesta quarta-feira (12), quando, da tribuna da Assembleia Legislativa, ele denunciou – sem mostrar absolutamente nenhuma prova, baseando-se só em suposições – haver irregularidades na administração municipal. O deputado se referiu à licitação feita, no entendimento dele, para a aquisição de 60 carros, quando na verdade não é nisso.

Os documentos abaixo comprovam que foi firmado contrato de aluguel de apenas 8 picapes para servir parte da secretarias municipais, já que a frota própria da Prefeitura de Bacabal se resume a mesma quantidade de veículos, portanto,são apenas 16 para suprir a enorme demanda de toda a administração, ou seja, longe do número exorbitante que Roberto Costa citou em sua denúncia, que seriam 60 veículos.

Outra atitude de má-fé feita com estardalhaço pelo deputado foi quanto ao valor do aluguel de cada veículo, pois, enquanto outros municípios maranhenses que firmaram contrato semelhante desembolsam, em média, R$ 11.400,00 (onze mil e quatrocentos reais), Bacabal paga valor abaixo do preço de mercado.

Foto Reprodução

Mesmo parecendo que essa incoerência do deputado foi proposital e com o intuito de confundir a cabeça da opinião pública, técnicos do setor contábil do município preferem acreditar se tratar de uma gafe pelo fato do parlamentar não conhecer como funciona o sistema. Um contabilista ouvido pelo blog, chegou ao seguinte entendimento: “O nobre deputado ou alguém que lhe assessora deve ter se confundido ao somar o número real de veículos, que são 8, com a previsão dos valores que serão pagos durante os 11 meses da vigência do contrato. Pois não quero crer que Roberto [Costa] tenha tamanha malícia para querer confundir as pessoas”, ponderou.

O comentário do contabilista acima condiz com a coerência do título da postagem sobre o caso publicada no site oficial da Assembleia Legislativa do Maranhão. Nele, a jornalista que assina o texto, Nice Moraes, da Agência Assembleia, escreveu: “Roberto Costa denuncia supostos desmandos na Prefeitura Municipal de Bacabal”, numa clara demonstração que ninguém está levando muito a sério a “dor de cotovelo” do candidato derrotado.

Fonte: Blog do Sérgio Matias

Número de leitos hospitalares aumenta 21% em dois anos no Maranhão

(Foto: Gilson Teixeira)

O número de leitos hospitalares na rede pública estadual aumentou 21,28% entre 2015 e 2017. O aumento acompanha a ampliação dos investimentos em saúde pelo Governo do Maranhão. No mesmo período, foram R$ 224 milhões a mais para o setor.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre janeiro de 2015 e janeiro de 2017, houve o acréscimo de 449 leitos de internação e 95 leitos complementares (Unidades de Terapia Intensiva e Unidades Intermediárias) na rede hospitalar estadual.

Boa parte da expansão se deve à entrega dos cinco novos hospitais macrorregionais: em Caxias, Imperatriz, Pinheiro, Bacabal e Santa Inês. Juntas, essas unidades já fizeram mais de 2 milhões de atendimentos.

O número de leitos vai aumentar ainda mais. Novos hospitais estão sendo construídos. Um deles é o Regional de Balsas, que vai beneficiar toda a região sul. Serão 50 leitos a mais e capacidade para atender até 240 mil pessoas.

Mais 50 leitos virão com o Hospital Regional de Turiaçu, que passa por revitalização. O Hospital de Traumatologia e Ortopedia vai acrescentar outros 44 leitos.

‘Duo Fratres’: PF deflagra operação contra crimes previdenciários

Foto Divulgação: PF
Foto Divulgação: PF

A Força-Tarefa Previdenciária, integrada pela Secretaria de Previdência, Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF), com a finalidade de reprimir crimes previdenciários, deflagrou na manhã desta terça-feira (13/6), na cidade de Teresina n Piauí, a Operação ‘Duo Fratres’.

As investigações, iniciadas no ano de 2015, levaram à identificação de um esquema criminoso no qual através da falsificação de documentos públicos eram realizados saques post mortem de benefícios previdenciários e assistenciais.

O esquema criminoso é liderado por dois irmãos que já foram presos em flagrante em três ocasiões distintas em anos anteriores na cidade de Bacabal (MA) por crimes relacionados à clonagem de cartões e fraudes previdenciárias. Por esses fatos respondem em liberdade a ações penais na Justiça Estadual de Bacabal.

Em 12/2/2016, equipe da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários da PF no Maranhão cumpriu mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados em Trizidela do Vale (MA), ocasião em que foram localizados diversos documentos relacionados a fraudes previdenciárias.

Analisando os documentos apreendidos, que abrangem desde cartões magnéticos e documentos de identificação (RG, CPF e CTPS) a anotações manuscritas, extratos de pagamentos e consultas de Sistemas do INSS, foram identificados mais de 300 benefícios previdenciários e 40 documentos de identidade falsos.

Após o cumprimento do mandado em 2016, os dois irmãos líderes do esquema criminoso se mudaram para Teresina/PI utilizando-se de nomes falsos, além de ostentarem um patrimônio incompatível com suas rendas declaradas. Só de veículos constatou-se um patrimônio de quase R$ 500 mil.

A PF no Maranhão, com o apoio da Superintendência de PF no Piauí, cumpriu hoje cinco Mandados Judiciais, sendo dois de prisão preventiva e três de busca e apreensão na cidade de Teresina.

Foi determinado, ainda, o arresto de valores e de bens, incluindo veículos e propriedades dos investigados, além da suspensão de mais de 100 benefícios e a convocação de 200 titulares para a realização de auditoria.

São investigados os crimes de estelionato previdenciário, uso de documento falso, falsidade material e ideológica, lavagem de capitais e associação criminosa, cujas penas máximas somadas podem chegar a mais de 30 anos de prisão.

O prejuízo inicialmente identificado é de R$ 1,15 milhão, considerando a data do cumprimento do mandado de busca em fevereiro de 2016. Já o prejuízo evitado é de R$ 5,7 milhões, tomando como base a expectativa de vida dos titulares dos benefícios objeto de suspensão judicial.

O nome ‘Duo Fratres’ vem do latim e significa dois irmãos, em alusão ao laço de parentesco dos principais investigados.