AVES AGORENTAS: menina esfaqueada não cantou funk e ESTÁ VIVA!

Milena Coelho continua internada no Carlos Macieira
Milena Coelho continua internada no Carlos Macieira

A estudante de 17 anos, Milena do Nascimento Coelho, esfaqueada no pescoço em frente ao Centro de Ensino Médio Vinícius de Moraes localizado no bairro Divinéia na semana passada, continua internada em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Carlos Macieira.

Diferente do que andam dizendo nas redes, a menina continua VIVA. E pela segunda vez a TV Mirante noticiou que Milena MORREU. O primeiro anúncio foi feito logo que a menina foi golpeada ao sair da escola, mas depois de constatar que a informação era inverídica, a produção da TV tentou contornar a ‘barrigada’. Porém hoje, de novo MATARAM Milena.

Não foi só a Mirante que errou. A TV Cidade também disse hoje no noticiário o mesmo, informando ainda que o corpo já havia sido despachado para Instituto Médico Legal. Esta também se retratou e confirmou em seguida que a estudante permanece internada na UTI.

No último domingo (18), novamente, a notícia da morte da menina se espalhou em grupos de forma equivocada. Tudo por conta de um boletim médico onde foi divulgado que o estado de saúde de Milena havia se agravado.

Não bastasse ser MORTA várias vezes, a estudante virou em alguns blogs maranhenses até cantora de funk e moradora da Cidade Operária, além de integrante do Bonde dos 40. Quem conhece ou conheceu Milena Coelho soube informar em que bairro ela mora e não reconheceu a voz dela como sendo a mesma de um funk que se espalhou como viral pelas redes. Lamentável!

A jovem continua internada em estado gravíssimo no Hospital Carlos Macieira, mas o Blog torce para que ela se recupere e se solidariza à família.

EMSERH abre inscrições para área de Saúde com salários de até R$ 17 mil

Marcos Pacheco, secretário de Saúde e gestores da SES
Marcos Pacheco, secretário de Saúde e gestores da SES

Depois de lançar o edital n° 001/2015 do processo seletivo, a Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH) abriu hoje, terça-feira (20), as inscrições para concurso público, em cumprimento ao contrato celebrado com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), com o objetivo de executar o programa Força Estadual de Saúde do Maranhão (FESMA). Serão distribuídas 168 vagas, sendo 120 imediatas e 48 para formação de cadastro de reserva.

Todas as vagas do certame são para profissionais de nível superior, com carga horária de trabalho para todas as funções de 40 horas por semana, em regime de dedicação exclusiva, das 08 às 12h e das 14 às 18h. Os salários vão até R$ 17.560,00.

O processo seletivo será coordenado pela EMSERH e realizado pela Fundação Sousândrade de Apoio ao Desenvolvimento da UFMA (FSADU), com supervisão da Comissão do Processo Seletivo Público instituída pela Portaria n° 15/2015.

As vagas são para os cargos de Assistente Social, Educador Físico, Enfermeiro, Farmacêutico, Fonoaudiólogo, Médico, Nutricionista, Odontólogo, Psicólogo e Terapeuta Ocupacional.

As inscrições encerram às 23h59 do dia 4 de novembro de 2015, por meio dos endereços eletrônicos: www.fsadu.org.br/concursos de forma exclusiva via Internet, com taxa de inscrição no valor de R$ 80.

As provas objetivas serão realizadas provavelmente no dia 22 de novembro de 2015, com divulgação do resultado até o dia 14 de dezembro de 2015. O curso de formação será de 05 de janeiro a 20 de fevereiro de 2016 com divulgação do resultado em 24 de fevereiro de 2016.

O prazo de validade do processo seletivo será de um ano, contado a partir da publicação oficial da homologação do Resultado Final Após Fase Recursal, podendo ser prorrogado uma vez, por igual período.

Promotor cobra afastamento da prefeita Aninha de Presidente Vargas

Promotor Benedito Coroba
Promotor Benedito Coroba

O titular da Promotoria de Justiça de Vargem Grande, Benedito de Jesus Nascimento Neto, mais conhecido como Benedito Coroba, foi o entrevistado do último sábado, 17 de outubro no programa semanal Estação Ministério Público do Maranhão.

Coroba falou sobre o pedido de afastamento da prefeita de Presidente Vargas, Ana Lúcia Mendes, mais conhecida como ‘Aninha’, por irregularidades na contratação de empresa responsável pelo transporte escolar no município. A ação por improbidade administrativa foi ajuizada em dezembro do ano passado, mas o Poder Judiciário ainda não se manifestou.

“A fraude foi constatada por auditoria da Controladoria Geral da União, a CGU, mas nenhuma resposta foi dada pela Justiça”, destacou o promotor. Segundo ele, foram oferecidas denúncias semelhantes por irregularidades constatadas por auditorias do Ministério da Saúde também em Presidente Vargas e Vargem Grande sem resposta favorável.

Na avaliação do representante do MPMA, a lentidão da Justiça estimula a impunidade. “Nesses 20 anos de atuação como promotor de justiça, vários outros pedidos de afastamento de gestores foram feitos e o máximo que um prefeito ficou longe do cargo foi pelo período de três dias”, afirmou.

Também foi abordado o nepotismo e os prejuízos para a administração pública, a contratação temporária de servidores em detrimento da realização de concurso público e a situação de extrema pobreza nas cidades da comarca de Vargem Grande.

Ouça a entrevista completa AQUI

Fonte: Blog do Kiel Martins

Prefeita Roberta Barreto de Axixá responde ao Blog…

Roberta Barreto, prefeita de Axixá
Roberta Barreto, prefeita de Axixá

A prefeita do município de Axixá, Roberta Barreto, encaminhou um pedido de resposta ao Blog, após divulgação da matéria sobre gastos milionários por parte da prefeitura (Reveja), e informou que o processo licitatório ao qual corresponde o contrato de mais R$ 1,7 milhão obedece a legalidade.

E mais: ainda não foi comprado nem R$ 40 mil de material permanente para as secretarias do total acima licitado, de acordo com a gestora.

Sobre as outras informações expostas na matéria, a prefeita Roberta Barreto não se manifestou.

Abaixo a nota da Prefeitura de Axixá:

Nota encaminhada ao Blog
Nota encaminhada ao Blog

Gaeco e PF desmontam organização criminosa; ouça o áudio bombástico!

Fabiano Bezerra, Carlos Braide e Hélder Aragão
Fabiano Bezerra, Carlos Braide e Hélder Aragão

O Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do Ministério Público do Maranhão e a Polícia Federal desmontaram uma organização criminosa que agia em várias prefeituras maranhenses.

O braço financeiro da organização era o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, Carlos Braide (pai do deputado estadual Eduardo Braide), que teve o pedido de prisão preventiva solicitado na manhã desta terça-feira (20) mas até agora o Tribunal de Justiça ainda não concedeu.

Os outros membros da quadrilha encontram-se presos na sede da Polícia Federal de São Luís: o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra e o prefeito afastado de Anajatuba, Hélder Aragão. As prisões foram em decorrência de mandado expedido pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região, cumprido pela PF na Operação Attalea.

Todos foram denunciados por crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, entre outros.

Para piorar a situação do trio, o ex-presidente da Assembleia, Carlos Braide (sócio de Fabiano, proprietário da empresa A4 Serviços e Entretenimento Ltda. envolvida em fraudes da prefeitura), teve uma conversa gravada por Anilson Araújo Rodrigues (apontado como laranja). No áudio, o ex-deputado utilizou a prática criminosa de tráfico de influência para conseguir barrar decisões do Judiciário e mostrar para a organização que nada poderia detê-los na ocasião. Mas não foi bem assim!

Ouça o áudio abaixo:

VEXAME: Manin Leal tenta se promover em Santa Quitéria e é desmascarado!

A vereadora de Santa Quitéria Ivanice Pimentel e o marido Manin Leal
A vereadora de Santa Quitéria Ivanice Pimentel e o marido Manin Leal

Manin Leal e a esposa e vereadora Ivanice Pimentel passaram o maior vexame durante a festa do Dia das Crianças organizada pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD em Santa Quitéria.

O casal tentava se promover às custas dos pais que patrocinaram o evento e pagaram pela participação de cada criança que esteve na comemoração quando foram desmascarados por uma mãe que foi até o palco e falou toda a verdade.

Antônia, mãe de três filhos que participam do Programa (PROERD) foi categórica ao afirmar que Manin Leal e a mulher, que tentam manter o controle do município de Santa Quitéria, assim como fazem em Araioses, cidade comandada pela filha do casal, Valéria Leal., queria levar os créditos da festa promovida pelos próprios pais.

Uma vergonha para a família Leal!

Veja as imagens extraídas do Blog do Márcio Maranhão:

Prefeito Alberto Gomes de Zé Doca responde ao Blog…

Prefeito Alberto Gomes
Prefeito Alberto Gomes

O prefeito de Zé Doca, Alberto Carvalho Gomes (PTB) emitiu uma nota com pedido de resposta à uma matéria do Blog sobre uma portaria baixada pelo próprio gestor que, citando a Carta de Direitos do Ministério da Saúde de 2006, proibiu qualquer tipo de gravação de imagens nas dependências do hospital e dos postos de saúde do Município, a fim de evitar exposições sobre a verdadeira realidade em que se encontra as unidades de saúde daquela cidade. (Reveja)

Abaixo a nota na íntegra:

A PREFEITURA MUNICIPAL DE ZÉ DOCA-MA, vem através de sua assessoria de comunicação elucidar dúvidas a respeito da Portaria nº.467/2015, publicada na data de 07 de outubro de 2015.

A portaria nº.467/2015, fora expedida com o intuito exclusivo, de beneficiar os pacientes das Unidades de Saúde, em razão da utilização de algumas imagens, não autorizadas, em mídias sociais e aplicativos de “smartfones”, de procedimentos hospitalares e ainda para coibir atos lesivos à honra e intimidade dos usuários de serviços públicos.

Insta esclarecer que, a Administração Pública deve coibir atos lesivos e desabonadores de seus servidores, em benefícios dos usuários do serviço público, e prevendo evitar alegações de perseguições por parte desta administração, utilizou-se de legislação já existente, e que se presume, seja de conhecimento de todos os servidores, para regulamentar a referida portaria, demonstrando não haver interesse em prejudicar quaisquer servidores, que cumpram os seus deveres funcionais.

PF EM AÇÃO EM ANAJATUBA: Helder Aragão é preso e chega à ‘cheirosa’

Helder Aragão, afastado do cargo de prefeito, agora preso pela PF
Helder Aragão, afastado do cargo de prefeito, agora preso pela PF

Conforme adiantou o Blog na semana passada, o prefeito de Anajatuba, Helder Aragão, afastado do cargo pelo prazo de 90 dias através de determinação da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça que acatou o pedido do Ministério Público do Maranhão no último dia 9 de outubro, foi preso no início da manhã desta terça-feira (20) em operação denominada ‘Attalea’ da Polícia Federal realizada nas cidades de Anajatuba e São Luís, cumprindo mandado do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

De acordo com informações preliminares já confirmadas, outros envolvidos já foram presos, entre eles o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra e a namorada Natascha Alves.

Ao todo foram cumpridos oito mandados de apreensão, um de busca e uma prisão coercitiva.

Helder e seus comparsas são acusados de participarem de uma organização criminosa que fraudava licitações e desviava recursos públicos do município, conforme conclusões decorrentes das investigações efetivadas pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPMA.

Depois do afastamento de Helder, a Polícia Civil esteve na sede da prefeitura de Anajatuba onde cumpriu mandados de busca e apreensão, levando vários equipamentos e objetos que serão peças de investigação.

O prefeito afastado – juntamente com mais 26 pessoas – é acusado de crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, falsidade ideológica, entre outros. (Reveja)

Antes mesmo de ser preso, a população de Anajatuba já comemorava dizendo no momento das buscas na sede da prefeitura: “AGORA A JUSTIÇA SERÁ FEITA!”

Veja nas imagens:

VÍDEO: A ousadia de assaltantes que cometem dois roubos seguidos em SL

Bandidos roubam duas vítimas
Bandidos roubam duas vítimas

Um flagrante da ação de três assaltantes registrado na tarde desta segunda-feira (19) na rua 44 no bairro Coheb, mostra o tamanho da ousadia de marginais que agem cinicamente em plena luz do dia e diante de câmeras de segurança espalhadas pelas ruas de São Luís.

Os três meliantes estavam de bicicletas e cometeram dois roubos consecutivos no mesmo local, em seguida deixaram a rua como se nada tivesse acontecido.

Veja as imagens:

Prefeita Roberta Barreto de Axixá torra R$ 1,7 milhão com material permanente

Prefeita de Axixá, Roberta Barreto e abaixo o contrato milionário assinado por ela
Prefeita de Axixá, Roberta Barreto e abaixo o contrato milionário assinado por ela

A prefeita Roberta Maria Gonçalves Barreto (PMDB), do município de Axixá, anda fazendo uma farra com dinheiro público. Em um único contrato a peemedebista beneficiou a empresa E Marques Pereira-ME em quase R$ 2 milhões somente para o fornecimento de materiais permanentes para secretarias municipais, empresa esta que também já foi contemplada com inúmeros contratos em diversas prefeituras maranhenses.

Seria viável que o Ministério Público do Maranhão ficasse de olho nas ações da prefeita, afinal ela já foi denunciada antes por diversos motivos, correndo o risco de ter o mandato cassado.

Em 2013, a Justiça determinou o afastamento da gestora pelo prazo de 120 dias, devido a uma série de acusações de irregularidades administrativas, a exemplo de dispensa e afastamento de servidores públicos do quadro efetivo de forma verbal, edição de decreto para recadastramento do funcionalismo, com determinação de juntada dos extratos bancários dos meses de setembro a novembro de 2012, sustação de pagamento dos referidos servidores, relocação sem o devido processo administrativo e determinação para manipulação do ponto de freqüência.

Porém, não demorou nem 24 horas e o desembargador Jamil Gedeon do Tribunal de Justiça do Maranhão reformou a decisão do juiz Artur Azevedo Nascimento, da Comarca de Icatu, e determinou o retorno imediato da gestora.

Mas com gastos exorbitantes assim, a Justiça deve ficar atenta e fiscalizar de perto as ações da Prefeitura de Axixá e como tanto dinheiro vem sendo aplicado no município.