Vídeo: pacientes do Hospital São Domingos procuram médicos e nada!

90_bigNa tarde deste domingo o Blog recebeu a denúncia de um princípio de tumulto nas dependências do Hospital São Domingos.

No setor de emergência havia mais de 80 pacientes a espera de atendimento mas no local, só um médico ortopedista estava no plantão e nenhum clínico geral.

Veja as imagens dos pacientes invadindo consultórios do hospital mostrando que realmente não havia médicos plantonistas para atender a demanda que aumentou consideravelmente nos últimos dias.

Veja o vídeo:

Tumulto no Hospital São Domingos: pacientes invadem consultórios a procura de atendimento

90_bigO Blog do Minard foi informado de que está acontecendo um princípio de tumulto nas dependências do Hospital São Domingos, em São Luís.

Ocorre que na emergência do hospital há cerca de 80 pacientes esperando por atendimento e, segundo pessoas que se encontram no local, só há um médico ortopedista de plantão e nenhum clínico geral.

Ainda de acordo com informações, os pacientes revoltados invadiram consultórios e constataram a ausência de médicos plantonistas.

O caso já se espalhou pelas redes sociais.

IMG-20150329-WA0048

Aumento de passagens será alvo do MP e Procon. Mas por que?

Hoje as passagens de ônibus em São Luís estão mais caras
Hoje as passagens de ônibus em São Luís estão mais caras

O reajuste das tarifas do transporte coletivo de São Luís já está tendo diversas reações. Tanto o Ministério Público, por meio da midiática Lítia Cavalcante, quanto o Procon comandada pelo não menos midiático, Duarte Júnior, querem explicações sobre o aumento. Querem saber os motivos, as planilhas que levaram a Prefeitura de São Luís aceitar que as passagens fossem reajustadas.

O que tanto o MP esquece quanto o Procon – que claro, estão no papel de defesa do consumidor – é que o transporte coletivo é de natureza privada, o que significa que se há aumento de despesas, os valores dos serviços prestados devem também sofrer os devidos reajustes. Isso ocorre em todas as áreas. Aumento o valor da tarifa de energia elétrica, os produtos vendidos pelos supermercados também modificam. Se o combustível aumenta, outros serviços prestados também têm seus valores modificados.

E porque seria diferente com os serviços prestados pelas empresas de ônibus, que geram milhares de empregos em uma cadeia produtiva? O aumento das tarifas são parte de uma realidade necessária já que houve aumento de despesas. Não há como ter serviços de qualidade sem que tenha como bancar.

Só para listar, as empresas de ônibus tiveram que renovar parte da frota, aumentar os salários de cobradores e motoristas e ainda estavam desde o início do ano com reajuste considerados de combustível.

Então, é difícil o MP e o Procon contestar tais reajustes.

MADRE MIA! ATÉ PADRE FAZ SELFIE PORNÔ E FOTO VAZA NA INTERNET

download (1)É impressionante como aumenta a cada dia o número de adeptos a tirar os famosos selfies pornôs. Os exibicionistas estão espalhados nos quatro cantos do país. Até os sacerdotes perderam a noção do perigo.

Para a surpresa de moradores da pequena cidade de Miracema, no Rio de janeiro, um padre teve fotos íntimas vazadas através do WhatsApp e divulgadas em redes sociais. O sacerdote estava nu nas imagens, o que chocou a população.

Padre Alfredo nasceu no distrito de Paraíso Tobias, que pertence à Miracema, e, por alguns anos, foi o responsável pela paróquia de Santo Antônio. Há cerca de quinze dias ele havia sido transferido para Natividade devido à morte do antigo padre.

As fotos comprometedoras começaram a ser compartilhadas após a transferência. Elas foram divulgadas por uma mulher que se relacionava com o padre pelas redes sociais.

No fim da tarde deste sábado (28) o Bispado da Diocese de Campos dos Goytacazes afastou o padre, que não negou o que mantinha uma relação com a mulher.

Segundo o depoimento do sacerdote ‘taradão’ aos seus superiores, ‘o vazamento da foto teria sido uma armadilha para manchar sua imagem’.

MADRE MIA!

Estado e Prefeitura garantem instalação do Procon em Santa Inês

P8-yA primeira de muitas parcerias que virão ao longo dos próximos anos foi concretizada no interior do Estado durante esta semana. Em um ato solene, o governador Flávio Dino de Castro e Costa assinou o termo que cooperação que determina a instalação do Procon de Santa Inês.

O projeto de municipalização foi comemorado pelo prefeito de Santa Inês, José de Ribamar Costa Alves. “Não há mais dúvidas de que a parceria entre a prefeitura de Santa Inês e o Governo do Estado é, de fato, firme e frutífera. A população de Santa Inês foi, novamente, agraciada. Desta vez, Flávio Dino assinou Termo de Municipalização da Gerência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-MA). Agora sim, o Procon – Santa Inês será uma realidade no município de Santa Inês”, destacou Ribamar Alves.

O prefeito disse que após a solenidade de municipalização do Procon/Santa Inês, reuniu com o governador Flavio Dino, onde reafirmou o compromisso de fazer as parcerias entre o governo do Estado e o Município. “A brisa que sopra sobre a nossa cidade agora é muito diferente do terremoto que nos assolou durante 2013 e 2014. O Governo Para Todos em união com o Governo da Gente, com certeza, trará ótimos resultados para a população de Santa”, comemorou Ribamar Alves.

Nixon permanece no comando da Prefeitura de Bacuri, decide STJ

O vereador Nixon dos Santos (PMDB) permanece no cargo de prefeito de Bacuri
O vereador Nixon dos Santos (PMDB) permanece no cargo de prefeito de Bacuri

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu, nesta sexta-feira (27), manter no comando da prefeitura municipal de Bacuri, Nixon dos Santos (PMDB).

Ele é o substituto de José Baldoíno da Silva Nery (PP), afastado do cargo por determinação da Justiça na primeira quinzena deste mês. A decisão foi do desembargador Antonio Fernando Bayma Araújo, acatando o pedido da promotora de Justiça Alessandra Darub Alves, acusando o prefeito de improbidade administrativa.

Baldoíno já havia sido afastado em dezembro do ano passado, pelo prazo de 180 dias, por conta de fraudes no transporte escolar. Em outubro de 2014, teve os bens bloqueados na Justiça no valor de mais de R$ 6 milhões.

A notícia da permanência do vice-prefeito Nixon dos Santos à frente do Executivo Municipal agradou a população que estava insatisfeita com a administração de Baldoíno.

Acidente em Bacuri

acEm abril do ano passado, oito estudantes morreram e mais oito ficaram feridos quando estavam sendo transportados em uma caminhonete improvisada (‘pau de arara’), que bateu de frente com um caminhão carregado de pedras e caiu em uma ribanceira, na MA 303. Na ocasião 30 jovens estavam no veículo que capotou.

De acordo com as investigações, um menor de idade dirigia no momento do acidente.

O prefeito Baldoíno Nery e mais oito pessoas foram indiciadas pela morte e lesão corporal dos estudantes após investigação do Ministério Público do Maranhão (MP-MA) apontar fraudes da comissão de licitação do município referentes à prestação de transporte escolar.

Visita de ministros reforça parceria político-administrativa dos governos Flávio Dino e Dilma

Governador Flávio Dino foi recebido pela presidente Dilma Rousseff este mês
Governador Flávio Dino foi recebido pela presidente Dilma Rousseff este mês

Em menos de três meses de gestão, o governador Flávio Dino recebeu a visita de cinco ministros da presidenta Dilma Rousseff, no Palácio dos Leões. A intensa movimentação na ponte aérea ministerial Brasília/São Luís demonstra a ótima relação e o prestígio político do governador Flávio Dino com a presidenta Dilma. Afasta também um fantasma que rondou a sede do governo estadual durante os governos Zé Reinaldo e Jackson Lago, quando a vinda de ministros ao Maranhão era vetada pelo ex-senador José Sarney junto ao governo federal.

Neste ano, desembarcaram em São Luís os ministros George Hilton (Esporte), Arthur Chioro (Saúde), Eleonora Menicucci (Mulher), Valdir Simão (Controladoria Geral da União) e Juca Ferreira (Cultura). Todos anunciaram parcerias entre os governos do Estado e federal.

No ano passado, quando a ex-governadora Roseana Sarney cumpria seu último ano de mandato apenas o ministro Eduardo Cardozo (Justiça) veio ao Maranhão, durante a crise no sistema penitenciário de Pedrinhas.

Além de recepcionar os ministros, o governador Flávio Dino já esteve por duas vezes, neste ano, em audiência com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, além de ser recebido, na Esplanda dos Ministérios, pelos ministros do Turismo, da Educação, da Justiça, da Casa Civil, da Integração Nacional, das Cidades, do Desenvolvimento Social, da Articulação Política, da Ciência e Tecnologia e do Planejamento.

AÇÃO CONJUNTA – Primeiro a visitar o Estado, este ano, o ministro do Esporte, George Hilton, inaugurou a Pista de Atletismo da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e, ao lado do governador Flávio Dino, anunciou investimentos para o Complexo Esportivo Canhoteiro, para a reforma no parque aquático. Na oportunidade, o governador apresentou o Programa ‘Mais IDH’ e pediu apoio para desenvolver projetos no esporte, nas cidades beneficiadas pelo programa, como instrumento para recuperar a atratividade das escolas, promover a interação nas comunidades e melhorar a qualidade de vida dos maranhenses. Flávio Dino anunciou contrapartida de 50% de recursos para cada real investido pelo governo federal em projetos no esporte do Estado.

O ministro da Saúde, Arthur Chioro, também esteve em São Luís e junto com o governador Flávio Dino recepcionou 118 médicos que atuarão em 39 municípios do Estado a partir do programa ‘Mais Médicos’, do Governo Federal. Chioro aproveitou para reforçar o apoio ao Governo do Maranhão. “O governador Flávio Dino tem uma tarefa muito complexa, desafiadora, mas sabe que contará com todo o apoio do Governo Federal, dos ministérios envolvidos no projeto de construção de um futuro melhor para o Maranhão”, discursou.

Na visita da ministra-chefe da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Brasil, Eleonora Menicucci, foi reiterado o compromisso entre os governos para a construção da Casa da Mulher Brasileira. “São Luís poderia ter há mais tempo esta Casa, mas agora com a parceria prefeitura e governo, ela sairá do papel”, afirmou a ministra-chefe Eleonora Menicucci.

A parceria entre os governos estadual e federal foi ampliada também para a área de transparência com a assinatura do termo de adesão do Maranhão ao Programa Brasil Transparente. O documento assinado pelo ministro Valdir Simão e pelo governador Flávio Dino garantiu ao governo do Estado o auxílio da CGU na implementação da Lei de Acesso à Informação (LAI) e na adoção de medidas de governo aberto.

A visita mais recente foi a do ministro da Cultura, Juca Ferreira, nesta semana. Ele esteve em São Luís para assinar diversos convênios em prol da cultura do Maranhão e também inaugurar as primeiras obras realizadas: a reforma da Praça da Alegria e da fachada de azulejos do Solar Belfort, no Centro Histórico de São Luís. Além disso, a visita do ministro Juca Ferreira assegurou recursos na ordem de R$ 133,2 milhões para o Estado.

César Pires não deverá mesmo ter o comando do DEM no Maranhão

César Pires quer o comando do DEM no Maranhão
César Pires quer o comando do DEM no Maranhão

O deputado estadual César Pires (DEM) deverá mesmo procurar outra legenda para se filiar. Isso porque é provável que o comando do Democratas permaneça com Clóvis Fecury. Pires foi até Brasília falar com o presidente nacional da legenda, Agripino Maia, e reclamar que o partido no Maranhão está perdido e sem rumo.

Quando ouviu os relatos de um dos dois únicos deputados estaduais do DEM no Maranhão, Agripino se comprometeu em verificar quais as mudanças seriam possíveis. Disse que falaria com Clóvis Fecury (de quem o presidente nacional tem estreita relação de amizade há anos) para que este ficasse como presidente de honra da sigla no Maranhão.

Claro que Clóvis não aceitou e também disse que não aceitaria tirar o comando da comissão provisóriade São Luís das mãos de seu afilhado, Ricardo Guterres.

Clóvis Fecury e Ricardo Guterres são amigos do presidente nacional, Agripino Maia
Clóvis Fecury e Ricardo Guterres são amigos do presidente nacional, Agripino Maia

Com isso, Agripino Maia está agora tentando pelo menos alinhar César Pires com a direção estadual para que eles possam caminhar juntos e decidir o futuro do partido.

Mas pela disposição de César Pires, os capítulos seguintes dessa novela não serão recheados de amor. O deputado já avisou que se não ficar pelo menos com o comando municipal do DEM, vai fazer críticas ácidas até que ele seja convidado para deixar a sigla.

Humberto Coutinho passa por cirurgia em hospital de São Luís

humberto-1-presidente1-482x480Internado desde a noite desta sexta-feira (27), o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Humberto Coutinho (PDT) passa por uma intervenção cirúrgica na manhã deste sábado.

Ocorre que o parlamentar passa por problemas gastrointestinais e está aos cuidados do cirurgião especialista, o médico Orlando Torres.

No início do mês, Humberto já havia passado por uma cirurgia do mesmo porte no Hospital Sírio Libanês em São Paulo. E na ocasião, a esposa dele, a ex-deputada Cleide Coutinho, sofreu um infarto enquanto o acompanhava o marido. Ela submeteu-se a um cateterismo, sendo-lhe implantado um stent. A recuperação de Cleide foi satisfatória.

Humberto Coutinho havia retornado às suas atividades parlamentares Na Assembleia Legislativa no último dia 23.

CARLOS CHAGAS: A sombra da Desobediência Civil

 Diário Do Poder

Carlos Chagas
Carlos Chagas

As sucessivas derrotas do governo nas iniciativas e votações na Câmara e no Senado, traduzem-se no entrevero entre Eduardo Cunha e Renan Calheiros, de um lado, e Dilma Rousseff, de outro. Parece briga de dona Mariquinhas e do Maricota na disputa sobre qual das duas dispõe de goiabeiras mais carregadas em seus quintais.

A saída, para o governo, seria esperar que o Supremo Tribunal Federal denunciasse os presidentes da Câmara e do Senado como envolvidos no escândalo da Petrobras, mas esse procedimento, se concretizado, levará meses. A pergunta que se faz é se a presidente Dilma aguentará tanto tempo. Não que possa prosperar a tese do impeachment, muito menos a esperança de que Madame poderá renunciar. As duas hipóteses não são consideradas.

Por isso o impasse só se resolverá por uma trégua. Mesmo que a presidente mande hastear uma bandeira branca no mastro do palácio do Planalto, os presidentes da Câmara e do Senado imporão condições para a paz, já que vem ganhando a guerra. A primeira seria maior e permanente participação do PMDB nas políticas públicas e nas decisões de governo. A outra, que alargassem seus espaços de poder na Esplanada dos Ministérios.

De início o Lula sustentou que a sucessora se aproximasse mais do PMDB e de seus caciques. Agora parece que mudou. Para ele, a presidente não perdeu a capacidade de ferir, mesmo ferida. Para celebrar um armistício, a parte mais fraca precisa demonstrar força. Sendo assim, caso aprovada a proposta de Renan, de limitação máxima de 20 ministérios, o PMDB deveria ser o mais prejudicado. Afinal, Dilma ainda detém a caneta e o Diário Oficial.

O que mais preocupa Executivo e Legislativo é o desgaste de ambos frente à opinião pública. Equivalem-se os índices de desaprovação desses dois poderes. Se Dilma é vaiada onde comparece, apesar da blindagem, deputados e senadores já não usam mais os broches de lapela, identificadores de suas condições.

A sombra da desobediência civil ainda não cobre a Praça dos Três Poderes, mas quem perscrutar o horizonte sentirá seus sinais. O governo aumenta impostos, deixa os preços subirem e nada faz para conter o desemprego. O Congresso atenua e coíbe algumas maldades, mas nenhuma solução apresenta para corrigir os estragos. Por tudo isso, farão o quê, caso algum aventureiro propague a ideia de ninguém pagar Imposto de Renda?