Fazendo selfie, artista plástico cai de penhasco e morre

Pierre de Freitas morreu quando fazia um selfie
Pierre de Freitas morreu quando fazia um selfie

O artista plástico Pierre de Freitas morreu após cair de um penhasco na região da Serra do Carmo, na zona rural de Palmas, na manhã deste domingo (15). O acidente aconteceu em uma trilha de difícil acesso. Segundo os Bombeiros, o homem caiu de uma altura de cerca de 70 metros.

A perícia esteve no local e informou que, segundo relatos de testemunhas, ele estava no topo tentando fazer uma selfie, quando escorregou e caiu.

Pierre tem o título de Cidadão Palmense pelo trabalho artístico e foi presidente da Fundação Cultural de Palmas entre 2008 e 2010. Ele também era professor e tatuador.

No momento do acidente, Pierre estava acompanhado de uma turista canadense, que acionou os bombeiros por volta das 8h da manhã.

Conforme a corporação, o acidente ocorreu em uma trilha pouco utilizada. Parentes da vítima informaram aos militares, que Freitas sempre ia ao local fazer fotos.

A perícia informou ainda, que o corpo foi encontrado preso a uma árvore e no local havia muito sangue. Também foram encontrados os pertences da vítima como tênis, óculos e uma corrente de ouro que estavam espalhados pela vegetação por onde o corpo foi caindo.

O corpo foi resgatado pelo helicóptero da Secretaria de Segurança Pública e levado para o campo de tiros de Palmas, onde foi repassado ao Instituto Médico Legal sendo liberado logo em seguida.

Do G1 TO

Facebook vira ferramenta de cobrança a caloteiros

Foto Reprodução

É difícil encontrar quem não tenha visto nos jornais ou na televisão alguma reprodução das fotos da jornalista Claudia Cruz, a mulher do ex-deputado federal Eduardo Cunha, postadas no Facebook e que delatavam as viagens internacionais do casal, regadas a gastos milionários com o cartão de crédito, e que levaram procuradores da Lava Jato a associar as viagens a contas na Suíça. Por mais que pareçam ostentação, as “delações” espontâneas pelas redes sociais parecem ter virado febre e não se restringem ao mundo da política ou dos famosos. Elas têm sido um dos pontos de partida para investigadores privados correrem atrás do patrimônio oculto de caloteiros, que sumiram com seus bens para evitar pagar empréstimos que pegaram nos bancos.

Enquanto Claudia Cruz desfilava com suas fotos em Paris, Dubai e Roma, em Campinas, interior de São Paulo, um empresário italiano, dono de um negócio de robôs dançantes, não podia imaginar que a foto de sua família à beira da piscina pudesse comprometer o patrimônio que tinha colocado no nome de terceiros para evitar pagar uma dívida milionária. A foto, publicada por um parente no Facebook, revelava os contornos de uma piscina curvilínea, muito diferente das tradicionais. O aspecto pouco comum do pátio foi suficiente para que uma mansão fosse identificada por meio do Google Earth, o dispositivo do Google que mostra imagens da terra capturadas por satélite.

A partir daí, os investigadores da Jive Investments, que administra R$ 800 milhões em fundos que compram créditos inadimplentes de bancos, conseguiram desbaratar o patrimônio do empresário que estava na mão de terceiros. A Jive tem oito mil créditos para cobrar e, segundo Guilherme Ferreira, sócio da gestora, nenhum deles fica esquecido. A tática é justamente fazer com que a pessoa esqueça e baixe a guarda. “Depois de tanto tempo rolando um processo, a pessoa nem percebe que está se expondo”, diz Ferreira.

A rede social é o ponto de partida para saber que tipo de vida a pessoa leva, por onde circula, se tem dinheiro, que tipo de compras e que viagens faz. Mas as investigações vão além. Saber da paixão pelo time de futebol pode ser bastante útil, por exemplo. Os juízes hoje podem impedir que um cidadão vá assistir ao jogo no estádio, pode bloquear passaporte, carteira de motorista ou mesmo o cartão de crédito, se houver uma dívida que não foi paga.

Tudo isso tem o efeito de trazer o devedor para a negociação. Qualquer quantia que os gestores de fundo recuperem, pode fazer os fundos darem saltos de rentabilidade.

Mas não é só no setor privado que as investigações são ferramentas para recuperar crédito. No ano passado, a Procuradoria-geral do Estado de São Paulo iniciou uma força-tarefa para provar aos juízes que empresas estão usando inúmeros CNPJs para despistar dívidas com o Fisco estadual. A subprocuradora-geral, Maria Lia Pinto Porto Corona, diz que a equipe já conseguiu pelo menos uma vitória ao demonstrar ao juiz que diferentes supermercados que sofreram atuações fiscais pertenciam ao mesmo grupo, o Futurama. Conseguiram assim que o juiz permitisse a penhora de parte do faturamento da empresa.

Do Estadão

SEMA vistoria ocupações irregulares dentro do Parque Estadual do Bacanga

Apreensões e embargos foram feitos após operação deflagrada pela Sema e Batalhão de Polícia Ambiental

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) deflagrou operação de fiscalização no Parque Estadual do Bacanga, com o objetivo de vistoriar atividades ilegais dentro da Unidade de Conservação. A ação teve o apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA). A vistoria iniciou no mês de dezembro, quando os técnicos da Secretaria fizeram um sobrevoo pela Unidade de Conservação, onde identificaram ocupações irregulares no local.

A ação teve o apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA)
A ação teve o apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA)

A ação de fiscalização resultou em autos de infração, multas, apreensão de materiais e equipamentos e embargos. Foram apreendidas enxadas, picaretas, martelos, barras de ferro e etc, de uma Pedreira. O estabelecimento extraia o laterita, um tipo de solo muito alterado com grande concentração de hidróxidos de ferro e alumínio. Lá, além da atividade irregular, cerca de 12 trabalhadores se encontravam em condições sub-humanas de trabalho.

Outra constatação foi uma área de extração de areia dentro da drenagem direta da Lagoa do Batatã. Segundo o encarregado da obra, são retirados de 15 a 20 carradas de areia por dia. A área foi embargada. Além disso, há fábricas de asfalto, criação de animais, casas construídas e condomínios em construção, etc.

Na ocasião, foram lavrados três autos de infração, três notificações, e foram georreferenciadas áreas de invasão e de roça. “O trabalho continua porque a área possui quase 3 mil hectares. Mas, vamos percorrer toda a área e combater esses crimes”, disse o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Marcelo Coelho.

De acordo com a superintendente de Biodiversidade e Áreas Protegidas, a bióloga Janaina Dantas, “o Parque Estadual do Bacanga é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral e não permite o uso direto dos seus recursos”.

“É neste sentido que estamos realizando o levantamento de todas as atividades irregulares desenvolvidas no interior da UC para que a SEMA tome as medidas necessárias para punir os culpados e minimizar os impactos diagnosticados”, destacou o secretário.

A inspeção continua durante todo esse semestre, como forma de coibir os crimes ambientais na UC.

ARTIGO: Educação, verdadeira ponte para nosso futuro

Governador Flávio Dino

Por Flávio Dino

Para que alcancemos estruturas sociais mais justas, precisamos da ação transformadora de todos que são vítimas da terrível desigualdade que marca o Brasil. Esse sujeito coletivo emancipador, para sua plena constituição, depende da universalização de oportunidades de acesso ao conhecimento. Por isso, o Governo do Maranhão está fazendo o maior investimento da história na melhoria da nossa educação.

Como foi bonito ver, na última sexta-feira, a TV Globo reconhecer o Maranhão como o Estado que hoje paga o maior salário do Brasil aos professores. E é muito bom saber que essa vitória é acompanhada de muitas outras: a unificação de matrículas e a ampliação de jornada, mediante editais específicos; a realização de mais de 18.000 progressões e concessões de gratificação por titulação; a realização de eleições democráticas para diretores de escola, entre tantas medidas.

No terreno da infraestrutura, em breve passaremos de 500 escolas reconstruídas ou reformadas, patamar jamais alcançado anteriormente. E temos dezenas de novas escolas e quadras esportivas em escolas em construção. Deste modo, progressivamente teremos uma melhor estrutura para a aprendizagem, evidentemente desde que todos ajudem a preservar o patrimônio público.

Outra grande conquista é que já saímos do patamar zero no que se refere à educação em tempo integral. Isso graças ao esforço para funcionamento de 3 Institutos Estaduais de Educação, Ciência e Tecnologia (IEMA) e de outros 4 que serão inaugurados agora em março. No mesmo mês, teremos também a abertura de mais 11 escolas em tempo integral, totalizando 18 quando somamos com os 7 IEMAs. Ou seja, estamos fazendo em apenas dois anos o que não fizeram em décadas de desgovernos coronelistas.

As escolas em tempo integral, do tipo IEMA ou acadêmicas, estão sendo complementadas pelos Núcleos que atenderão a várias escolas simultaneamente. Semana passada, autorizei o início das obras de mais 7 Núcleos, cada um com investimento de R$ 5,5 milhões, que se somarão a 2 já em andamento.

Deste mês de janeiro até março, vamos inaugurar e entregar aos municípios cerca de 90 escolas de educação infantil e ensino fundamental, substituindo escolas de taipa, barracões etc. E até o final do ano, serão 200 novas escolas deste tipo.

No ensino universitário, investimos na melhoria física do Campus da UEMA em São Luís, além de termos ampliado as suas vagas. E temos orgulho de manter um amplo programa de bolsas na FAPEMA, enquanto muitos Estados estão em total inadimplência. Mas o principal fato da semana, sem dúvida, é a instalação da tão sonhada Universidade Estadual da Região Tocantina, a UEMASUL, com a posse da 1ª Reitora, a Prof. Dra. Elizabeth Fernandes.

Para confirmar esse vasto rol de realizações, esta semana entregarei mais 18 ônibus escolares, de um total de 64 veículos adquiridos em parceria com o governo federal. Com investimentos de R$ 11 milhões, esses ônibus estão atendendo aos alunos residentes em áreas rurais, para deslocamento à escola.

Não posso concluir sem falar da alegria de ver as fotos das mães que já começaram a usar seus cartões do Bolsa Escola para comprar material escolar para seus filhos. São mais de 1 milhão de alunos beneficiados, cada um com o valor de R$ 51,00. Esse programa inovador do Governo do Maranhão está eliminando as cenas de alunos com um pedaço de papel e metade de um lápis tentando apreender alguma coisa, mesmo que sem o material básico.

São ações que comprovam nosso compromisso prático com a educação, estratégia essencial para que possamos viver melhor em sociedade, com menos desigualdades e injustiças. As sementes estão sendo plantadas e os frutos já começam a ser colhidos. Novas conquistas certamente virão. Porque iniciamos uma trilha sem volta de mudanças para um Maranhão de todos nós.

Após prisão, dono da Choperia Marcelo diz que armas eram para segurança da casa

Um dos presos é o dono da Choperia Marcelo

A Choperia Marcelo foi criada dia 03 de maio de 1989, já estando 28 anos proporcionando para todos os seus clientes boas músicas, seguranças, conforto e cerveja gelada.

Em todos esses anos a casa conquistou grandes parceria. Temos uma banda sensacional Grupo Digital com boa música tocando toda Quarta à Domingo na Choperia Marcelo.Tudo isto sem registrar nenhuma confusão, uma casa que sempre cumpriu a lei pagando seus impostos, gerando renda, empregos e respeitando a lei do silêncio, destaca Jânio Maciel um dos proprietário da casa.

Fizemos grandes shows com grandes artistas do Brasil todo como Pablo do Arrocha, Léo Magalhães, Silvanno Salles, Zezo Dos teclados, Amado Batista, Roberta Miranda e muito mais.

Na sexta a casa foi surpreendida pela polícia por denúncia anônima de que teria armas em suas dependências e informou que essas armas são para fazer a segurança da casa, quando a mesma se encontra fechada devido o grande número de assaltos que vem sendo praticados em nossa cidade.

O proprietário Jânio Maciel, informou que durante seus 28 anos de funcionamento nunca houve incidente envolvendo a choperia Marcelo com relação a sua segurança, ou quaisquer outro tipo.

Que a população do Maranhão é sabedora que a Choperia Marcelo, não pratica nenhum tipo de ilícito e que seus frequentadores são pessoas de bem.

Finalizando, o proprietário senhor Jânio Maciel afirma que provará que essas acusações são infundadas, e que sua casa manterá de forma honrosa o respeito que sempre recebeu da população ludovicense.

Entenda o caso aqui.

Casa da ‘Mãe Joana’: Palácio do Planalto não tem câmeras de segurança desde 2009

Palácio do Planalto em Brasília

O ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, afirmou que o Palácio do Planalto, sede da Presidência da República, não tem câmeras de segurança desde 2009.

A declaração de Etchegoyen foi dada em entrevista à revista “Veja” e a TV Globo confirmou a informação com o ministro neste sábado (14).

Na entrevista, ele disse, também, achar que a retirada foi proposital e que a situação “era de descontrole”. O general afirmou que impediram que as câmeras fossem recolocadas e que o palácio passou anos em que, convenientemente, não houve registro de imagens.
No palácio, funcionam, além da estrutura que atende aos servidores da Presidência, os gabinetes do próprio presidente e dos ministros da Casa Civil, da Secretaria de Governo e do GSI.

Segundo Sérgio Etchegoyen, as câmeras foram retiradas do palácio em 2009, no governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, quando o Planalto passou por uma reforma (leia mais abaixo o que disseram o Instituto Lula e a assessoria da ex-presidente Dilma).

À TV Globo, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional informou, ainda, que foi aberto um processo de licitação para a instalação de novas câmeras.

Etchegoyen também disse que, ao assumir o GSI, em maio do ano passado, estranhou a ausência das câmeras de segurança.

Por fim, ele afirmou também que, em investigações ou pedidos do Congresso de imagens internas do Planalto, tem sempre de responder que não dispõe das imagens.

O que dizem Lula e Dilma

Procurado, o Instituto Lula não esclareceu por que as câmeras foram retiradas e nem por que não foram reinstaladas. Declarou apenas que, durante a presidência de Lula, a agenda dele sempre foi pública e acompanhada pela imprensa.

A assessoria da ex-presidente Dilma Rousseff informou somente que “a responsabilidade pela segurança dos palácios presidenciais e das residências do presidente e do vice-Presidente sempre foi atribuição do Gabinete de Segurança Institucional (GSI)” mas também não explicou por que as câmeras não foram reinstaladas.

O general Jorge Armando à época à frente do GSI, não foi encontrado para comentar a reportagem.

Fonte: G1

Em capotamento na BR 010, motorista saca do carro e morre afogado em lamaçal

Foto Reprodução: PRF

O condutor de uma caminhonete morreu em um grave acidente ocorrido na madrugada deste sábado (14) no Km 314 da BR 010.

A Hilux de cor branca se deslocava no sentido crescente da rodovia, de São Francisco do Brejão para Açailândia, possivelmente em alta velocidade, quando o condutor perdeu o controle da direção. O veículo saiu de pista e capotou várias vezes.

O motorista identificado como Adailton de Souza Santos, foi sacado fora do veículo e, conforme relatado pelo médico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), teria morrido afogado, pois caiu de bruços na vegetação alagada devido às fortes chuvas na região.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal em Açailândia esteve no local e confeccionou o Boletim de Acidente de Trânsito.

Foto Reprodução: PRF
Foto Reprodução: PRF
Foto Reprodução: PRF

Prefeita de Rosário pode ter fraudado assinatura em disputa pela FAMEM

Irlahi Linhares, prefeita de Rosário

Para tentar agradar a oligarquia Sarney, a prefeita Irlahi Moraes (PMDB) mirou sem sucesso o comando da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM). Porém, ela e seus assessores cometeram um crime grave, passível de pena que vai de pagamento de multa até prisão por um período de dois anos.

A peemedebista falsificou a assinatura do prefeito de Marajá do Sena, Lindomar Araújo (PROS), e a utilizou para tentar inscreve-lo em sua chapa, cujo registro foi indeferido. A acusação foi apresentada em documento pelo prefeito de Marajá do Sena, Lindomar de Araújo (PROS), junto à Comissão Eleitoral. “Não autorizei e nem assinei nenhum documento com essa finalidade para a referida chapa”, garante o prefeito Lindomar Araújo, que pediu providências da comissão eleitoral.

Antes mesmo de ter a candidatura indeferida, a chapa de Irlahi foi desidratada com a desistência de pelo menos quatro outros integrantes. Os prefeitos de São Benedito do Rio Preto, Maurício Fernandes (PCdoB); de Paulino Neves, Roberto Mauês (PP); de Lago do Junco, Osmar Fonseca (PP) e a prefeita de Anapurus, profª Vanderly (PSDB) tomaram decisão semelhante.

Apenas o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema (PSB), está apto a disputar a eleição, que acontece nesta segunda-feira (16), das 8h30 às 17h30, na sede da Federação, em São Luís.

As provas são muito claras, o primeiro documento consta o nome de Lindomar, escrito de punho, como integrante da chapa comandada pela prefeita. (Veja abaixo)

O outro mostra requerimento assinado por Lindomar Araújo e que foi encaminhado por ele para a diretoria da Federação solicitando a retirada de seu nome da chapa “FAMEM de Todos”, encabeçada por Irlahi. Araújo afirma que não assinou nenhum documento e, tão pouco, autorizou que seu nome fosse colocado na chapa da peemedebista. Detalhe, toda a documentação foi entregue fora do prazo final de inscrição.

Sem alternativa e desmoralizada, Irlahi promete judicializar o pleito para agradar o senador João Alberto (PMDB).

Foto Reprodução: Blog Marrapá

Do Blog Marrapá

Militares do Centro Tático Aéreo do Maranhão ajudam a salvar vidas

CTA transporta paciente que precisa de transplante

Militares do Centro Tático Aéreo do Maranhão (CTA-MA) realizaram na manhã desta sexta-feira (13), por volta das 11h35min, uma importante operação em prol de um paciente maranhense que precisava se deslocar com urgência para outro Estado.

A aeronave Águia 01, de prefixo PR-MRH, decolou da heliponto do Centro com destino à cidade de Fortaleza, no Ceará, com a tripulação composta do Major Onildo e Delegado Mayron, comandante da aeronave e copiloto, respectivamente, e o médico Dr. Daniel Nery, a enfermeira Marcelle, o mecânico Murillo, a companhante do paciente Rosilene Amarante e o paciente Manoel da Conceição Sousa Filho, de 53 anos de idade.

O referido paciente foi transportado para o Hospital Geral da capital cearense para recebimento de um transplante hepático (fígado). O helicóptero pousou no Aeroporto Internacional de Fortaleza por volta das 14h50min.

O transporte foi realizado em apenas 03h de voo. Se o mesmo fosse feito por via terrestre, seria em média de 14h00min e o paciente correria o risco de perder o transplante.

CTA transporta paciente que precisa de transplante
CTA transporta paciente que precisa de transplante
CTA transporta paciente que precisa de transplante

Bomba! Dono da Choperia Marcelo é preso com arsenal de armas

Um dos presos é o dono da Choperia Marcelo

A Polícia Civil, por intermédio da Superintendência Estadual de Repressão ao Narcotráfico – SENARC, deu cumprimento nesta sexta-feira (13) a dois mandados de busca e apreensão domiciliar no bairro Forquilha, em São Luis.

Foram presos Marcelino Maciel Neto, dono da Choperia Marcelo, Jornandes da Silva Maciel e Suamy da Silva Maciel. O conduzido Suamy já foi preso por tráfico de drogas, no ano de 2016, no município de São Luís Gonzaga/MA.

O conduzido Marcelino já responde a processo criminal por homicídio ocorrido no ano de 2013, no município de Bacabal/MA.

Durante a operação policial, foram apreendidas 8 (oito) armas de fogo, sendo: 04 espingardas, calibre 12; 01 rifle, calibre 38; 02 revolveres, calibre 38 e 01 pistola GLOCK, calibre 40, com numeração suprimida.

Há suspeita de envolvimento do trio no tráfico de drogas.