VÍDEO: forte chuva faz parte do teto do Shopping Rio Anil desabar em São Luís

A forte chuva da noite desta quarta-feira (18) causou muitos transtornos e prejuízos em vários bairros de São Luís.

Nem a parte externa da loja Renner no Shopping Rio Anil, localizado na Avenida São Luís Rei de França, escapou. Em meio a força das águas, parte do teto do lado de fora do estabelecimento comercial desabou, chamando atenção de clientes e funcionários que estavam no local.

Com o ocorrido grande parte da fiação elétrica ficou exposta causando riscos a quem estava por perto.

O Shopping Rio Anil emitiu uma nota esclarecendo o incidente.

NOTA ESCLARECIMENTO

O Rio Anil Shopping esclarece que a forte chuva da noite desta quarta-feira, 18, provocou um ponto de infiltração no forro do piso L1, sendo registrado apenas danos materiais. Por segurança, a área foi isolada e os reparos já foram feitos. O shopping segue funcionando normalmente.

Raio mata jovem de Pindaré Mirim que trabalhava como pedreiro em Santa Inês

Adriano morreu atingido por um raio quando trabalhava numa obra em Santa Inês

O tempo chuvoso fez uma vítima fatal na cidade de Santa Inês, no Maranhão, no fim da tarde desta quarta-feira (18).

O jovem Adriano Oliveira Pereira, de 26 anos de idade, era morava no Povoado Colônia Pimentel, no município de Pindaré Mirim, e se deslocava todos os dias para uma obra localizada no Contorno das BR’s 316 com 222, em Santa Inês, onde trabalhava como ajudante de pedreiro.

Vítima de uma forte descarga elétrica, Adriano esperava a chuva passar encostado em uma placa e segurava uma enxada quando fora atingido por um raio indo. Ele morreu na hora. O celular dele ficou completamente destruído.

A Polícia Civil foi acionada e o corpo do jovem Adriano foi levado para o Hospital Municipal Tomaz Martins. Após perícia foi liberado para procedimentos funerários.

Só 34 dos 217 municípios do Maranhão são ‘Fichas Limpas’; veja a lista

Caldas Furtado, presidente do TCE

Se as festas carnavalescas acontecessem nos próximos dias, 183 municípios maranhenses estariam impedidos de conveniar com o governo do estado e, desta forma, obter recursos para a realização do período momesco.

A lista com os nomes das cidades está disponível no portal do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão. Confira aqui ou leia abaixo.

A situação dos municípios foi considerada irregular devido a problemas relacionados ao Portal da Transparência.

Enquanto alguns, sequer, possuem a ferramenta exigida em lei, outros não se adequaram aos critérios estabelecidos pela Corte de Contas, quais sejam: existência do site eletrônico, nome padrão, tempo real atendido e padrão mínimo de qualidade.

O presidente do Tribunal, conselheiro José Ribamar Caldas Furtado, foi enfático ao afirmar que os municípios que estão na categoria irregular, caso não se adequem as normas estabelecidas, não poderão conveniar com o governo do estado para receber recursos para realização do Carnaval, por exemplo.

“Este será o primeiro Carnaval da Transparência. Aquele que não se adequar ao que é exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, estará impedido de conveniar”, declarou Caldas Furtado ao Blog do Glaucio Ericeira.

O presidente informou ainda que, caso haja descumprimento, governo do estado e o município que obtiver o convênio serão rigorosamente punidos.

O conselheiro explicou que o objetivo do TCE não é penalizar a cidade ou gestor, mas fazer com que os dispositivos de transparência sejam cumpridos.

Ele afirmou que os prefeitos (eleitos e reeleitos), cujos municípios estão nesta situação, podem procurar a Corte de Contas e obter informações detalhadas sobre como se adequar.

“Possuímos corpo técnico qualificado para orientar o prefeito e ajuda-lo a se adequar ao que determina a lei. Queremos contribuir com as administrações e precisamos que elas tenham esse interesse recíproco”.

Municípios que hoje, segundo o TCE, estão aptos a celebrar convênios: Açailândia, Apicum- Açu, Arari, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Bom Lugar, Buritirana, Cantanhede, Caxias, Cidelândia, Codó, Coroatá, Dom Pedro, João Lisboa, Lago dos Rodrigues, Matinha, Matões do Norte, Monção, Olho D’água das Cunhas, Passagem Franca, Pedreiras, Poção de Pedras, Raposa, Ribamar Fiquene, Rosário, Santo Antônio dos Lopes, São Bernardo, São Domingos do Maranhão, São Luís, São Mateus do Maranhão, Timbiras, Trizidela do Vale, Tuntum e Viana.

Do Blog do Glaucio Ericeira

Com a chuva, muro de condomínio em São Luís desaba sobre carros e arrasta moto

Estragos provocados pelas chuvas em condomínio de São Luis
Estragos provocados pelas chuvas em condomínio de São Luis

As chuvas fortes que caíram na noite desta quarta-feira (18) e se estenderam pela madrugada de hoje (19) causaram sérios transtornos e prejuízos para moradores do Condomínio Residencial Village das Palmeiras II, localizado na Rua do Aririzal no bairro Cohama, Região Metropolitana de São Luís.

O muro desabou, derrubando a cerca elétrica e atingindo mais de dez carros que estavam parados no estacionamento. Uma motocicleta foi arrastada pela correnteza. Parte do asfalto do local foi arrancada com a força das águas.

Moradores do local atribuíram a culpa à Construtora Canopus que teria feito o muro sem nenhum alicerce.

Mais de 10 carros foram atingidos em condomínio de São Luis
Mais de 10 carros foram atingidos em condomínio de São Luis
Os prejuízos foram grandes para moradores
Os prejuízos foram grandes para moradores
Esta motocicleta foi arrastada pela chuva
Esta motocicleta foi arrastada pela chuva

Em carta pública, deputados americanos criticam Moro e defendem Lula

Americanos acusam Moro de perseguir Lula

Um grupo de 12 deputados do Partido Democrata dos Estados Unidos divulgou nesta quarta-feira (18) uma carta pública em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em que acusa o juiz Sergio Moro de persegui-lo por meio de decisões “arbitrárias”.

A carta, obtida pela Folha, é endereçada ao embaixador do Brasil em Washington, Sergio Amaral, e afirma que o ex-presidente está sendo “perseguido”. “Estamos especialmente preocupados com a perseguição do ex-presidente Lula da Silva, que viola as normas de tratados internacionais que garantem o direito da defesa para todos os indivíduos.”

“Exortamos as autoridades federais do Brasil a fazer todo o possível para proteger os direitos dos manifestantes, líderes de movimentos sociais e líderes da oposição, como o ex-presidente Lula”, diz a missiva.

Segundo o texto, o governo de Michel Temer tem agido “para proteger figuras políticas corruptas, para impor uma série de políticas que nunca seriam apoiadas em uma eleição nacional e pressionar adversários nos movimentos sociais e nos partidos de oposição.”

Na carta do grupo liderado pelo deputado democrata John Conyers, os legisladores afirmam que “Lula se mantém como uma das figuras políticas mais populares no Brasil de hoje e é visto como uma série ameaça nas urnas por seus oponentes políticos”.

“Nos últimos meses, ele tem sido alvo de uma campanha de calúnias e acusações não comprovadas de corrupção pelos grandes veículos privados de mídia alinhados com as elites do país.”

Também assinam a missiva alguns sindicatos e think tanks americanos, entre eles a central sindical AFL-CIO, que tem mais de 12 milhões de membros.

“Lula tem sido alvo de um juiz, Sergio Moro, cujas ações parciais e arbitrárias tem ameaçado seu direito de defesa. Por exemplo, o juiz ordenou a prisão arbitrária [a condução coercitiva, em março de 2016] do ex-presidente só para servir de intimação, embora não houvesse nenhuma indicação de que o ex-presidente não quisesse depor na Justiça.”

O texto critica também a PEC do teto de gastos do governo Temer, dizendo que “vai reverter anos de avanços econômicos e sociais”, além de atacar o impeachment de Dilma Rousseff.

Em julho, um grupo de deputados havia publicado uma carta contra o processo de impeachment, assinada por 39 deputados democratas e 20 organizações.

Fonte: Folha de S. Paulo 

Caso Funac: Governo e comunidade dialogam e via da Aurora é desobstruída

Rua Frei Hermenegildo sendo desobstruída na noite de hoje (18)
Rua Frei Hermenegildo sendo desobstruída na noite de hoje (18)

Após constante diálogo com a comunidade da Aurora, foi feita a liberação, na noite desta quarta-feira (18), da via interditada no bairro. O Governo do Estado manteve diálogo aberto e constante com a população a fim de encontrar a melhor solução entre os interesses da população e os adolescentes que cumprem medida de internação no Centro de Juventude Aurora, mantido por meio da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac).

“A desobstrução da Rua Frei Hermenegildo é o resultado do diálogo aberto entre o Governo do Estado e a comunidade da Aurora. É pelo diálogo que se busca os pontos de convergência, a solução dos conflitos, a exemplo do trânsito livre para os alunos que iniciam o período escolar e o trânsito livre na frente da Unidade da Funac”, explicou o secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves.

O entendimento da comunidade foi que a interdição estava causando dificuldades para transitar dentro do bairro e para ter acesso ao transporte público. A desobstrução foi feita pela própria comunidade, com o suporte da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), que recolheu os entulhos do local.

A unidade na Aurora já iniciou funcionamento e acolhe atualmente sete adolescentes, sendo a capacidade para 17 jovens. Os adolescentes foram transferidos do Centro de Juventude Canaã, localizado no Vinhais e que atende na modalidade internação provisória. Outras unidades da Funac estão em fase de obras, e, assim que prontas, aumentarão o número de vagas e acabarão com regime de locação.

Rua Frei Hermenegildo sendo desobstruída

Arrumando a casa! Prefeitura de Zé Doca começa a pagar servidores em atraso

Josinha Cunha, prefeita

Além de receber o município completamente abandonado e com serviços básicos funcionando de forma deficiente a prefeita de Zé Doca Josinha Cunha (PR), ainda encontrou outro grande desafio, pagar os servidores públicos em atraso. Essa falta de pagamento deixou a economia do município inerte, pois como todos sabem, o funcionalismo em atraso atinge diretamente o comércio que deixa de receber e consequente de vender devido a inadimplência.

A prefeita Josinha Cunha é categórica em afirmar que foi eleita não para se lamentar da situação, e sim, através de parcerias e de uma boa equipe de trabalho, buscar soluções para os graves problemas que afligem o município.

Nesse intuito, a prefeitura realizou nesta quarta-feira (18), o pagamento dos efetivos da saúde e também dos agentes de endemias, salários em atraso do mês de dezembro. A meta do atual governo é tirar Zé Doca da inadimplência para que o servidor trabalhe com mais motivação a partir do momento em que os seus proventos se encontram em dias.

Do Blog do Maycon Alves

Após óbito em São Luís, venda de Noz da Índia é suspensa no Maranhão

Após ocorrência registrada no Plantão Central da Policia Civil no Centro da capital e um documento protocolado na Secretaria de Estado da Saúde por familiares de Raquel Cristina Ferreira Araújo – funcionária do Tribunal de Justiça do Maranhão, de 54 anos de idade, que morreu na semana – a Superintendência de Vigilância Sanitária do Maranhão (Suvisa) determinou a suspensão da comercialização do produto Noz da Índia.

Raquel fazia uso do mendicamento, perdeu peso mas antes de falecer foi diagnosticada com esteatose hepática severa, colecistite aguda e infiltração gordurosa no pâncreas. Segundo familiares, ela só teria apresentado todo esse quadro depois que passou a ingerir a Noz da Índia.

A Suvisa informou que o produto, indicado para emagrecimento, não possui comprovação da eficácia e da segurança do seu uso, além de não possuir registro no Ministério da Saúde.

Veja a nota da Superintendência de Vigilância Sanitária do Maranhão:

Nota Oficial da Suvisa
Nota Oficial da Suvisa

Programa Escola Digna melhora índices educacionais do Maranhão

Secretário de Educação Felipe Camarão

As ações em curso do programa Escola Digna do Governo do Maranhão, desenvolvidas através da Secretaria de Educação, já começaram a impactar positivamente nos índices educacionais do Estado.

Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) apontam que em matemática, a média do estado na escala de proficiência do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), em 2013, era de 238,65 e subiu em 2015 para 246,56, demonstrando um crescimento de 7,91 em 2015 no conhecimento em Matemática. Em Língua Portuguesa, em 2013, a média no Saeb era de 236,27, e saltou para 244,86 em 2015, com o crescimento de 8,59 em 2015, resultado considerado bom para o Ensino Médio.

Os dados divulgados em setembro de 2016 pelo Inep apontam também crescimento em relação ao índice de aprovação e na média padronizada de Língua Portuguesa e Matemática na evolução entre os anos 2013 e 2015, superando, inclusive, estados que tiveram a média em Português e Matemática com decréscimo, como São Paulo, Rio de janeiro, Minas e Rio Grande do Sul.

No Ensino Médio, cuja responsabilidade por 97% da matrícula é do Governo do Estado, o Maranhão saiu do resultado de 2,8 em 2013 para 3,1 em 2015, um crescimento de 0,3 pontos no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) de um ciclo para outro. No comparativo em que se leva em consideração apenas a rede pública estadual de ensino, o Maranhão fica à frente do Pará, Mato Grosso, Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas e Sergipe.

Outros Avanços

– O Maranhão foi apontando como o Estado que atualmente paga o maior salário do Brasil aos professores;

– Realização de mais de 18 mil progressões;

– Eleições diretas para gestores escolares;

– Mais de 500 escolas reformadas até o 1º semestre de 2017;

– 3 Institutos de Educação Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) inauguraram a educação profissional de tempo integral no estado;

– Em 2017 serão 18 escolas com tempo integral em todo o estado;

– Até março, 90 escolas de educação infantil e ensino fundamental serão entregues aos municípios, substituindo construções de taipa e galpões inadequados;

– Mais de 1 milhão de estudantes estão sendo beneficiados com o programa de complementação de renda para compra de material escolar Bolsa Escola.

Massacre vira fonte de renda: recorde em vendas, DVD exibe chacina em Manaus

DVD ‘FDN x PCC – o massacre’

Duas semanas após a maior a rebelião do Amazonas, vendedores ambulantes de Manaus começaram a comercializar um DVD ‘pirata’ que reproduz vídeos do massacre ocorrido no último dia 1º, no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), que deixou um saldo de 56 mortos e 255 presos foragidos.

Intitulado ‘FDN x PCC – o massacre’, o DVD possui oito vídeos – já amplamente replicados nas redes sociais no período da crise no sistema prisional do Estado. No produto, apenas um dos vídeos é inédito e não está vinculado a nenhuma rebelião que aconteceu nas unidades prisionais da cidade.

Ao dar o play no DVD, a tela inicial mostra ao telespectador as opções de vídeos que pode escolher para assistir e, ao fundo, a trilha do produto é o funk feito pela facção responsável pelo massacre, a Família do Norte (FDN). Além dos vídeos, também é exibido um vídeo com a matéria que foi ao ar no Fantástico sobre a chacina, no dia 8 deste mês.

A reportagem EM TEMPO percorreu vários pontos do Centro da capital amazonense a procura de uma cópia do DVD, mas, segundo os vendedores, o produto já estava em falta porque tem sido um sucesso de vendas.

“Acabou no mesmo dia que chegou. Vendeu igual água. As pessoas gostam de ver desgraça”, disse uma ambulante que preferiu não se identificar.

Um outro vendedor do Centro da cidade, que também não quis dar o nome, falou que foram deixados no local 500 cópias do DVD para serem vendidos pelo valor de R$ 2 pelos ambulantes que atuam na localidade.

A reportagem só conseguiu uma cópia do DVD em uma barraca ao lado do mini shopping da Compensa, na avenida Brasil, Zona Oeste. No local, o produto estava sendo revendido a R$ 3.

“Essa é a última cópia. Quando chegou, começamos a gritar ‘olha o DVD do massacre do Compaj’ e as pessoas se aproximaram e começaram a comprar”, contou o vendedor.

Ele disse ainda que já foram feitas novas encomendas. “Como vendeu bem, encomendamos mais cópias. Acredito que vai chegar amanhã (terça-feira) e vai ser sucesso de vendas novamente”, disse, otimista.

Investigação

A assessoria da Polícia Civil informou que o caso está sob investigação. Policiais foram ao Centro em busca dos DVDs e somente com o conhecimento e análise do conteúdo do material é que poderá ser dito em quais crimes os autores dos DVDs serão indiciados.

De acordo com o previsto em lei, sabe-se que o conteúdo se refere a crime de vilipêndio a cadáver, artigo 212 do Código Penal Brasileiro, crime inafiançável, com pena prevista de 1 a 3 anos e passível de pagamento por danos morais às famílias das vítimas, cujo valor é variável de acordo com decisão judicial.

Rebelião

O massacre no Compaj durou 17 horas e deixou 56 mortos. Desses, 30 foram decapitados.

A rebelião foi uma briga entre as facções rivais Família do Norte (FND) e o Primeiro Comando da Capital (PCC) e foi considerada pelas autoridades policiais, como a maior já registrada no Amazonas. No dia 2 de janeiro, em outra rebelião, foram mortos quatro presos na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), situada na Zona Leste.

Seis dias depois, mais quatro presos foram mortos em outro motim. Dessa vez, na Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.

Fonte: EM TEMPO