VÍDEO: população mais uma vez reage, impede assalto e espanca bandido

cohabViolência gera violência. Mais uma vez a população de São Luís, assustada com a onda de assaltos, homicídios e outros crimes, reage à ação de meliantes.

Na manhã desta segunda-feira (01), moradores do bairro da Cohab conseguiram interceptar um assaltante não identificado que agia na região. Ele foi espancado por populares.

Uma guarnição da Polícia Militar foi acionada através do 190 para realizar a prisão do suspeito.

Veja as imagens gravadas da reação de populares na Cohab.

VIOLÊNCIA NAS ESTRADAS: 9 morrem em acidentes no fim de semana no MA

Acidente em Carolina na BR 010 mata três mulheres
Acidente em Carolina na BR 010 mata três mulheres

Graves acidentes foram registrados neste fim de semana nas estradas maranhenses ocasionando tragicamente a morte de nove pessoas e deixando outras duas feridas. Todos os acidentes com vítimas fatais aconteceram no domingo (31), de acordo com informações oficiais repassadas pela Polícia Rodoviária Federal do Maranhão.

Em Bacabeira no km 60,5 da BR 135, o motociclista José Oliveira Serejo Filho morreu durante uma colisão traseira por não guardar distância de segurança entre um caminhão não identificado que evadiu-se do local sem prestar socorro.

Também na BR 135 no Km 12 em Pedrinhas houve um acidente com uma vitima fatal após uma colisão entre caminhão e uma motocicleta. O condutor da moto, identificado como Edson Ferreira Martins, 39 anos, foi a óbito no local.

No Km 49 da BR 010 na cidade de Carolina, sul do Maranhão, um veículo Toyota Corolla se chocou com na defensa metálica da ponte após a condutor identificado como Aldicley Alves de Carvalho perder o controle da direção. Neste acidente três mulheres foram as vítimas fatais: Maria Elesbão Carvalho, de 35 anos, Ana Carolina Barbosa Lima, de 15 anos e Marlene da Silva. O condutor saiu ileso.

Colisão frontal em uma curva perigosa na BR 222 próximo à Buriticupu deixa quatro morto
Colisão frontal em uma curva perigosa na BR 222 próximo à Buriticupu deixa quatro morto

O mais grave acidente aconteceu numa curva perigosa próximo à Buriticupu, no povoado Nova Vida, no km 547 da BR 222.

Numa colisão frontal entre um caminhão e um VW Gol, uma pessoa ficou gravemente ferida e mais quatro morreram: Antonio Carlos Gomes Garros, José Benedito Santos, Adriano de Jesus de Sena e Joseildo Cantanhede Rocha.

O pastor Juarez, que estava no veículo, foi atendido pelo Samu de Buriticupu sendo transferido pra Imperatriz em estado grave. Os corpos das vitimas foram encaminhados ao HPNS (Hospital Pedro Neiva de Santana) em Buriticupu.

Os mortos eram membros da Igreja Batista da cidade de Arari e estavam vindo de encontro de igrejas em Bom Jesus das Selvas. Os corpos estão sendo conduzidos para Arari onde serão entregues à família para o sepultamento.

Veja as imagens registradas na BR 222 logo após o acidente, antes da chegada do socorro.

CAOS EM CAROLINA: Município recebe milhões e pacientes ficam sem atendimento

Pessoas passam madrugada fila para conseguir consulta médica em Carolina. Foto: Flávio Aires
Pessoas passam madrugada fila para conseguir uma consulta médica em Carolina. Foto: Flávio Aires

A Saúde Municipal de Carolina está pedindo socorro. As reclamações por parte da população da região são diversas, e vão desde o atendimento, marcações de consultas e outros procedimentos hospitalares até a falta de medicamento para suprir a demanda dos enfermos.

Nem mesmo dipirona está sendo oferecida na emergência do Hospital Municipal de Carolina. Mas, somente para aquisição de medicamentos duas empresas foram contratadas pela prefeitura por mais de R$ 4 milhões. E por que falta remédio?

Nos últimos dias pacientes foram flagrados dormindo em frente ao hospital para tentar conseguir atendimento. As imagens externas puderam ser registradas, mas a direção da unidade de Saúde proibiu o registro de fotos ou vídeos na parte interna sem a prévia autorização.

Para piorar a situação, pacientes dificilmente conseguem uma senha, mesmo depois de perder uma noite inteira dormindo na porta do hospital, por que somente 20 senhas são colocadas à disposição da comunidade diariamente, mas somente a metade desse total é distribuída. Os próprios funcionários da Saúde dividem dez senhas entre familiares e amigos. Esta denúncia partiu de uma servidora que está indignada com a falta de compromisso dos demais profissionais.

Prefeito Ubiratan Jucá
Prefeito Ubiratan Jucá

Toda essa precariedade tem se tornado a marca registrada da administração do prefeito Ubiratan Jucá (PMDB). O município não precisaria está passando por tanta crise se as verbas e recursos públicos estivessem sendo aplicados de forma lícita.

O Governo Federal repassou para o setor de Saúde Pública de Carolina em 2015 mais de R$ 6 milhões, de um valor total de mais de R$ 54 milhões.

Mas cadê o dinheiro senhor prefeito?

Confira abaixo os valores repassados ao município conforme publicado no Portal da Transparência da União.

Carolina transparencia